Arcadismo: Contexto Histórico, Principais Autores e Características

O Arcadismo foi o movimento literário e cultural que aconteceu logo após o Barroco. Possui esse nome porque suas primeiras raízes surgiram na cidade de Arcádia, na Grécia Antiga, local onde se acreditava ser dominado pelo deus Pã, além de pastores que tinham uma vida simples regada à arte, aos cantos e às poesias.

Os escritores e artistas dessa escola faziam de tudo para se distanciar da escola anterior, fosse na escrita, pintura, arquitetura ou em qualquer tipo de expressão artística. Leia, aqui, informações completas sobre o Arcadismo.

Clique, aqui, e leia informações completas sobre literatura brasileira.

Contexto Histórico do Arcadismo: Mundial

Arcadismo: Contexto Histórico, Principais Autores e Características

Revolução Industrial: início da produção em massa.

O Arcadismo iniciou-se no século XVIII, quando a Revolução Industrial acontecia por influencia da Idade das Luzes, acometida por várias transformações sociais e econômicas na cultura europeia.

Na Inglaterra e França, a burguesia tomava conta do estado, principalmente pelo comércio marítimo e bancário. Nesse meio tempo, o teocentrismo e a antiga nobreza perdiam força e davam vez a pensamentos iluministas.

Nesse período, a ciência ganha força, da mesma forma que o pensamento racionalista, elevando o antropocentrismo, pensando no bem-estar, nos valores sociais e na libertação da religião.

Os principais pensadores do movimento são Voltaire, Diderot, D’Alembert, Montesquieu e Rousseau, que juntos desenvolveram a Enciclopédia – principal símbolo do novo pensamento intelectual.

Ainda, atreladas a esse período, aconteceram a Revolução Industrial, a Independência dos Estados Unidos da América e, posteriormente, a Revolução Francesa.

Contexto Histórico do Arcadismo: Brasil

Arcadismo: Contexto Histórico, Principais Autores e Características

Inconfidência Mineira: a morte de Tiradentes.

O século XVIII, aqui no Brasil, é o “Século do Ouro”, graças à abundância desse mineral, principalmente em Minas Gerais, com destaque para Vila Rica (Hoje Ouro Preto) e Rio de Janeiro.

Foi assim que vários profissionais e pensadores vieram para a cidade mineira, vislumbrados pelo comércio aquecido, principalmente aqueles que tinham ideias iluministas estabelecidas previamente, influenciando em várias revoltas políticas no período.

O principal marco dessa escola no território nacional aconteceu com a fundação da Arcádia Ultramarina, em Vila Rica – uma sociedade brasileira de literatura com os seguintes nomes como representantes: Basílio da Gama, Domingos Caldas Barbosa e Alvarenga Peixoto, que faziam uso de pseudônimos como referência à mitologia grega.

Nesse momento, acontece, em Minas Gerais, a Inconfidência Mineira, como uma tentativa de libertação do estado da dominação dos portugueses, liderada, principalmente, por poetas árcades e pelo renomado Tiradentes.

O Arcadismo

Arcadismo: Contexto Histórico, Principais Autores e Características

Arcadismo: características bucólicas – resgate da natureza.

O movimento tem início com “Obras Poéticas“, de Cláudio Manuel da Costa, no ano de 1768, em conjunto com a fundação da Arcádia Ultramarina. As principais características de obras do movimento incluem:

  • Destaque da natureza;
  • Valor às ações simples da vida;
  • Bucolismo (resgate do campo e natureza);
  • Crítica à cidade;
  • Classicismo: referência a autores da antiguidade e mitologia grega;
  • Linguagem simplificada e objetiva;
  • Uso de pseudônimos;
  • Universalismo: preocupação com o geral;
  • Temática simplificada: amor, casamento, paisagens e vida;
  • Idealização da mulher amada;
  • Fugere Urbem: fuga da cidade;
  • Inutilia Truncat: corte daquilo que é inútil;
  • Aurea Mediocritas: vida comum;
  • Locus Amoenus: refúgio agradável;
  • Carpe Diem: aproveitar o momento.

Principais Autores Brasileiros

Arcadismo: Contexto Histórico, Principais Autores e Características

Cláudio Manuel da Costa: autor de Obras Poéticas, marco inicial do Arcadismo no Brasil.

Um dos principais nomes do Arcadismo brasileiro foi Cláudio Manuel da Costa (1729-1789), que era poeta, advogado e jurista, possuindo grande destaque na poesia. Em seus poemas, é possível ver a abordagem de elementos locais, a descrição de paisagens brasileiros, com tema de pastoreio e forte apelo nacionalista.

O autor foi acusado de ser aliado a Tiradentes, durante a Inconfidência Mineira, tendo se suicidado na cadeia. Suas obras mais famosas são Obras Poéticas e Villa Rica.

Outro autor renomado é José de Santa Rita Durão (1722-1784), que foi poeta e orador, sendo um dos primeiros escritores com características indianistas (valorização do índio) do Brasil, tendo escrito Caramuru, uma das obras mais importantes do Arcadismo brasileiro.

Ganham atenção, ainda, José Basílio da Gama, autor de O Uraguai e Tomás Antônio Gonzaga, autor português que escreveu Marília de Dirceu – obra inspirada em sua amada brasileira, rica em lirismos.

Rafaela Mustefaga

Graduada em Letras Português/Inglês, pela PUCPR, é revisora e editora de textos informativos, apaixonada por línguas e literatura e professora nas horas vagas.

Conheça Mais Sobre o Autor

Um comentário

Deixe seu Comentário

WebGo Content