William Shakespeare – Biografia, Importância e Obras

Existem nomes na literatura mundial que nunca serão esquecidos, principalmente aqueles considerados os maiores de suas áreas de atuação. No caso da dramaturgia, William Shakespeare continuará com sua coroa – provavelmente para sempre.

Considerado o poeta nacional de seu país, a Inglaterra, William Shakespeare é tratado como um dos mais famosos e populares escritores e dramaturgos do planeta.

O quanto você sabe sobre a vida dele antes da notoriedade artística? Conheça mais sobre Shakespeare: sua vida, principais obras e outras informações importantes.

william shakespeare biografia

Biografia de William Shakespeare

William Shakespeare nasceu no dia 23 de abril de 1564 (muito embora o dia não seja completamente aceito, pois muitos estudiosos ainda afirmam que foi entre os dias 22 e 25 de abril), na cidade de Stratford-upon-Avon, localizada ao sul de Birmingham.

Embora a data seja inexata, está claro que Shakespeare foi batizado em uma quarta-feira, dia 26 de abril, na igreja de Holy Trinity. O que já traz curiosidade acerca do dramaturgo é que sua morte ocorreu no dia 23 de abril de 1616 – será que ele realmente nasceu e morreu no mesmo dia?

Nascido de John Shakespeare e Mary (sobrenome de solteira era Arden), William foi o primeiro filho a sobreviver – antes o casal havia tido duas filhas que morreram ainda bebês. Depois de William Shakespeare, John e Mary geraram mais 5 filhos.

John Shakespeare era comerciante de lã e luveiro, conseguindo enriquecer depressa e ter seu espaço na sociedade – tanto é que foi indicado para postos cívicos importantes na cidade, virando prefeito em 1567. Enquanto estavam bem de vida, William Shakespeare estudou e, supostamente, aprendeu latim e literatura. No entanto, quando tempos financeiramente difíceis surgiram na vida do pai de William Shakespeare, o garoto teve que abandonar a escola e ajudar o pai no comércio.

Em 1582, Shakespeare casou com Anne Hathaway: enquanto ele tinha apenas 18 anos, Anne já estava com 27 anos e grávida de três meses, que posteriormente veio a ser a primeira filha do casal, Susanna. Em 1585, o casal gerou os gêmeos Judith e Hamnet – esse último morreu aos 11 anos.

Infelizmente, naquela época, a mortalidade infantil era muito alta, em especial relacionada à difteria, febre escarlatina e ao sarampo. Embora com dois filhos e com posteriores casamentos, não há linha direta de descendentes de Shakespeare.

William Shakespeare mudou-se sozinho para Londres, em 1586, para melhorar a vida financeira de sua família. Lá, conseguiu um emprego de guardador de cavalos na porta de um teatro. Porém, pouco tempo depois, Shakespeare já estava realizando serviços nos bastidores, representando pequenos papéis ou copiando peças.

Mais tarde, Shakespeare adquiriu a posição de dramaturgo, escritor e ator. Isso fez com que ele se tornasse muito influente e rico. Em 1594, entrou para a Companhia de Teatro de Lord Chamberlain e, anos depois, tornou-se sócio do GlobeTheatre – teatro que está localizado próximo ao rio Tâmisa, em Londres. Foi nesse espaço (caracterizado por seu formato octogonal) que Shakespeare encenou várias de suas famosas peças de teatro, como Hamlet e Rei Lear.

De modo infeliz, o GlobeTheatre foi destruído por um incêndio, em 1613, durante a apresentação de uma peça. Depois desse triste evento, Shakespeare retornou a Stratford-upon-Avon, para viver com sua família novamente. Seu falecimento, como dito, foi em 1616, aos 52 anos. Seu corpo foi enterrado na igreja em que foi batizado, a Holy Trinity.

Na Abadia de Westminster, em Londres, é possível encontrar uma bela escultura em mármore branco e em tamanho natural do poeta, prestando homenagem a Shakespeare, o que faz com que muitas pessoas pensem que ali é o real local de seu enterro.

Principais obras de William Shakespeare

Durante 20 anos de trabalho, William Shakespeare teve uma surpreendente produção dramática, com aproximadamente 40 peças, mais de 150 sonetos e vários outros poemas.

Seus escritos para o teatro são marcantes, por conta da mistura de temas, como amor, sentimentos, questões sociais, humanas e políticas. Além disso, a grandeza poética de sua linguagem, bem como a profundidade filosófica e caracterização dos personagens são aspectos que deixam clara a complexa inteligência e criatividade de Shakespeare.

william shakespeare

Suas produções podem ser divididas em três fases:

  1. Primeira fase (de 1590 a 1602): escrita de peças históricas, tragédias em estilo renascentista e algumas comédias;
  2. Segunda fase (de 1602 a 1610): escrita de tragédias e comédias;
  3. Terceira fase (de 1610 a 1616): escrita de peças menos trágicas, dando mais ênfase a conciliações.

Conheça quais são as peças de mais destaque, conforme suas categorias.

Na tragédia, você, provavelmente, já ouviu falar em:

  • A Tempestade;
  • Antônio e Cleópatra;
  • Hamlet;
  • Júlio César;
  • Macbeth;
  • Otelo;
  • Rei Lear;
  • Romeu e Julieta.

Nas peças de comédia, destacam-se:

  • A Comédia dos Erros;
  • A Megera Domada;
  • Noite de Reis;
  • O Mercador de Veneza;
  • Os Dois Cavalheiros de Verona;
  • Sonhos de Uma Noite de Verão.

Já nas peças históricas, Shakespeare foi o responsável por:

  • Eduardo III;
  • Henrique IV – Partes I e II;
  • Henrique V;
  • Henrique VI – Partes I, II e III;
  • Henrique VIII;
  • Rei João;
  • Ricardo II;
  • Ricardo III.

A influência de William Shakespeare continua presente até hoje, tanto que suas peças são as mais encenadas no mundo inteiro.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply