Fotoperiodismo – O que é? Respostas fotoperiodicas, Fotoperiodismo e Hormônios vegetais

Os primeiros cientistas a mencionar o fotoperiodismo foram Garner e Allard, em 1920. Eles descobriram que a duração do dia influencia na regulação e desenvolvimento das plantas. O fotoperíodo age tanto sobre os órgãos reprodutores, na formação de flores, frutos e sementes, como também no desenvolvimento de órgãos vegetativos e até no metabolismo, como a formação de pigmentos. As plantas são tão influenciadas pelo fotoperíodo que até mesmo a luz antes do sol nascer tem efeito sobre elas.

Dessa forma, a exposição solar se caracteriza como um importante fator que regula o crescimento e desenvolvimento vegetal. Essas características são fundamentais não apenas para a ciência, mas também para a economia e agricultura, uma vez que plantas comerciais requerem diferentes níveis de exposição à luz para se desenvolverem com qualidade.

O que é fotoperiodismo?

Fotoperiodismo é definido como as respostas do desenvolvimento de um organismo à duração do dia. É um mecanismo pelo qual os organismos conseguem saber a estação do ano.

Em geral, plantas são mais susceptíveis a esse fator do que animais.

Respostas fotoperiodicas

As plantas respondem de duas maneiras ao fotoperíodo. São assim classificadas como plantas de dias curtos (PDC), de dias longos (PDL), ou podem também ser consideradas indiferentes.

  • Plantas pdc: plantas com essas características se desenvolvem no início da primavera ou do outono. Assim, precisam receber luz por menos tempo. São exemplos: o café, o bico-de-papagaio e os morangos;
  • Plantas pdl: essas plantas florescem principalmente durante o verão. Assim, precisam receber luz por um período maior. Também conseguem florescer sob luz contínua. São exemplos: o espinafre, a alface e a ervilha;
  • Plantas de dias neutro ou indiferentes: espécies deste grupo florescem independente da disponibilidade de luz, necessitando apenas atingir um determinado crescimento vegetativo para florescerem.

Fotoperiodismo e hormônios vegetais

Certos hormônios vegetais agem para inibir o florescimento em algumas espécies em resposta a condições desfavoráveis do fotoperíodo para a floração. A formação das flores, nesses casos, ocorre por um balanço entre as giberelinas e as citocinas, ambos hormônios vegetais. Se as condições não forem ideais, elas impedem que o vegetal floresça.

Bruna Manuele Campos

Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela USP (2016 e 2018), tem 25 anos e é apaixonada pela natureza e por explorar o mundo. Quando não está se aventurando por aí, gosta de aquietar as pernas com livros e séries.

Conheça Mais Sobre o Autor

Teste seus conhecimentos sobre Fotoperiodismo – O que é? Respostas fotoperiodicas, Fotoperiodismo e Hormônios vegetais

1) (Fatec) Grupos de angiospermas das espécies I, II e III foram submetidos a tratamentos fotoperiódicos, manifestando os resultados descritos abaixo. Quando receberam diariamente 3 horas de luz e 21 de escuro, I não floresceu, mas II e III floresceram. Quando foram expostos a 10 horas diárias de luz e 14 de escuro, I e II floresceram, porém III não floresceu. Com base nesses dados, pode-se concluir acertadamente que I, II e III são, respectivamente, plantas

  • a) de dia curto, neutras e de dia longo.
  • b) de dia curto, de dia longo e neutras.
  • c) neutras, de dia curto e de dia longo.
  • d) de dia longo, neutras e de dia curto.

2) (Adaptado Vunesp-2009) O professor chamou a atenção dos alunos para o fato de que todos os ipês-roxos existentes nas imediações da escola floresceram quase que ao mesmo tempo, no início do inverno. Por outro lado, os ipês-amarelos, existentes na mesma área, também floresceram quase que ao mesmo tempo, porém já próximo ao final do inverno. Uma possível explicação para esse fato é que ipês-roxos e ipês-amarelos apresentam

  • a) pontos de compensação fótica diferentes e, provavelmente, são de espécies diferentes.
  • b) pontos de compensação fótica diferentes, e isto não tem qualquer relação quanto a serem da mesma espécie ou de espécies diferentes.
  • c) fotoperiodismos diferentes e, provavelmente, são de espécies diferentes.
  • d) fotoperiodismos diferentes, e isto não tem qualquer relação quanto a serem da mesma espécie ou de espécies diferentes.

Deixe seu Comentário

WebGo Content