Histologia vegetal – O que é? Tipos de tecidos e Exercícios

O que difere células animais das células vegetais? Basicamente são as organelas denominadas vacúolos e cloroplastos, e também a presença da parece celular.

O conjunto das células formam os tecidos, que possuem funções específicas na estruturação do vegetal. Assim, os tecidos vegetais são diferentes quanto suas funções e sua estrutura em relação aos tecidos animais.

O ramo da ciência chamado histologia vegetal pertence à Biologia e é destinado ao entendimento destes tecidos. Confira, abaixo, mais detalhes sobre ela.

O que é histologia?

Histologia vegetal

Histo significa tecido, enquanto logia significa estudo. Portanto, é a área da ciência que faz o estudo dos tecidos vegetais, suas características e sua organização. Como o crescimento das plantas está relacionado com a formação dos tecidos, os crescimentos primário (em altura) e secundário (em espessura) são estudados separadamente.

Tipos de tecidos vegetais

Os tecidos vegetais são divididos em tecidos meristemáticos (de formação) e tecidos permanentes (com funções específicas).

Histologia vegetal

Tecidos meristemáticos

  • Células pequenas;
  • Parede celular pequena;
  • Vacúolos pequenos ou ausentes;
  • Núcleo volumoso.

Meristemas apicais ou tecido meristemático primário

São responsáveis pelo crescimento primário, ou seja, em altura. Este tipo de tecido é encontrado em abundância nas gemas apicais da raiz e do caule, e das gemas laterais do caule. São eles:

  • Protoderme: tecido de revestimento do embrião. Dá origem à epiderme, tecido de revestimento do vegetal;
  • Procâmbio: origina tecidos vasculares, xilema e floema. Portanto só ocorrem nas gimnospermas e angiospermas;
  • Meristema fundamental: dá origem ao córtex, composto por parênquima, colênquima e esclerênquima.

Meristemas laterais ou Tecido Meristemático Secundário

Este tecido é responsável pelo crescimento secundário, ou seja, em espessura. São eles:

  • Câmbio: origina o xilema e floema secundários;
  • Felogênio.

Tecidos permanentes

Os tecidos permanentes ou adultos já estão diferenciados e possuem um papel no vegetal, podendo ser de revestimento, sustentação, preenchimento e condução.

Tecidos de revestimento

  • Epiderme: são células clorofiladas altamente ligadas. Podem possuir anexos, como os estômatos, que possibilitam a troca de gases durante a fotossíntese e a respiração. Também podem conter tricomas, que se parecem com pelos e reduzem a perda de água nos estômatos. Na raiz, pode haver pelos absorventes que auxiliam na absorção de água e sais minerais, e outros anexos;
  • Perideme: formada por células vivas, é responsável pelo revestimento das raízes com crescimento secundário.

Histologia vegetal

Tecidos de sustentação

São formados pelo meristema fundamental e podem ser encontrados em folhas, frutos, caule e raiz.

  • Colênquima: células alongadas com grande quantidade de celulose. Localizam-se logo abaixo da epiderme e sua função é dar flexibilidade aos vegetais;
  • Esclerênquima: é formado por células mortas, alongadas e com ligninas. Encontram-se nos tecidos mais velhos das plantas.

Tecidos de preenchimento

Como o nome já diz, a função destes tecidos é preencher os espaços entre os tecidos de revestimento e os tecidos condutores de seiva.

  • Parênquima: encontrado em todos os locais da planta, formados por células vivas.

Tecidos de condução

São os tecidos responsáveis pela distribuição de água e seiva pela planta.

  • Xilema: também conhecido como lenho, é composto por células mortas e que contêm lignina. Sua função é transportar a seiva bruta (água e sais minerais) da raiz até as folhas;
  • Floema: é constituído por células vivas e seu papel é transportar a seiva elaborada (glicose) das folhas até a raiz.

Bruna Manuele Campos

Bruna Manuele Campos

Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela USP (2016 e 2018), tem 25 anos e é apaixonada pela natureza e por explorar o mundo. Quando não está se aventurando por aí, gosta de aquietar as pernas com livros e séries.

Conheça Mais Sobre o Autor

Teste seus conhecimentos sobre Histologia vegetal – O que é? Tipos de tecidos e Exercícios

1) (Adaptado UEL-PR) Os tecidos que permitem às plantas manterem-se eretas são principalmente:

  • a) o lenho, o esclerênquima e o colênquima.
  • b) o líber, o esclerênquima e o colênquima.
  • c) o lenho, o líber e o colênquima.
  • d) o lenho, o líber e o meristema.

2) (Adaptado FUVEST-SP? Que características esperamos encontrar em uma angiosperma aquática e submersa?

  • a) Sistema vascular bem desenvolvido e epiderme rica em estômatos.
  • b) Tecidos de sustentação bem desenvolvidos e epiderme rica em estômatos.
  • c) Tecidos de sustentação bem desenvolvidos e sistema vascular reduzido.
  • d) Tecidos de sustentação pouco desenvolvidos e epiderme sem estômatos.

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply