Fotossíntese: o que é? Só as plantas fazem? Leia tudo aqui

Você já deve ter ouvido falar sobre fotossíntese na escola, correto? Principalmente no fundamental, nas aulas de ciências, ou no ensino médio, nas aulas de biologia. Mas, você sabe o que isso realmente é? Sabe como ocorre e quais são os seus processos?

A natureza é sábia em cada ponto que se vislumbre, sendo que todos os processos estão encadeados, nada ocorre fora das leis que regem essa área da nossa esfera. E com a fotossíntese não é diferente. O termo está ligado à síntese proveniente da luz e sua ação consiste na produção de alimento para as plantas, de forma que se mantenham vivas. Nesse artigo, tiraremos todas as suas dúvidas a respeito do assunto.

A fotossíntese

Fotossíntese: o que é? Só as plantas fazem? Leia aqui tudo.

É o processo principal que mantêm a vida dos organismos vegetais, pois é por meio dela que as plantas obtêm os seus nutrientes. Os seres que fazem parte do reino vegetal são definidos por como autótrofos, aqueles que são capazes de sintetizar o seu próprio alimento, ao contrário dos animais, que precisam buscar fontes de nutrição. Portanto, por esse processo fotossintético é que as plantas podem gerar compostos orgânicos que lhes servem de alimentos.

O processo acontece da seguinte forma: as plantas utilizam a luz solar para gerar matéria prima em forma de glicose, que serve como seu próprio alimento. A glicose, por sua vez, é fundamental para a realização das funções metabólicas das plantas, sendo que o restante desse alimento será consumido por animais herbívoros.

É importante ressaltar que o oxigênio que compõe a estrutura do planeta Terra é proveniente da fotossíntese, o que possibilita uma série de reações químicas salutares para a sobrevivência humana.

Mas, para que isso ocorra, as células vegetais têm organelas especiais, que são ausentes nas células de outros seres vivos: são os cloroplastos. É aí que ocorre toda a reação química responsável pela alimentação das plantas. Os cloroplastos são encontrados principalmente no mesofólio foliar e são constituídos pelas seguintes partes:

  • Envelope: membrana que fica em volta do cloroplasto;
  • Estroma: parte fluída em que se encontram as estruturas chamadas de Grana;
  • Grana: estruturas constituídas por camadas membranosas;
  • Tilacoides: membranas em forma de discos que formam o Granum (Grana) quando empilhadas;
  • Lamelas: canais que conectam a Grana.

Não pense que apenas as plantas estão restritas nesse sistema, pelo contrário, as algas e determinadas bactérias também estão condicionadas ao mesmo processo. A garantia do nosso oxigênio vem de todo esse movimento estabelecido pelas plantas, além disso, a nutrição de toda a cadeia alimentar do planeta decorre da transformação da energia luminosa em compostos orgânicos, entre eles, o carbono, pela fotossíntese.

A clorofila é um pigmento que é encontrado nos cloroplastos, responsável por dar o aspecto de coloração verde às folhas das plantas. Mas, essa não é a sua única função. A clorofila também participa de toda a ação fotossintética, sendo que há quatro categorias que são distintas da clorofila: a, b, c e d. As duas primeiras estão presentes nas plantas, enquanto as duas últimas são características de cianobactérias e algas.

Como ocorre fotossíntese?

O necessário para a fotossíntese ocorrer são água (H20), luz e gás carbônico (CO2). Com moléculas tão simples assim, os vegetais fazem um processo químico de transformação, adquirindo uma substância orgânica, que serve para a sua nutrição: a glicose (C6H12O6). A fotossíntese segue a lei de que toda energia pode ser transformada.

Logo, as plantas transformam a energia luminosa em energia química, sendo por conta disso que a fotossíntese não ocorre durante a noite. Essa energia luminosa é transmitida pelo Sol, conhecida como fótons. Dessa forma, para que o processo fotossintético ocorra, o vegetal absorve a energia dos fótons e utiliza na reação química. Quem faz a absorção na energia do fóton é a clorofila, por conta disso que o seu papel é necessário para que as plantas possam manter-se vivas.

A importância da fotossíntese

Fotossíntese: o que é? Só as plantas fazem? Leia aqui tudo.

A fotossíntese não é benéfica somente para as plantas, ela faz bem, até mesmo, para todos os seres vivos que compartilham o mesmo ambiente que elas. Afinal, nessa reação química, as plantas retiram o gás carbônico do ar, que é classificado como um poluente, e liberam o gás oxigênio, essencial para a nossa respiração.

Sem a fotossíntese não haveria vida em nosso planeta, porque é por meio dela que se inicia toda a cadeia alimentar. Ou seja, os animais e outros organismos heterotróficos não seriam capazes de manter o seu metabolismo, uma vez que a energia essencial para isso está indireta ou diretamente associada ao processo da fotossíntese.

Quando se observa a destruição de uma floresta e de árvores nos perímetros urbanos, perde-se a flora responsável pela conversão de gás carbônico em oxigênio seguro, com acarreta no aumento da poluição, que destrói a respiração do ser humano, culminando a incidência de doenças respiratórias, como bronquite, rinite, asma e câncer de pulmão.

Ou seja, a qualidade e preservação da vida acontece por conta da fotossíntese. Para aplacar esses poluentes, as indústrias criaram mecanismos de melhoria do ar, por aparelhos purificadores e umidificadores, mas que em nada são tão relevantes quanto um ar natural.

A fotossíntese se relaciona com o crescimento da vida em toda a sua essência. Ao lado dela, produzimos uma melhor formação e absorção de nutrientes em nosso organismo. A vida moderna e a tecnologia nos facilitam em muitos aspectos, dentre eles, com pesquisas e produtos para aumentar a qualidade de vida e ambientes mais limpos,  livres de sujeiras decorrentes da poluição do ar. Contudo, se não houver a preservação das plantas, nada de efetivo se concretizará.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply