Como funciona o coração? Partes que compõem e Importância

O coração é um órgão muscular presente em quase todos os animais, mas sua forma pode variar:

  • Vermes e artrópodes: não há um coração em si. É uma estrutura formada por tubos ao longo do corpo;
  • Peixes: possuem apenas duas cavidades (câmaras);
  • Anfíbios e répteis não-crocodilianos: possuem três cavidades;
  • Crocodilianos: possuem quatro cavidades;
  • Aves e Mamíferos: têm quatro cavidades totalmente separadas.

Seres humanos são animais mamíferos e, portanto, seu coração apresenta quatro cavidades, com tamanho aproximado de um punho fechado, e formato de um cone oco, pesando entre 250 e 300 gramas em um indivíduo adulto. Ele localiza-se no tórax, entre os pulmões.

Este é o órgão responsável pelo transporte de sangue no organismo, fazendo parte do sistema circulatório, que distribui oxigênio, nutrientes e outras substâncias pelo organismo. Além disso, ele retira as excretas e o gás carbônico produzido pelas células.

coração

Partes que o compõem o coração

O coração é um órgão muscular revestido externamente por uma membrana denominada pericárdio e internamente pela membrana endocárdio. Entre essas membranas, localiza-se o miocárdio, músculo responsável pelo batimento cardíaco.

O coração da maioria dos animais é composto por câmaras. Em humanos e outros animais que têm quatro cavidades, ele se divide em dois lados, esquerdo e direito, cada um com duas câmaras.

As câmaras superiores são chamadas de átrios, e as inferiores de ventrículos. Entre o átrio e o ventrículo do lado direito está a válvula tricúspide, que impede o refluxo sanguíneo. A válvula do lado esquerdo chama-se válvula mitral.

Para realizar a circulação, no entanto, o coração se liga a veias, artérias e vasos capilares, conhecidos genericamente como vasos sanguíneos.

coração

Como funciona o coração?

O coração bombeia sangue para o organismo por meio dos movimentos de sístole (contração) e diástole (relaxamento). O conjunto desses movimentos denomina-se batimento cardíaco e ocorre em uma frequência de 70 vezes por minuto, bombeando 3,8L de sangue por minuto, em média.

O processo de circulação sanguínea pode ser classificado em simples (como em peixes que possuem apenas um átrio e um ventrículo), dupla incompleta (em anfíbios e répteis com três câmaras), ou dupla completa, constituída pela pequena e grande circulação (é a que ocorre em aves e mamíferos).

Pequena circulação

É a comunicação entre o coração e os pulmões. O sangue que percorreu o organismo e está rico em gás carbônico (sangue venoso) infiltra-se no átrio direito durante a diástole atrial, e depois para o ventrículo direito, durante a sístole atrial.

Uma nova sístole bombeia o sangue para as artérias pulmonares que levarão o sangue ao pulmão para ser oxigenado. Quando está rico em oxigênio, ele retoma ao átrio esquerdo do coração pelas veias pulmonares.

Grande circulação

Depois da oxigenação do sangue na pequena circulação, o sangue do átrio esquerdo é bombeado para o ventrículo esquerdo pela contração atrial. Do ventrículo, o sangue é direcionado para a artéria aorta durante a sístole ventricular. Essa artéria leva o sangue aos tecidos corporais e retoma à etapa anterior, formando um ciclo, que sempre inicia do lado direito para o lado esquerdo do coração.

o que é coração miocárdio

Importância do coração

Sua importância é fundamental para o funcionamento do organismo, já que seres vivos precisam de oxigênio para realizar suas atividades. No entanto, o coração pode ser acometido por doenças que podem levar à morte do indivíduo. Assim, o estudo do coração é de suma importância, principalmente para humanos.

Relacionado ao seu bombeamento, pessoas podem ser acometidas por arritmia, quando há batimentos cardíacos irregulares. Por sorte, essa doença tem cura, por um acompanhamento médico. Já em relação à dieta e aos exercícios físicos, doenças cardiopatas podem ocorrer quando há acúmulo de gordura nos vasos sanguíneos, que impedem o sangue de chegar ao coração para ser novamente bombeado aos outros órgãos.

Esse quadro pode causar ataque cardíaco, que é a morte de parte do músculo do coração, ou sua paralisia total por falta de oxigênio. No entanto, seguir uma dieta equilibrada, com pouca gordura, e a prática de exercícios físicos regulares evitam tais ocorrências.

Muitas pessoas hoje podem ser beneficiadas com um transplante de coração, que é feito cirurgicamente quando uma pessoa morre de outras causas quando não doenças cardíacas, deixando um coração saudável e apto para ser doado.


Bruna Manuele Campos

Bruna Manuele Campos

Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela USP (2016 e 2018), tem 25 anos e é apaixonada pela natureza e por explorar o mundo. Quando não está se aventurando por aí, gosta de aquietar as pernas com livros e séries.

Conheça Mais Sobre o Autor

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply