Coração – Anatomia, Função, Informação, Mitos e Verdades do Miocárdio

O coração é um órgão vital, ou seja, fundamental para que possamos viver. Existem verdades e mitos sobre esse órgão tão importante para a maioria dos seres vivos, mas, aqui, você poderá descobrir algumas mentiras que espalham por aí. Fique por dentro de todas as informações do coração, que também recebe o nome de miocárdio.

Onde fica o coração?

Ele fica situado dentro do tórax, o qual denominamos cavidade torácica. O coração está entre o pulmão esquerdo e direito, em frente ao esôfago e a uma das principais artérias, a aorta.

onde fica o coração?

A base do coração encontra-se inclinada para cima e para direita. Enquanto isso, a parte superior, que tem uma massa maior, é levemente reclinada para a esquerda e para baixo. Por isso, costuma-se pensar erroneamente que o coração está do lado esquerdo do peito, mas, na verdade, ele situa-se no centro e é levemente reclinado para o lado esquerdo.

O que é o Miocárdio?

O miocárdio é o órgão popularmente chamado de coração, que é um músculo que contém cavidades. Ele contrai, funcionando como uma bomba, que impulsiona o sangue por todo o corpo, levando nutrientes e oxigênios aos órgãos e ao cérebro. Ele suga os sangue venoso, aquele que vem das veias e impulsiona o sangue arterial para as artérias.

O órgão conta com uma coloração vermelho-escura, possuindo camadas de gordura ao seu redor, que tendem a aumentar com a idade. Sua forma, ao contrário do que se ilustra em desenhos e animações, assemelha-se a um cone arredondado.

O coração é composto por três paredes, chamadas de túnicas sobrepostas. São elas:

  • Miocárdio – parte principal do coração, que fica entre as duas outras túnicas. É a parte mais espessa, tendo um tecido avermelhado e estriado, que realiza contrações involuntárias, movimentando o sangue. Possui, ainda, um sistema de fibras musculares para aurículas e outro, independente, para os ventrículos – as cavidades do coração;
  • Endocárdio – é uma membrana bem lisa, com uma espessura bem fina. Possui células endotelial achatadas, que se dispõem em um única camada, envolvendo o coração e o pericárdio;
  • Pericárdio – é um saco membranoso, composto pela lâmina parietal e visceral. A lâmina parietal é fibrosa e fica na parte externa, já a visceral é serosa. Entre elas existe a cavidade pericárdica que, apesar do nome, não é uma cavidade. Ambas as lâminas ficam encostadas uma à outra, umedecidas pelo líquido pericárdico.

As 4 cavidades do coração

O coração é um reservatório muscular, dividido em 4 principais cavidades – duas ficam na parte superior e são chamadas de aurículas ou átrios; as outras duas localizam-se na parte inferior do coração e chamam-se ventrículos.

As aurículas da parte superior, também chamadas de átrios, recebem o sangue trazido pelas veias. Já os ventrículos impulsionam o sangue pelas artérias. A parte superior não se liga entre si, bem como a inferior também não está interligada. Porém, cada aurícula liga-se ao ventrículo do seu respectivo lado, pelo que se denomina orifício auriculoventricular.

coração humano

Aurícula Direita / Átrio Direito

A aurícula direita, também chamada de átrio direito, possui três orifícios, que servem para entrada de sangue, contando com somente um de saída. O principal da entrada é a veia cava superior. Ela traz ao coração o sangue que estava na cabeça, no cérebro e nos membros superiores. O segundo é a veia cava inferior, que traz ao coração o sangue que passou pelo tronco e pelos membros inferiores. Há, também, a veia coronária, que é aquela que traz o sangue que banhou o próprio coração. E, de saída, há a válvula Tricúspide.

Válvula Tricúspide

É uma válvula que se encontra na cavidade direita do coração, possuindo três linguetas. Quando os ventrículos contraem-se, é essa válvula que impede que o sangue volte às aurículas, conhecidas como átrios.

Ventrículo Direito

Recebe sangue pela válvula Tricúspide e possui o orifício da artéria pulmonar, por onde o sangue é expulso. Ele possui três válvulas sigmóides, que impedem que o sangue retorne ao ventrículo após ele se contrair.

Aurícula Esquerda / Átrio esquerdo

Essa cavidade possui quatro orifícios de entrada, que correspondem às quatro veias pulmonares. Elas trazem o sangue arterializado do pulmão, rico em oxigênio, para que seja enviado ao restante do corpo. O orifício de saída leva o sangue ao ventrículo esquerdo, contando com uma válvula mitral.

