O que são Mitocôndrias? Definição, Funções e Características

Nosso organismo é formado pela combinação de inúmeras células. Dentro dessa células, há estruturas que realizam funções fundamentais para o funcionamento do nosso organismo, como a produção de energia. A organela que realiza esse processo fundamental é a mitocôndria.

A mitocôndria ocorre em células animais e vegetais, e em quase todos os organismos eucarióticos (que possuem núcleo). No nosso caso, ela é originária de nossa mãe pois o genoma dentro dessa organela é sempre idêntico ao genoma da mitocôndria materno. Confira abaixo mais informações sobre essa organela incrível.

Mitocôndrias o que são?

O que é Mitocôndria?

A mitocôndria é uma organela, uma estrutura, localizada dentro de cada célula do nosso corpo que produz energia para o funcionamento celular.

Dependendo do organismo, o número de mitocôndrias dentro de cada célula varia. Humanos, por exemplo, contém de centenas a milhares de mitocôndrias nas células dos músculos e do fígado, enquanto as células no sangue não possuem nenhuma.

Características das mitocôndrias

As mitocôndrias possuem um formato oval e variam entre 0,5 e 10 μm. Ao redor delas, há duas membranas e o espaço entre elas é chamado de inter membranar. Cada compartimento delimitado por membranas é chamado de matriz mitocondrial. Essas membranas formam cristas, que aumentam a superfície disponível para a troca de moléculas. É nesse local que fica localizado seu genoma e também os ribossomos.

A membrana mais externa é permeável há vários tipos de moléculas, contendo canais especiais por onde podem ser transportados moléculas de tamanho maiores. Já a membrana interna, é menos permeável e apenas algumas moléculas pequenas podem entrar na matriz mitocondrial. A presença dessas membranas é importante para o transporte de moléculas de glicose que serão transformadas em energia (ATP) pela respiração celular.

Como é a mitocôndria

As mitocôndrias possuem um DNA próprio, separado do genoma nuclear das células. Seu genoma é composto por 37 genes e é altamente susceptível há mutações, pois não possui um sistema de reparo eficiente como no caso do genoma nuclear. Além disso, o DNA mitocondrial também pode ser atingido por radicais livres, consumo abusivo de álcool e outros químicos.

As mitocôndrias se reproduzem nas células através de uma fissão binária. Ou seja, uma organela se reparte, dando origem a outra.

Funções 

A principal função das mitocôndrias é realizar a respiração celular, produzir a molécula adenosina trifosfato (ATP) que é utilizada em inúmeros processos dentro do organismos. O ATP é produzido através da transformação dos açúcares que entram na célula. Esse processo é complexo e envolve tanto a região entre membranas, quanto a matriz mitocondrial e o citosol da célula.

Os elétrons dos açúcares são capturados por moléculas que entraram por entre a membrana mitocondrial interna. Ao longo dessa cadeia, os elétrons de glicose se movimentam, liberando energia para bombear prótons para fora da matriz (dentro do espaço intra membranar). Nesse movimento, os prótons passam por uma enzima chamada de ATP sintase, que gera o ATP.

Além disso, elas são também responsáveis pela capacitação e armazenamento de cálcio, que também se envolve em processos celulares, como na formação da estrutura óssea e dentária, controle do metabolismo, contração muscular e processos inflamatórios.

Importância no organismo

As mitocôndrias são importantes para a produção de energia para a células mas, também, indiretamente, para a produção de energia do organismo como um todo. Isso porque, quanto mais utilizamos nossos músculos, demandamos mais energia e, por isso, o número de mitocôndrias nas células musculares aumenta. Com o aumento no número de mitocôndrias, aumenta-se a capacidade muscular e melhora o nosso desempenho físico.

Isso também ocorre quando estamos em algum local onde o nível de oxigênio é mais baixo, pois precisamos acelerar a respiração. Para esse processo, nossos pulmões multiplicam o número de mitocôndrias, melhorando nossa capacidade de respirar em locais com baixa concentração de oxigênio.

Como localizar na célula?

Dentro da célula, as mitocôndrias ficam boiando no citosol, no líquido que consta dentro das células.

como localizar uma mitocôndria na célula?

Por que mitocôndrias possuem seu próprio DNA?

A origem da mitocôndria pode ter ocorrido através da endossimbiose. Um processo onde um organismo é englobado por outro e passa a viver dentro dele, numa relação muito íntima, como uma simbiose. Assim, acredita-se que um organismo eucarioto, que deu origem aos seres humanos, teria englobado uma bactéria e, por isso, as mitocôndrias possuem DNA próprio e ribossomos dentro dela.

Bruna Manuele Campos

Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela USP (2016 e 2018), tem 25 anos e é apaixonada pela natureza e por explorar o mundo. Quando não está se aventurando por aí, gosta de aquietar as pernas com livros e séries.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content