Energia Elétrica: Quais os tipos de energia?

Fonte de luz, calor e força que move o mundo moderno, a energia elétrica é uma forma de energia baseada na geração de diferenças de potencial elétrico entre dois pontos, que permitem estabelecer uma corrente elétrica entre ambos.

Em outras palavras, a energia elétrica é gerada pela força, por exemplo: em usinas hidrelétricas, gigantescos sistemas de hélices movem, por meio da força da água, geradores, que transformam a energia mecânica (movimento) em energia elétrica.

Quer saber como a energia elétrica funciona, quais são suas fontes de captação e influência no nosso dia a dia? Neste artigo, reunimos todas essas informações a repeito de como surgiu a eletricidade, quais são as fontes de captação de energia elétrica e qual é a importância da eletricidade. Confira tudo, aqui no Gestão Educacional! 

Energia eletrica 2

Como surgiu a eletricidade?

Descoberta por Tales de Mileto, filósofo grego, no século 5 a.C, o estudioso percebeu que, ao esfregar um âmbar a um pedaço de pele de carneiro, os pedaços de palha e fragmento de madeira começaram a ser atraídos pelo próprio âmbar.

Começa, então, a saga de um homem pela eletricidade, entretanto, foi apenas no século XVIII que estudos sistemáticos sobre a eletricidade foram iniciados.

Quais são as fontes de captação de energia elétrica?

A força necessária para transformação da energia mecânica em energia elétrica pode ser obtida de diversas fontes de energia primária, tais como:

  • Energia nuclear;
  • Combustíveis fósseis;
  • Energia eólica;
  • Energia solar;
  • Energia hidroelétrica;

Energia nuclear

Conhecida, também, como energia atômica, é produzida pela fissão nuclear de materiais radioativos. Menos poluente do que as usinas que utilizam combustíveis fósseis, ainda gera aos ambientalistas muita preocupação com os eventuais acidentes que podem ser causados em função do uso dessa tecnologia.

Muitos países vêm reconsiderando o seu uso, buscando novas formas de geração de energia que possam ser mais seguras e menos poluentes, entretanto, esse é um processo de transição bastante lento e caro para todos os envolvidos [Já falamos sobre esse tipo de energia, aqui no Gestão Educacional].

energia nuclear 2

Combustíveis fósseis

Fonte de energia não-renovável, os três mais conhecidos, são o carvão mineral, o petróleo e o gás natural, porém, a lista é extensa. A queima desses combustíveis é capaz de gerar energia, embora sejam apontados como um dos principais poluentes do mundo moderno.

Hoje, busca-se utilizar mecanismos de redução dos gases emitidos pela queima do carbono, por meio de filtros e unidades de recuperação de vapor, que sejam mais saudáveis e não influenciem no efeito estufa.

[CONFIRA TAMBÉM: O QUE É O EFEITO ESTUFA?]

Energia eólica

Produzida a partir da força do vento, mas com alto custo de implementação, esse é um tipo de energia de recurso inesgotável. No entanto, quase nenhuma região do mundo tem uma quantidade de ventos suficiente para que possa gerar energia, exclusivamente, sob essa forma. Em contrapartida, os impactos ambientais são baixos.

energia eolica

Energia solar

Gerada a partir do sol, também possui alto custo de implementação, mas sofreu grande evolução da tecnologia nessa área, nas últimas décadas [Já falamos sobre esse tipo de energia, aqui no Gestão Educacional].

Energia hidroelétrica

Gerada a partir da água dos rios, usada para movimentar poderosas turbinas geradoras de eletricidade, esse tipo de energia tem uma ótima relação custo-benefício, porém, nem todos os países têm a geografia necessária para aproveitá-la, além de que o impacto ambiental nas áreas de implantação são altíssimos, por isso é preciso uma série de estudos antes da construção de uma usina hidrelétrica.

Devido à riqueza natural do Brasil, com seus vários rios, nossa energia elétrica é produzida principalmente por hidrelétricas (mais de 90%), embora tenhamos termelétricas que utilizam a fissão nuclear, o carvão mineral e o óleo combustível.

[CONFIRA TAMBÉM: O QUE SÃO USINAS ELÉTRICAS?]

Biomassa

Produzida a partir de matéria orgânica não fóssil (origem animal ou vegetal), que pode ser utilizada na geração de energia, a queima dessas substâncias orgânicas é uma forma de geração de energia.

Trata-se de um tipo renovável, porque o dióxido de carbono produzido na queima dos materiais é reaproveitado pela própria natureza durante a fotossíntese. Esse é um processo ainda usado em pequena escala e seus custos de implantação são altos, mas é apontado com uma das tendências para o futuro.

Qual é a importância da eletricidade?

Presente no nosso quotidiano, a energia elétrica permite, sustenta e move o mundo da forma que conhecemos. Indispensável para o exercício das atividades produtivas e, dessa forma, indispensável para a economia do país, a eletricidade permite a refrigeração e conservação de alimentos, o avanço de tecnologias e ciências — o que melhora a condição de hospitais, equipamentos, novas formas de diagnósticos -, etc.

Até hoje, a eletricidade possibilitou a criação de vários aparelhos que ajudam na descoberta de curas de diversas doenças, além de que melhorou as condições hospitalares, os equipamentos usados nas operações, as novas formas de diagnóstico, o aumento da produção, a criação de novos postos de trabalho e as tarefas do dia a dia, como as domésticas.

A eletricidade se tornou indispensável ao mundo que criamos. É impossível imaginar a vida moderna sem a energia elétrica. Essa é uma atividade humana básica, diretamente relacionada aos requerimentos primários da humanidade.

Todas as formas de geração de energia agridem em maior ou menor medida o nosso meio ambiente, porém, é indispensável ajudar a preservar os recursos naturais, a partir do desperdício mínimo de energia e da utilização de fontes de energias e tecnologias que causem menores impactos.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply