Uso da vírgula – Funções e Regras de uso: Exemplos de como usar

A vírgula é uma pontuação que serve para separar elementos que desempenham a mesma função sintática, ou seja, ela ajuda a dar ritmo à leitura, facilitando a compreensão do texto. O emprego dessa expressão textual, no entanto, é motivo para um dos principais erros gramaticais de qualquer idioma.

Para evitar erros no uso da vírgula, confira, aqui, as regras de uso e resposta para as principais dúvidas sobre a utilização dessa pontuação em redações.

Regras do uso da vírgula

Conforme as regras gramaticais, confira as determinações de quando usar e quando não usar a vírgula.

Quando usar a vírgula

  • Chamar alguém (assinalar vocativo)
    Exemplo: Dona Lúcia, compareça ao estacionamento, por favor.
  • Explicar um termo anterior (assinalar o aposto)
    Exemplo: O presidente, por ser corrupto, vetou direito aos cidadãos.
  • Enumerar palavras de mesmo sentido na frase
    Exemplo: Saúde, amor, dinheiro, somente isso traz felicidade.
  • Dar coordenadas
    Exemplo: aborde-o, algeme-o e prenda-o.
  • Enfatizar expressões
    Exemplo: o menino de olhos azuis, qual estava criticando os colegas, caiu da escada.
  • Intercalar frases
    Exemplo: A festa, disse Júlia, será incrível.
  • Enumerar
    Exemplo: fui ao mercado para comprar pão, leite, manteiga e ovos.
  • Separar a explicação dentro de uma frase
    Exemplo: a Segunda Guerra Mundial, que é o maior massacre da humanidade, não completou nem 100 anos.
  • Iniciar expressões explicativas
    Exemplo: A meu ver, é preciso fazer mudanças na minha opinião, está certo.
  • Depois de conjuntivos de oposição (mas, porém , todavia, logo, portanto, etc.)
    Exemplo: Eu gosto de chuva, mas não gosto de ficar com os pés molhados.
  • Datas e endereços
    Exemplo: Nova York, 13 de novembro.
  • Precedendo orações principais
    Exemplo: Quando eu menos esperava, minha mãe chegou em casa.
  • Frases em que o termo “e” se repete
    Exemplo: Fez-se o céu, e a terra, e o mar.
  • Separar elementos distintos
    Exemplo: Juventude orgulhosa, velhice odiosa.
  • Separar adjetivos do início da frase
    Exemplo: Gigantes e assustadores, os monstros saem para a caça à meia noite.
  • Isolar vocativos
    Exemplo: Curitiba, a capital do Paraná, é uma cidade muito bonita.
  • Esclarecer o sentido da frase, evitando ambiguidades
    Exemplo: Vamos almoçar, mãe.
  • Marcar pausas e as inflexões da voz na leitura
    Exemplo: eu não gosto de tomar leite integral, pois, há muito tempo, tive problemas intestinais decorrentes do consumo de lactose.

o poder da vírgula

Quando NÃO usar a vírgula

  • Entre o sujeito e o verbo
    Exemplo errado: a assistente social, levou o menino para a adoção.
    Correto: a assistente social levou o menino para a adoção.
  • Entre o verbo e o complemento
    Exemplo errado: Obedecemos, as ordens de meu pai.
    Correto: Obedecemos as ordens de meu pai.
  • Antes de orações restritivas
    Exemplo errado: aquele, é o moleque que mata as pombas da praça.
    Correto: aquele é o moleque que mata as pombas da praça.
  • Orações ligadas por “e” que mantêm o mesmo sujeito na frase
    Exemplo errado: chegou, e desfilou na passarela.
    Correto: chegou e desfilou na passarela.

uso da vírgula

Dúvidas sobre o uso da vírgula

Abaixo, segue a resposta para as principais dúvidas relacionadas ao emprego das vírgulas.

Vírgula entre sujeito e predicado

Não há vírgula entre sujeito e predicado, pois isso dificulta o entendimento da ação relacionada ao personagem da frase.

Exemplo:  os enfermeiros do hospital, informaram que irão desligar os aparelhos às 21h.
Correto: os enfermeiros do hospital informaram que irão desligar os aparelhos  às 21h.

Uso da vírgula antes da conjunção

Deve-se usar a vírgula SEMPRE antes das conjunções adversativas (porém, mas, contudo, etc.) e conclusivas (logo, portanto, pois, etc).

Exemplo:  eu deixei meu irmão lavar a louça, mas me arrependo, pois tive que lavar tudo de novo.

Uso da vírgula em orações coordenadas

Deve-se usar a vírgula em todo tipo de oração coordenada, ou seja, aquelas em que é feita a descrição de fatos ou ações sequenciadas.

Exemplo:  Bruno chegou, guardou seus pertences, debruçou-se sobre a mesa e dormiu.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply