Sinônimos – O que são, Tipos e Exemplos

A semântica é conceituada como o estudo do sentido das palavras de uma determinada língua. No português, um dos itens que auxiliam a semântica no que tange a estudar e representar as palavras e suas ideias são os sinônimos.

É claro que a semântica também tem como foco os estudos nos conceitos de antônimos, parônimos e homônimos, mas, hoje, você conhecerá como a relação de sinonímia é extremamente importante para quem busca enriquecer o vocabulário.

Saiba:

  • O que são sinônimos;
  • Sinônimos imperfeitos;
  • Sinônimos perfeitos;
  • Exemplos

E outras informações relevantes para o seu conhecimento!

sinônimos

O que são os Sinônimos?

Sinônimos e antônimos são ramos que demonstram as relações de proximidade e contrariedade, respectivamente falando, que as palavras estabelecem umas com as outras.

Sinonímia caracteriza o estudo das palavras sinônimas, isto é, aquelas palavras que possuem significado ou sentido semelhante. Isso quer dizer que um sinônimo é todo aquele termo que possui um significado aproximado na representação de uma determinada ideia que está sendo apresentada por outra palavra.

Perceba que o sinônimo terá realmente um significado próximo, parecido, mas nunca equivalente – há raros casos de palavras distintas com o mesmo significado. Isso acontece justamente porque, mesmo com conceitos equivalentes, as palavras terão conotações variadas. Os termos ainda podem possuir bagagem cultural diferente: um pode ser mais erudito enquanto o outro mais popular, além de vários outros motivos.

A relação de sinonímia não acontece nos dois sentidos, ou seja, não há reciprocidade quando há substituição de um termo pelo outro. É fundamental, portanto, que se analise o contexto em que a palavra está inserida para que o sinônimo seja escolhido corretamente.

Tipos de Sinônimos

Mesmo que se tenha dito que são raras as situações em que duas palavras terão valor semântico idêntico (com significado equivalente) – afinal, cada palavra tem um significado próprio -, muitos estudiosos da área da semântica ainda preferem classificar os sinônimos em dois tipos. Confira, abaixo:

Sinônimos imperfeitos

Os sinônimos imperfeitos abordam todas as palavras que possuem significados próximos, mas não idênticos. São sinônimos com definições bem parecidas, mas diferentes entre si.

Um sinônimo é considerado imperfeito quando também não pode ser substituído em todos os contextos. São os casos de:

  • Feliz e alegre;
  • Município e cidade;
  • Ouvir e escutar;
  • Paixão e amor;
  • Riacho e córrego.

Certos sinônimos imperfeitos acabam provocando uma leve alteração semântica na frase.

Sinônimos perfeitos

Os sinônimos perfeitos são aqueles que são incomuns de serem encontrados, mas que ainda existem certos exemplos para fornecer um conceito prático: é toda palavra usada dentro de um contexto, cujo significado será o mesmo, sem precisar substituir.

Por isso, são aquelas que compartilham significados iguais, tendo como exemplos:

  • Após e depois;
  • Morrer e falecer;
  • Abecedário e alfabeto;
  • Vocabulário e léxico;
  • Casamento e matrimônio.

sinônimo

Exemplos com sinônimos

Veja exemplos de sentenças e como pode ocorrer alteração (ou não) na semântica. Claro que alterações poderão ser encontradas nas frases de exemplos dos sinônimos imperfeitos, por isso começaremos por eles:

  • Feliz e alegre:

“Roberta ficou feliz demais por você”.

“Roberta ficou alegre demais por você”.

Note que o adjetivo feliz (e seu consequente substantivo, “felicidade”) são usados como uma transmissão de sentimentos abrangentes e duradouros, enquanto que o adjetivo alegre passa uma sensação de transitoriedade.

  • Ouvir e escutar:

“Desculpe, não consegui escutar o anúncio”.

“Desculpe, não consegui ouvir o anúncio”.

  • Impaciente e ansioso:

“Você reparou o quão impaciente é?”

“Você reparou o quão ansioso é?”

Agora, veja exemplos de sentenças com sinônimos perfeitos:

  • Após e depois:

“Avise ele que chegarei após às 16 horas”.

“Avise ele que chegarei depois das 16 horas”.

  • Abecedário e alfabeto:

“O alfabeto oficial da Língua Brasileira possui 26 letras”.

“O abecedário oficial da Língua Brasileira possui 26 letras”.

  • Morrer e falecer:

“Estou com a incumbência de avisar aos parentes de que Márcio faleceu”.

“Estou com a incumbência de avisar aos parentes de que Márcio morreu”.

  • Léxico e vocabulário:

“Tome cuidado com o léxico que for usar na redação, pois você tem o costume de utilizar gírias que não são apropriadas para um exame desse porte”.

“Tome cuidado com o vocabulário que for usar na redação, pois você tem o costume de utilizar gírias que não são apropriadas para um exame desse porte”.

  • Matrimônio e casamento:

“Hoje em dia, é mais comum encontrarmos mulheres que não consideram um matrimônio algo importante”.

“Hoje em dia, é mais comum encontrarmos mulheres que não consideram um casamento algo importante”.

[CONFIRA TAMBÉM: FIGURAS DE LINGUAGEM – O QUE SÃO?]


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply