Barroco: principais autores, obras, contexto histórico e mais

O Barroco foi um movimento que ganhou destaque tanto na literatura, quanto na pintura, música e arquitetura europeia e, posteriormente, no Brasil, durante o século XVII. Ele surgiu logo após o Renascimento, tendo características marcantes. Para saber mais, leia, aqui, informações completas sobre essa escola literária no Brasil, o contexto histórico a ela vinculado e muito mais!

Contexto Histórico do Barroco

Barroco: principais autores, obras, contexto histórico e mais

Reforma Luterana liderada por Martinho Lutero.

Depois de várias reformas religiosas acontecendo no mundo, como a Reforma Protestante e a revolta de Henrique VIII, a Igreja Católica precisava retomar a força que tinha no mundo. Deviso a isso, entre 1545 e 1563, aconteceu o Concílio de Trento, um processo de Contrarreforma a esses movimentos.

A partir do ano de 148, a Inquisição iniciou-se na Espanha e, mais tarde, no ano de 1536, em Portugal, prejudicando a liberdade de expressão, além do clima de repressão que dominava o mundo.

Foi nesse momento que a escola Barroco ganhou força, por conta de suas características eclesiásticas e pela disseminação da palavra de fé, muitas vezes, financiada pela Igreja Católica. É nesse momento da história que muitas igrejas, capelas e imagens de santos e vários monumentos sepulcrais foram produzidos em grande quantidade no mundo inteiro.

É interessante destacar que, nesse período, a Igreja estava associando-se ao Estado, o que afetou a arquitetura das cidades, onde o barroco aparecia nas construções com o objetivo de causar sensação de poder e admiração.

Barroco no Brasil

O movimento chegou ao Brasil por meio dos jesuítas, no final do século XVI, porém só ganhou força no século seguinte, com as grandes produções açucareiras, principalmente na Bahia. Depois disso, o Barroco passou a espalhar-se até Minas Gerais.

Nesse momento, ainda não há condições próprias para a produção do literário exclusivamente brasileiro, sendo inspirado em obras estrangeiras, principalmente de portugueses e espanhóis.

Principais características do Barroco

No Brasil, o Barroco aconteceu durante o período colonial, conhecido como “Século do Ouro”, no qual a exploração do mineral estava em alta, com destaque para a cidade de Minas Gerais, que tinha a presença de várias jazidas de ouro.

O movimento literário possui como principais características contraste, oposição e dilema: o homem que quer usufruir dos prazeres mundanos, mas, ao mesmo tempo, também quer ter a salvação divina; o confronto entre o antropocentrismo e o Teocentrismo; a influencia direta dos acontecimentos europeus, das revoltas e retomadas da Igreja.

É possível, ainda, outras características, como:

  • Antítese: jogo do claro contra escuro, vida conta morte e tristeza contra alegria;
  • Pessimismo;
  • Emoção acima da razão;
  • Arte requintada e em exagero;
  • Destaque dos mínimos detalhes;
  • Contradições e dualidade;
  • Complexidade e sensualismo;
  • Arte que procura despertar emoções no receptor;
  • Presença de hipérbole para dar maior intensidade;
  • Contraste de cores (esculturas e arquitetura);
  • Valorização da estética e do formato textual;
  • Contra o protestantismo;
  • Linguagem super refinada.

Na literatura barroca, é comum encontrar o cultismo e o conceptismo como características marcantes, que são diferentes em:

Cultismo

  • Vocabulário refinado;
  • Jogo de palavras;
  • Metáforas complicadas.

O principal representante dessa modalidade no Brasil foi Gregório de Matos.

Conceptismo

  • Uso de paradoxos;
  • Raciocínio lógico;
  • Jogo de conceitos.

O principal representante no Brasil foi Padre Antônio Vieira.

Os principais nomes de artistas do Barroco na Europa são: Caravaggio, Bernini, Borromini e Andrea Pozzo. O nome barroco advém daquilo que é absurdo ou grotesco, denominado assim para ridicularizar as artes que queriam fugir do estilo clássico e as revoltas da época. Veja, abaixo, um trecho extraído de Prosopopeia, de Bento Teixeira:

A Lâmpada do Sol tinha encuberto,
Ao Mundo, sua luz serena e pura,
E a irmã dos três nomes descuberto
A sua tersa e circular figura.
Lá do portal de Dite, sempre aberto,
Tinha chegado, com a noite escura,
Morfeu, que com subtis e lentos passos
Atar vem dos mortais os membros lassos.”

Principais Autores

Barroco: principais autores, obras, contexto histórico e mais

Na direita, Padre Antônio Vieira; na esquerda, Gregório de Matos.

Os grandes nomes no Brasil são Bento Teixeira, que com “Prosopopeia” iniciou a escola artística no Brasil no ano de 1601. Leia, aqui, informações completas sobre a literatura no Brasil.

Gregório de Matos Guerra também possui destaque, pois escreveu poesias líricas, satíricas e religiosas, tendo suas obras sido publicadas postumamente. O autor era chamado vulgarmente de “Boca de Inferno”, por conta do emprego da linguagem de baixo calão e da crítica à sociedade daquela época em sua obras, também é considerado por muitos como o primeiro poeta devidamente brasileiro.

Também, possui renome Padre Antônio Vieira, escritor de “Sermão da Sexagésima” e “Sermão de Santo Antônio aos Peixes”, missionário português que, por muito tempo, defendeu o direito dos indígenas, judeus e escravos.

Fora da literatura, Aleijadinho foi um dos maiores representantes do movimento quando se trata de esculturas, aqui no Brasil, principalmente as repletas de dramaticidade e expressões marcantes. Seu nome é vinculado a uma doença degenerativa que comprometia o seu corpo.

O artista costumava construir suas obras na madeira e em alto relevo, como a fachada da Igreja de São Francisco, localizada em São João del-Rei, em Minas Gerais, feita com detalhes em ouro e jacarandá. Outros locais que possuem grandes representações do Barroco são as cidades de Ouro Preto e Mariana, também em Minas Gerais, e em Salvador, que na época era capital da então colônia portuguesa.

Rafaela Cortes

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content