História ou estória? Significado e Exemplos

Palavras com sonoridade e grafia semelhantes sempre causam dúvida sobre qual seria a forma correta a ser adotada, principalmente na escrita, no intuito de evitar erros gramaticais e ortográficos.

Essa preocupação é comum com as palavras história e estória, que são encontradas com facilidade atualmente, mas são extremamente controversas. A razão disso é que há dicionários que aceitam ambos os termos, enquanto existem outros que pregam o uso de somente um.

O VOLP (Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa), da Academia Brasileira de Letras, aceita o uso das duas palavras normalmente. Já o tradicional dicionário Houaiss prega a utilização de história, somente.

Afinal, o que é história e estória, quais as diferenças entra cada uma dessas palavras e como utilizar esses termos? A seguir, esclarecemos essas informações, além de apresentar um teste para fixar seu conhecimento. Confira e aprenda, só aqui no Gestão Educacional!

História ou estória

Significado de História

Trata-se de um termo utilizado para designar qualquer tipo história, seja a factual (como a história do Brasil, o nazismo ou as guerras mundiais) ou ficcional (literária, por exemplo).

Curiosamente, antigamente a palavra era empregada somente para casos factuais. Com o desuso de estória, o termo história assumiu outros significados, tornando-se mais amplo. Veja, a seguir, aplicações em frases:

  • A escravidão existiu durante um longo período da história do Brasil;
  • A Segunda Guerra Mundial é um dos fatos mais marcantes da história da Europa;
  • A história do livro de Machado de Assis é fascinante;
  • A história infantil de Monteiro Lobato conquistou o país;
  • Será lançado um livro com histórias inéditas sobre Madonna.

Significado de Estória

Estória é um termo antigo e em desuso, que se refere a narrativas populares ficcionais, ou seja, que não são verdadeiras. Também está diretamente ligado ao mundo literário, tanto que aparece no título de uma das obras de Guimarães Rosa, o livro Primeiras Estórias, que reúne 21 contos.

Por isso, é comum encontrar o termo estória em frases que remetem a essas narrativas populares e obras literárias, mas não em enunciados que fazem menção à história factual. Isto fica claro nos exemplos a seguir:

  • A mãe leu uma estória para sua filha;
  • Os contos de Guimarães Rosa remetem à estória popular do sertão nordestino;
  • Meus amigos só contam estórias de pescador;
  • A Disney contará novas estórias de Mickey Mouse;
  • A estória do filme é linda.

Controversa entre história e estória

Esse é um assunto que sempre rende entre especialistas. Quem defende somente o uso do termo história repete que ele abrange tanto o significado de narração de fatos reais como ficcionais.

Sendo assim, estória seria uma palavra desnecessária. Justamente por isso está em desuso e história é a mais aceita e considerada ideal. Daí a recomendação de utilizá-la preferencialmente.

Teste

  1. Complete as orações com história e estória, considerando o conteúdo dos enunciados:
  2. a) Estudou a _____ do Brasil para a prova.
  3. b) João não consegue compreender a _______ dos Estados Unidos.
  4. c) Quer ler todas as _______ de terror.
  5. d) Pretende fazer um curso de contador de ______.
  6. e) Maria gabaritou a prova de _______.

Respostas

  1. a) História (remete a fatos reais).
  2. b) História (remete a fatos reais).
  3. c) Estória (remete a fatos ficcionais). Lembrando que história também é aceita.
  4. d) Estória (remete a fatos ficcionais). Lembrando que história também é aceita.
  5. e) História (remete a fatos reais).

Rafaela Mustefaga

Graduada em Letras Português/Inglês, pela PUCPR, é revisora e editora de textos informativos, apaixonada por línguas e literatura e professora nas horas vagas.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content