Hormônios vegetais – O que são? Quais são? Classificação e Exercícios

Os hormônios vegetais, ou fitormônios, são essenciais para a sobrevivência e reprodução das plantas, assim como os hormônios encontrados nos animais. Suas funções podem estar relacionadas desde ao crescimento até o florescimento vegetal e às adaptações a condições extremas, como o estresse hídrico ou a dormência das sementes.

Qualquer alteração nestas substâncias pode levar à má-formação ou à morte. Assim, o estudo dos hormônios vegetais é também muito importante para a economia, pois pode influenciar na produtividade agrícola.

O que são hormônios vegetais?

Os hormônios vegetais são substâncias produzidas no organismo da planta e que alteram as reações metabólicas. Diferentemente dos hormônios animais, estas substâncias são menos específicas e podem atuar em diversos tecidos.

O transporte dos hormônios vegetais é realizado pelo xilema e floema, os vasos condutores.

Classificação dos hormônios vegetais

Os hormônios principais são:

  • Auxinas;
  • Giberelinas;
  • Citocininas;
  • Etileno;
  • Ácido Abscísico.

Auxina

Estimula o crescimento da planta pelo alongamento celular e, em menor proporção, pela divisão celular. Ela atua principalmente sobre o desenvolvimento das raízes e dos vasos condutores de seiva, xilema e floema.

As diferentes partes do corpo vegetal apresentam concentrações distintas deste hormônio, pois revelam diferentes sensibilidades. A sensibilidade de cada órgão é influenciada pela gravidade, intensidade luminosa e dominância apical.

A auxina também atua na formação dos frutos, juntamente com a giberelina, estimulando o desenvolvimento do ovário da flor.

Giberelina

Também faze parte do crescimento vegetal por mitose. Este hormônio atua no processo de floração e na formação dos frutos. Enquanto a auxina é responsável pelo desenvolvimento dos ovários, a giberelina atrai as reservas da planta para armazená-las nos frutos, estocando açúcares que atrairão os animais para fazerem a dispersão das sementes após estes ingerirem o fruto.

Citocininas

Induzem o crescimento vegetal pela mitose. Este hormônio estimula a formação dos tecidos vegetais, principalmente das folhas.

Etileno

É uma substância gasosa responsável pelo amadurecimento dos vegetais.

Quando em baixas temperaturas, sua liberação é inibida. É por isso que, durante o inverno, o amadurecimento dos frutos demora mais tempo.

Este hormônio é produzido em folhas, frutos e flores que se encontram em processo de envelhecimento.

O etileno também atua reduzindo a perda de água pela planta, juntamente com o ácido abscisico. O etileno promove a perda das folhas.

Ácido abscisico (aba)

É o hormônio que ajuda as plantas a sobreviverem quando na ausência de água. Ele atua principalmente sobre o fechamento dos estômatos, a fim de diminuir a transpiração, ou estimular a produção do hormônio etileno.

Referências utilizadas neste conteúdo: http://www.projetofundao.ufrj.br/biologia/.pdf
Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela USP (2016 e 2018), tem 25 anos e é apaixonada pela natureza e por explorar o mundo. Quando não está se aventurando por aí, gosta de aquietar as pernas com livros e séries.

Quizz

Teste seus conhecimentos sobre Hormônios vegetais – O que são? Quais são? Classificação e Exercícios

1) (Adaptado UFMS) Atualmente, são conhecidas cinco categorias de hormônios vegetais que atuam sobre o desenvolvimento das plantas. Sabendo-se que esses hormônios têm formas de atuação e funções distintas, identifique, entre as alternativas abaixo, aquela que está correta.

  • a) As giberelinas são produzidas no meristema apical do caule e inibem as gemas laterais, impedindo o surgimento de ramos na planta.
  • b) As auxinas são produzidas principalmente nas raízes e estimulam o crescimento de caules e folhas.
  • c) Etileno é uma substância líquida, produzida pelas folhas, e desempenha um importante papel no crescimento das raízes.
  • d) As citocininas, produzidas nas raízes e transportadas pelo xilema para as demais partes da planta, estimulam a divisão celular.

2) (Adaptado UFRN) Quando o nível de auxina de uma folha baixa acentuadamente, pode-se pressupor que essa folha esteja:

  • a) em plena atividade fotossintética.
  • b) atingindo a fase senescente.
  • c) em plena maturação.
  • d) entrando na fase de distensão.

3) (Adaptado Mack-SP) Carros frigoríficos são usados para transportar frutos a grandes distâncias sem que amadureçam. Isso é possível, pois a baixa temperatura:

  • a) Acelera o processo de respiração e aumenta a auxina.
  • b) Inibe a síntese do gás etileno e reduz a respiração.
  • c) Aumenta a quantidade de ácidos e interrompe a fotossíntese.
  • d) Inibe a decomposição de clorofila e aumenta a produção de etileno.

Deixe seu comentário