Arquimedes – Quem foi? Biografia, Importância e Principais invenções

Você, provavelmente, deve ter visto, na escola, a respeito de como uma banheira (ou uma piscina), quando totalmente cheia de água, pode transbordar quando algo com grande volume é colocado dentro. Ou mesmo você deve ter achado interessante ver a água subir de nível quando entrou na banheira, não é?

Se não se lembra de ter aprendido na escola, hoje você vai recordar como esse conceito surgiu graças a Arquimedes – grande sábio do mundo antigo. Entenda sobre quem ele foi, sua importância, sua biografia, principais obras e invenções e outras curiosidades, aqui no Gestão Educacional!

Quem foi Arquimedes?

Arquimedes biografia

Arquimedes é considerado o maior físico, inventor e matemático do mundo antigo. Ele também é tido como um dos supremos intelectos da civilização ocidental, que manteve esse posto até o século XVII, quando surgiu Isaac Newton – outro detentor de grande criatividade e inteligência.

[LEIA TAMBÉM: AS LEIS DE NEWTON – O QUE SÃO?]

Em suma, Arquimedes foi um importante cientista, inventor e matemático grego da antiguidade clássica. Ganhou imenso destaque e popularidade na época, por conta de suas inúmeras invenções, aprofundando seus conhecimentos em três áreas principais: astronomia, engenharia e física.

Biografia de Arquimedes

Arquimedes nasceu em Siracusa, uma cidade-estado da Grécia Antiga, no ano 287 a.C., sendo que, atualmente, esse lugar é uma cidade situada na Sicília, Itália. Naquela época, os limites da Grécia eram bem maiores do que os encontrados hoje – o que acontece da mesma forma com o poder político atual.

Não existem muitos dados sobre a vida pessoal de Arquimedes, mas se sabe que ele foi filho do astrônomo Fídeas (também encontrado com grafia Fídias) e que estudou matemática em Alexandria, em um grande centro intelectual da região – bem possível na Escola de Alexandria –, onde também, provavelmente, tenha entrado em contato com os sucessores de Euclides.

ArquimedesPouco se sabe, mas talvez Arquimedes já estivesse totalmente familiarizado com a Matemática, que era desenvolvida em Alexandria, e também tenha conhecido os matemáticos pessoalmente.

Existem várias referências de Arquimedes nos escritos da época, por causa de sua reputação, mas não por causa de seu grande interesse pela Matemática, e sim pelas máquinas que ele inventou para que fossem usadas na guerra e que foram de grande importância para a defesa de Siracusa contra os Romanos, durante a Segunda Guerra Púnica.

Para Arquimedes, a Matemática pura era o assunto que realmente valia a pena ser estudado e aplicado, tanto é que o estudioso aperfeiçoou um método de integração que conseguia calcular volumes e áreas de superfícies de vários corpos.

De toda forma, Arquimedes foi uma figura célebre, principalmente em relação aos seus concidadãos de Siracusa, tanto por seus méritos científicos, como pelas suas invenções e excentricidades. É ainda importante dizer que Arquimedes ainda tenha tido um parentesco com a família real e, por isso, estava sempre em grande estima para com ela.

Em 212 a.C., os romanos, sob o comando de Marcelo, conseguiram transpor a barreira de máquinas bélicas que havia sido inventada por Arquimedes. Mesmo com a própria recomendação de Marcelo, de que poupassem a vida de Arquimedes, pois o comandante passara a ter grande admiração pelo cientista, este acabou sendo morto por um soldado.

A razão é bem curiosa, conforme o que se tem conhecimento dos estudiosos, Arquimedes se recusou a interromper uma demonstração matemática em que estava concentrado. No túmulo dele, um cilindro circunscrito a uma esfera foi gravado, como uma forma de lembrança de um dos maiores resultados de sua carreira e de seu orgulho: o cálculo da área de uma superfície esférica.

Importância e principais invenções de Arquimedes

Toda a vida de Arquimedes foi dedicada à pesquisa científica, principalmente quando ele voltou para Siracusa. Como para tantos outros sábios, a imaginação popular pode ter afetado uma parte de sua biografia, mas mesmo assim é claro perceber a importância desse homem para o mundo atual.

Como inventor, Arquimedes foi, sem dúvidas, muito engenhoso e extremamente bem-sucedido. Porém, antes é necessário saber que Arquimedes também foi capaz de escrever algumas obras importantes:

  • “O Equilíbrio de Planos” – um tratado composto por dois livros. O primeiro deles aborda as figuras retilíneas, incluindo os centros de gravidade do trapézio e do triângulo. Já o segundo livro abrange o centro de gravidade de um segmento parabólico;
  • “Sobre Corpos Flutuantes” – um tratado composto por dois livros também.quem foi Arquimedes A obra trata dos princípios básicos da Hidrostática e ali está presente o seu teorema mais famoso: o Princípio de Arquimedes;
  • “Sobre Espirais” – tratado que faz uma definição de uma espiral e caracteriza suas propriedades fundamentais, criando uma relação sobre o comprimento do vetor raio com os ângulos de revolução que foram as espirais;
  • “Sobre a esfera e o cilindro” – é tido como o mais profundo dos tratados de Arquimedes, pois aborda suas grandes descobertas do volume e da área da superfície de uma esfera;
  • “Sobre conoides e esferoides” – tratado que relata os sólidos de revolução gerados por hipérboles, parábolas e elipses ao redor de seus eixos;
  • “Quadratura da parábola” – Arquimedes faz uma análise da área de um segmento formado pelo corte de uma corda;
  • “O Contador de Areia” – trabalho no qual Arquimedes afirma que o número de grãos de área nas praias do planeta não é infinito, mesmo que pareça ser muito grande.

Nessa obra, Arquimedes propõe um sistema numérico, utilizando resultados de alguns nomes importantes acerca do tamanho do Universo. É curioso dizer que, no ano de 1906, um professor de Filologia clássica, da Universidade de Copenhagen, na Dinamarca, encontrou um manuscrito do século X que possuía um trabalho de Arquimedes denominado “O Método”.

Em todas as suas obras, Arquimedes foi capaz de demonstrar sua capacidade e inteligência, em especial, provando suas teorias com resultados. Por isso, ele hoje é lembrado pelas invenções, que estão listadas abaixo:

  • Princípio da Hidrostática – que envolve os conceitos de densidade e empuxo;
  • Balança Hidrostática;
  • Alavancas e mecanismos para movimentar objetos bastante pesados;
  • Parafuso de Arquimedes – que teve como base o movimento em espiral;
  • Espelhos curvos – espelhos idealizados por Arquimedes como uma forma de defesa de Siracusa que, utilizando a concentração de raios solares, queimavam os navios romanos à distância;
  • Relação aproximada entre a circunferência e o diâmetro (o famoso pi – π).

Segundo uma lenda, Arquimedes descobriu o Princípio da Hidrostática quando foi tomar banho em uma banheira e, ao vislumbrar a solução, saiu correndo – nu – pelas ruas da cidade, gritandoEureka!”, que significa “Descobri!”, no idioma grego.


Referências utilizadas neste conteúdo

http://www.if.ufrgs.br/tex/fis01043/20012/Severo/arquimedes.html

http://www.histedbr.fe.unicamp.br/navegando/glossario/verb_b_arquimedes.htm

http://www.invivo.fiocruz.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=946&sid=7

http://web.ccead.puc-rio.br/condigital/mvsl/linha%20tempo/Arquimedes/pdf_LT/LT_arquimedes.pdf

http://ecalculo.if.usp.br/historia/arquimedes.htm


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply