Complemento Nominal – O que é? Exemplos de frases

O complemento nominal é um dos termos integrantes da oração. A função dele é a de integrar a significação transitiva de um substantivo abstrato, de um adjetivo ou de um advérbio. Além disso, ele sempre vem regido por uma preposição.

Se você deseja se aprofundar no estudo do complemento nominal para tirar todas as suas dúvidas em relação a ele, confira este artigo completo do Gestão Educacional a respeito do assunto!

O que são os termos integrantes da oração?

A oração é estruturada com alguns termos, conhecidos como termos constituintes da oração. Esses termos dividem-se em três categorias: termos essenciais, termos integrantes e termos acessórios.

Aqui, trataremos apenas dos integrantes. Porém, caso você queira se aprofundar no estudo dos termos constituintes da oração, confira este artigo completo do Gestão Educacional sobre eles.

Os termos integrantes são aqueles que, embora não sejam essenciais para a oração, eles também não são acessórios. Ou seja: apesar de não serem primordiais para a formação dela, quando se fazem necessários, não podem ser omitidos.

Veja um exemplo:

  • Todo mundo ficou contente com a notícia.

O termo em negrito neste exemplo é um complemento nominal. Logo, é um termo integrante da oração. A função dele é a de completar o sentido do adjetivo sublinhado, “contente”, que não tem significação completa em si mesmo.

Isso porque, se disséssemos apenas “todo mundo ficou contente”, ficaria no ar a pergunta: “mas contente com o quê?”. O complemento nominal, nesse caso, vem para integrar, ou seja, unir-se ao adjetivo, com o intuito de completar seu significado.

É diferente, por exemplo, do seguinte caso:

  • A notícia, a melhor daquela noite, foi anunciada a todos.

Nesse exemplo , o termo em negrito é um aposto. O aposto é um termo acessório da oração e tem por objetivo explicar ou especificar algo já dito anteriormente.

O aposto, ou qualquer outro termo acessório, pode ser excluído da oração, sem comprometer seu significado. Já os termos integrantes da oração, com o complemento nominal incluso, não podem. Daí a ideia de que eles não são essenciais, mas também não são simples acessórios.

O que é o complemento nominal? Exemplos de frases

São três os termos integrantes da oração: o complemento verbal, o complemento nominal e o agente da passiva. Aqui, veremos o que é o complemento nominal.

Como o nome sugere, o complemento nominal é um termo que surge para completar, integrar ou limitar o sentido de um nome. Por nome, queremos dizer, nesse caso: um substantivo abstrato, um adjetivo ou um advérbio. Os nomes que exigem complemento nominal são chamados transitivos.

Um detalhe importantíssimo em relação aos complementos nominais é o seguinte: eles sempre vêm regidos de preposição. As mais comuns são: a, com, contra, de, em, para e por.

Vejamos alguns exemplos de complemento nominal. Os termos em negrito são os complementos nominais; os sublinhados são os nomes que os evocam:

  • Eu tenho muito orgulho de você.
  • Numa hora dessas, é preciso ter em Deus.
  • Fernanda queria ter aptidão para o desenho.
  • O professor agiu favoravelmente aos alunos.
  • Minha capacidade de reação estava comprometida.
  • Adoro gente que é rápida em responder.
  • Danilo é louco por videogame.
  • Eu sou um amante da verdade.
  • Minha leitura de livros está em dia.
  • O protesto contra as injustiças sociais é fundamental.
  • Sua entrada na sala de aula foi marcante.
  • A entrega das cestas básicas salvou muitas famílias.

Alexandre Garcia Peres

Alexandre Garcia Peres, formado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), gosta de arte, literatura, língua portuguesa, poesia e do seu gato.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content