Artrópodes – Características, Classificação, Fisiologia e Exercícios

A palavra artrópodes tem origem grega, dos termos “arthron”, que significa articulação, e “podos”, que se traduz para pés. Assim como o nome sugere, são os primeiros que possuem pés articulados.

É o filo animal com a maior diversidade de espécies, que juntas devem somar mais de um milhão. Além disso, há uma grande variedade entre os tamanhos dos animais dentre as classes, e muitas outras características peculiares.

A seguir, conheça todos os detalhes acerca dos artrópodes, só aqui no Gestão Educacional!

Principais características dos artrópodes

Artrópodes3

O filo possui características marcantes de sua evolução que permitem a classificação em tal grupo. São elas:

  • Triblásticos: possuem endoderme, ectoderme e mesoderme formando sua estrutura;
  • Celomados: um animal é considerado celomado quando há presença de uma cavidade em seu interior, a qual é revestida pela mesoderme;
  • Corpo segmentado: esta é uma característica evolutiva marcante, pois os artrópodes possuem o corpo segmentado em, pelo menos, duas regiões, que são tronco e cabeça;
  • Presença de exoesqueleto: a sustentação do corpo dos artrópodes é dada pela presença de quitina, a qual está localizada na porção externa do corpo, por isso trata-se de um exoesqueleto;
  • Sistema circulatório aberto: diferente do corpo humano, em que o sistema circulatório é organizado e dividido em veias e artérias, em artrópodes, o sangue circula em lacunas. Por esse motivo, chama-se o sistema circulatório de aberto;
  • Presença de sistema nervoso: o sistema nervoso dos artrópodes é organizado em gânglios dorsais e cordões nervosos ventrais;
  • Passagem por muda: o crescimento dos artrópodes é peculiar, pelo fato de possuir um exoesqueleto. Sendo assim, a vida desses animais é marcada por algumas mudas (ou ecdises), em que há abandono do exoesqueleto antigo, e um novo cresce, de tamanho maior. Dessa forma, podem ser encontradas “casquinhas” de aranha ou outros artrópodes.

Fisiologia

Os artrópodes são animais com certo grau evolutivo, por isso possuem algumas especificidades, se comparados aos filos anteriores. Dentre elas, é possível citar a capacidade de responder a estímulos nervosos, como os químicos, mecânicos e vibratórios.

Já existem algumas estruturas responsáveis pela troca gasosa, por mais que a circulação ainda seja aberta. Algumas espécies realizam as trocas pela cutícula, enquanto outras possuem traqueias e pulmões (por mais que sejam primitivos).

O sistema digestório se apresenta completo, assim a digestão ocorre desde o estomodeu (“boca”) até o proctodeu (“ânus”).

Classificação dos artrópodes

Artrópodes

Assim como dito anteriormente, esses seres compõe o maior filo do reino animal. Por isso, há uma diversidade muito grande de espécies. Para facilitar, há o agrupamento deles, nas seguintes classes:

1) Insetos

Os insetos estão agrupados em uma classe única, devido ao fato de possuírem 6 patas. Além disso, é característico do grupo a presença de 3 segmentos (cabeça, tórax e abdome).

Possuem antenas, ocelos e órgãos auditivos, sendo, portanto, capazes de diferenciar imagens e sentir estímulos táteis, olfatórios e vibratórios.

Nesse segmento, estão inclusos os gafanhotos, as borboletas, as pulgas, as moscas, e muitos outros.

2) Crustáceos

Representados por camarões, siris, lagostas, caranguejos e diversos outros animais aquáticos, têm respiração branquial, devido ao ambiente em que vivem.

Suas particularidades, dentre outras coisas, são:

  • Presença de 2 segmentos corpóreos (cefalotórax e abdome);
  • Número variável de patas;
  • Dois pares de antenas.

3) Aracnídeos

Os aracnídeos costumam gerar pânico nas pessoas, pois, nesse grupo,  estão inclusos escorpiões, aranhas e outras espécies perigosas e peçonhentas.

Caracterizam-se pela presença de 8 patas, ausência de antenas e existência de palpos (uma espécie de apêndice nas patas, com função de apreensão e reprodução).

4) Diplópodes

Como o nome sugere, trata-se de uma classe com animais que possui dois pares de patas. Mas, tome cuidado! A presença de 4 patas é em cada um dos anéis desses animais.

Como exemplo, têm-se os piolhos de cobra.

5) Quilópodes

Diferentemente dos diplópodes, essa classe apresenta apenas um par de patas por anel e são animais peçonhentos. Como exemplo, citam-se as lacraias e centopeias.

Exercícios Resolvidos

Para testar seus conhecimentos, resolva os seguintes exercícios!

1) Observe os animais artrópodes, abaixo:

Artrópodes2

Esses animais possuem várias características em comum, com exceção de uma relatada, abaixo:

  1. a) Representam um problema de saúde pública.
  2. b) Possuem sistema circulatório aberto.
  3. c) Possuem olfato e paladar bem desenvolvidos.
  4. d) Possuem o sistema nervoso formado por um gânglio cerebral.
  5. e) São insetos.

RESOLUÇÃO: todas as características estão corretas, mas correspondem à classe dos aracnídeos. Portanto, a resposta correta é “e”.

2) (Mackenzie) Selecione a alternativa que melhor corresponde:
I – Corpo dividido em cefalotórax e abdome.
II – Quelíceras e pedipalpos.
III – Ausência de antenas.
IV – Quatro pares de patas.

As características acima, de artrópodos, estão presentes:
a) em todos os aracnídeos.
b) somente nas aranhas e escorpiões.
c) somente nas aranhas.
d) somente nos ácaros.
e) somente nos ácaros e carrapatos.

RESOLUÇÃO: tais características não estão presentes em carrapatos e ácaros, pois estes não possuem segmentação do corpo. Dessa forma, a alternativa correta é “b”.

Nicole Alessi

Sou Nicole Alessi, tenho 20 anos, estou cursando o 4º ano de medicina nas Faculdades Pequeno Príncipe e sou apaixonada pelo que faço! Nas horas vagas, gosto de transformar em palavras todo o conhecimento que adquiro na graduação, com o intuito de promover a educação em saúde e, consequentemente, gerar bem-estar e qualidade de vida!

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content