Válvula Mitral

Fica localizada na cavidade esquerda e possui duas linguetas. Sua função é, basicamente, a mesma da válvula tricúspide: impedir que o sangue volte às aurículas quando os ventrículos contraem-se.

Ambas as válvulas, mitral e tricúspide possuem cordões tendinosos. Eles ficam presos por um dos lados da borda das valvas e na outra extremidade unem-se ao assoalho dos ventrículos. Os cordões impedem que, durante a contração do ventrículo, as linguetas voltem-se à aurícula.

Ventrículo Esquerdo

Ele possui as paredes mais espessas que o ventrículo direito, para que seja possível enviar sangue a todo o corpo. Além do orifício de entrada, que faz a comunicação com o átrio esquerdo, ele também possui um orifício de saída, a artéria aorta. Ela possuí  três válvulas, denominadas de sigmoides aórticas, que impedem o sangue de retornar ao ventrículo.

Sistema Circulatório

O coração é um dos principais elementos do sistema circulatório, um sistema tubuloso e fechado.

o que é coração miocárdio

Vasos Sanguíneos

Essas quatro cavidades estão ligadas às artérias e aos vasos eferentes, que ligam o miocárdio a outros órgãos do corpo, para transportar o sangue bombardeado. As cavidades também transportam o sangue dos órgãos ao coração, por meio das veias e dos vasos aferentes.

É possível diferenciar uma das outras, pois as artérias e os vasos eferentes possuem paredes bem espessas, enquanto os aferentes possuem paredes mais sutis e flácidas. Ambos sistemas, artérias e veias, são ligados por ramificações chamadas de sistema capilar. São vasos muito mais finos que os citados anteriormente.

Como o coração trabalha

O músculo cardíaco contraí de tempo em tempo, variando de acordo com cada organismo, idade do indivíduo e, principalmente, atividade exercida. Quando o coração relaxa, o que se denomina diástole, ele enche de sangue. Na contração, denominada sístole, ele impulsiona o sangue.

Primeiro acontece a aurícula das sístoles, no que o sangue das cavidades passa para os ventrículos. Em seguida, acontece a sístole, ou seja, a contração dos ventrículos, que envia o sangue às artérias. Depois disso, ocorre a diástole de todas as cavidades.

Cada movimento da cavidade, sístole e diástole, dura, em média, 0,8 segundos. Em 0,1 segundos ocorre a sístole auricular; em 0,3 segundos a sístole ventricular, levando, aproximadamente, 0,4 segundos para a diástole geral.

Mitos e Verdades sobre o Coração

Veja, abaixo, algumas notícias que circulam por aí sobre o coração e as doenças cardíacas e descubra se elas são mitos ou verdades:

Apenas Obesos têm problemas no coração – MITO

A obesidade eleva o nível de colesterol e triglicerídeos, podendo levar à diabetes e hipertensão. Esses são fatores de riscos, que deixam as pessoas mais propensas a desenvolverem problemas cardíacos. Mas, qualquer indivíduo sedentário ou que fume corre os mesmos riscos de desenvolver doenças no coração.

Pessoas jovens podem sofrer infartos – VERDADE

O estilo de vida atual faz com que as pessoas sofram infarto cada vez mais cedo. Os jovens têm estado cada vez mais sedentários, carregados pelo estresse, pela má alimentação e pelo abuso de álcool. Isso aumenta o risco de cardiopatias, ou seja, doenças que afetam o coração, mesmo em pessoas jovens.

Homens infartam mais do que as mulheres – MITO

As mulheres costumam ser afetadas mais tardes pelas cardiopatias e morrem com uma idade mais avançada. Mas, as doenças do coração não distinguem gênero. Tanto homens quanto mulheres correm o mesmo risco de sofrer com algum mal para o coração, principalmente se estão dentro do grupo de risco. Os últimos registros foram até de 50 mil casos a mais de morte por cardiopatia em mulheres do que em homens.

Alimentos podem favorecer a saúde do coração – VERDADE

Castanhas e outras oleaginosas são extremamente benéficas ao sistema cardiovascular. Elas funcionam como um anti-inflamatório natural dos vasos sanguíneos e auxiliam na redução dos níveis de triglicerídeos. A cebola também é capaz de diminuir a gordura no sangue e proteger a função cardíaca, além de que peixes de água salgada são ricos em ômega 3, que controla a pressão sanguínea e evita a arteriosclerose.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply