Equinodermos – Características, Fisiologia, Classificação e Exercícios Resolvidos

Os equinodermos são um filo com mais de 7000 espécies, sendo todas exclusivamente marinhas. Considerando a evolução dos animais, esses possuem uma proximidade com os cordados, devido à presença de características particulares.

As serpentes do mar, as estrelas-do-mar, a bolacha da praia e outros animais são englobados nesse filo. Embora hajam muitas espécies catalogadas, o conhecimento desse grupo ainda é muito restrito.

Equinodermes

Principais características

Levando em conta as distinções existentes dentre os filos do reino animal, pode-se dizer que os equinodermos (ou echinodermatas) são:

1) Animais bentônicos

Além de viverem exclusivamente no mar, recebem a classificação de bentônicos, por viverem no fundo, em contato com o substrato marinho.

2) Triblásticos

Ser triblástico significa possuir três tipos de tecido compondo a estrutura, que são: mesoderme, endoderme e ectoderme.

Cada uma dessas camadas possui função específica, e pode ser facilmente diferenciada.

3) Celomados

Essa também é uma característica marcante na evolução dos equinodermos, e pode ser definida pela presença de uma cavidade dentro do mesoderma.

4) Espinhos

A epiderme desses animais é dotada de espinhos, que possuem tanto função protetiva, como também podem ser providos de ventosas, as quais estão ligadas à locomoção deles.

5) Presença de endoesqueleto

Os equinodermos possuem um esqueleto interno (endoesqueleto), composto de carbonato de cálcio.

6) Deuterostômios

Depois da diferenciação dos folhetos embrionários e algumas modificações, há a formação do celoma (cavidade descrita anteriormente), que é revestido por mesoderma.

O mesoderma dá origem a duas estruturas:

  • Blastóporo – abertura que, futuramente, dará origem ao ânus;
  • Segunda estrutura que dá origem a boca.

Por esse motivo, são classificados como deuterostômios.

Equinodermes2

Fisiologia dos equinodermos

Depois de conhecer os principais pontos estruturais do filo, é interessante destacar que seu funcionamento ocorre, basicamente, a partir de um sistema chamado ambulacral ou hidrovascular.

É uma exclusividade desse filo, e consiste numa rede de tubos e bolsas, que constantemente se enchem de água. O objetivo é possibilitar as diversas funções existentes desses animais: respirar, locomover-se, excretar, fixar e alimentar-se.

Também, existe um sistema digestório completo, contendo boca, estômago, intestino e ânus. Após o processamento dos alimentos, a excreção é feita pelo sistema hidrovascular, descrito anteriormente.

Classificação

Há uma divisão dentre os equinodermos em 5 classes diferentes. São elas:

  • Asteroidea – os principais representantes são as estrelas-do-mar, marcadas pela presença de 5 raios em sua estrutura;
  • Echinoidea – representados pelos ouriços do mar e pelas bolachas da praia, são animais cheios de espinho;
  • Holothuroidea – infelizmente, trata-se de uma classe próxima da extinção. Representados pelo ouriço do mar, possuem corpo alongado, sem projeções;
  • Ophiuroidea – a classe é característica por conter 5 braços longos, finos e frágeis. Diferente dos demais, esses não possuem ânus;
  • Crinoidea – tendo como exemplo os lírios do mar, são animais fixos ao solo, que emitem prolongamentos.

Equinodermes3

Importância dos equinodermos

Do ponto de vista ecológico, os equinodermos possuem fundamental importância na manutenção do equilíbrio dos ambientes. Como são predadores do topo da cadeia alimentar, são capazes de alterar o ecossistema.

Por um lado, isso pode ser negativo, visto que sua proliferação excessiva pode impactar prejudicando, o ambiente marinho.

Agora que você já sabe um pouco mais a respeito dos equinodermes, que tal testar os seus conhecimentos nos exercícios que preparamos para você? Basta rolar até o final da página e se divertir! Ah, e não deixe de compartilhar com os seus amigos, desafiando eles também.

Nicole Alessi

Sou Nicole Alessi, tenho 20 anos, estou cursando o 4º ano de medicina nas Faculdades Pequeno Príncipe e sou apaixonada pelo que faço! Nas horas vagas, gosto de transformar em palavras todo o conhecimento que adquiro na graduação, com o intuito de promover a educação em saúde e, consequentemente, gerar bem-estar e qualidade de vida!

Conheça Mais Sobre o Autor

Teste seus conhecimentos sobre Equinodermos – Características, Fisiologia, Classificação e Exercícios Resolvidos

1) (Adaptado Omec-SP) Assinale a alternativa que aponta o erro cometido na caracterização do filo Echinodermata: “São animais exclusivamente marinhos, de organização pentarradiada, com larvas de simetria bilateral, esqueleto calcário externo, triblásticos e deuterostômios”.

  • a) animais exclusivamente marinhos.
  • b) larvas de simetria bilateral.
  • c) esqueleto calcário externo.
  • d) triblásticos.

2) (Adaptado UFU) - Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas do texto, abaixo. Nos Echinodermatas, ________ que inclui animais exclusivamente ________ como a ________, há um sistema hidrovascular, denominado sistema ________. O corpo é revestido externamente por uma epiderme ciliada, sob a qual situa-se um ________.

  • a) classe, marinhos, anêmona, flama, endoesqueleto.
  • b) filo, aquáticos, estrela-do-mar, madrepórico, exoesqueleto.
  • c) classe, aquáticos, anêmona, ambulacrário, exoesqueleto.
  • d) filo, marinhos, estrela-do-mar, ambulacrário, endoesqueleto.

Deixe seu Comentário

WebGo Content