Lésbica – O que é? Significado, Sinônimos, Antônimos, Rimas e Exemplos

O significado de lésbica descreve a mulher que tem como preferência sexual e/ou afetiva outras mulheres.

Informações sobre a palavra

  • Classe gramatical: substantivo feminino. Lésbica é o feminino de lésbico;
  • Separação silábica: lés-bi-ca;
  • Plural: lésbicas;
  • Número de letras: 7;
  • Número de vogais: 3 (é, i, a);
  • Número de consoantes: 4 (l, s, b, c);
  • Origem da palavra: o termo “lésbica” tem origem no latim lesbius e no grego lesbios, que significa “relativo à ilha de Lesbos”, local em que nasceu e viveu a poetisa grega Safo, cujos versos de amor tiveram como inspiração homens e mulheres.

Definição de Lésbica e Significados

O significado de lésbica faz referência a uma mulher homossexual, ou seja, que sente amor ou atração sexual por outras mulheres ao invés de sentir algo pelo sexo oposto.

Como orientação sexual, esse termo foi construído a partir do século XX, afinal desde o começo da história da humanidade se percebe a diferença entre as possibilidades de liberdade e independência para que se pudesse existir relações homossexuais como no caso dos homens.

As relações entre mulheres, o lesbianismo – como é chamado –, começaram a ser categorizadas e descritas pelos sexólogos a partir do século XIX, distinguindo-as como mulheres que não se adaptavam aos papéis de gênero feminino e tratando-as como doentes mentais.

Além disso, o termo “lésbica” é utilizado como uma forma de expressar um relacionamento ou comportamento sexual e/ou romântico entre duas mulheres, sem levar em conta a orientação sexual delas.

Exemplos com a palavra Lésbica

“Nos anos de 1880, quando não se falava sobre homossexualidade e não existia o conceito de orientação sexual que temos hoje, a cadeira de primeira-dama dos Estados Unidos foi ocupado por uma mulher lésbica” (Revista Aventuras na História, 25/06/2019).

“Homens trans são muito invisibilizados. Quando a pessoa me olha, é mais fácil me identificar como uma lésbica, (…)” (Jornal Folha de S. Paulo, 21/07/2019).

“Hoje, uma placa em sua memória na Igreja de Holy Trinity em York, local de seu matrimônio com Walker, a descreve como a ‘primeira lésbica moderna’” (BBC Brasil, 19/05/2019).

Discriminação e direitos civis

Assim como a homossexualidade de um modo geral, o lesbianismo é visto como algo impuro e incorreto pelas pessoas mais conservadoras.

Lesbofobia é o nome dado para a aversão ou discriminação às mulheres lésbicas, que frequentemente é praticada por agressão verbal, física e até sexual, sendo este último muitas vezes chamado de “estupro corretivo”.

A discriminação de gênero pela questão lésbica também é conhecida como sexismo, afinal se institui como o preconceito ou a discriminação baseada no gênero ou no sexo dessa pessoa, principalmente das mulheres.

Discriminar qualquer minoria sexual, incluindo as lésbicas, é algo proibido dentro das leis do Brasil. Conforme a Constituição Federal de 1988, todos os indivíduos devem ser tratados com isonomia perante a lei, sem que se realize acepções das pessoas sem qualquer razão ou motivo.

Para determinadas religiões, relações homossexuais são extremamente proibidas (possuindo ensinamentos contra o homossexualismo), enquanto outras religiões apresentam neutralidade sobre o tema e até mesmo incorporam ensinamentos como um terceiro gênero para essas pessoas.

Infelizmente, por muitos anos – e na mente de muitas pessoas –, a homossexualidade é vista como uma doença, inclusive sendo tratada como uma até 1993 pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em algumas nações, a atividade homossexual resulta em pena de morte.

No Brasil, o movimento LGBT (sigla para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros) já possui 41 anos, porém muitas propostas ainda aguardam aprovação no Congresso Nacional, como é o caso:

  • Da criminalização da LGBTfobia;
  • Do casamento homoafetivo;
  • Da adoção por essas pessoas;
  • Do uso de técnicas de reprodução assistida para famílias homoafetivas;
  • Da alteração do nome e da identidade sexual;
  • Do uso de banheiro conforme a identidade de gênero.

Um dos maiores desejos civis das lésbicas e das pessoas homossexuais é a possibilidade de que um casal seja reconhecido como entidade familiar, considerando assim uma união estável, convertendo-se ao casamento.

Sinônimos de Lésbica

Os sinônimos de lésbica são:

  • Gay;
  • Homossexual;
  • Lésbia;
  • Lesbiana;
  • Safista;
  • Sapata;
  • Sapatão (sinônimo pejorativo).

Antônimos de Lésbica

O antônimo de lésbica é heterossexual.

Rimas com a palavra Lésbica

Os exemplos a seguir são de palavras que rimam – que possuem sonoridade parecida ou igual – com o termo “lésbica”:

  • Aeronáutica;
  • África;
  • América;
  • Católica;
  • Cibernética;
  • Diabética;
  • Estática;
  • Fábrica;
  • Fonética;
  • Gástrica;
  • Ginástica;
  • Gramática;
  • Heráldica;
  • Informática;
  • Jaguatirica;
  • Linguística;
  • Mecânica;
  • Metafísica;
  • Métrica;
  • Mística;
  • Náutica;
  • Páprica;
  • Política;
  • Robótica;
  • Romântica;
  • Semântica;
  • Tetraplégica.

Rafaela Mustefaga

Graduada em Letras Português/Inglês, pela PUCPR, é revisora e editora de textos informativos, apaixonada por línguas e literatura e professora nas horas vagas.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content