Sede ou cede? Significado e Exemplos

Sede e cede possuem a mesma pronúncia e escrita semelhante, o que acaba gerando confusão no momento de utilizá-las. Por incrível que pareça, sede e cede existem na língua portuguesa e estão corretamente grafadas. A diferença é que cada palavra tem um significado diferente.

Se sua intenção foi registrar que está com vontade de beber água, então, a palavra a ser utilizada é “sede”, escrita com “s”. Trata-se de um substantivo que é pronunciado com a primeira sílaba fechada/tônica (com ê).

Agora, caso queira se referir à principal unidade de uma empresa, a escrita correta é “sede”, com “s”. Nesse caso, a palavra também é um substantivo, só que sua pronúncia é com a primeira sílaba aberta (com é).

[LEIA TAMBÉM: SÍLABA TÔNICA – O QUE É?]

Quer pedir para alguém sedar (anestesiar) outra pessoa ou animal? A palavra também é “sede”, que corresponde ao verbo sedar conjugado na primeira e terceira pessoa do singular do presente do subjuntivo.

Sua única vontade é dizer que uma pessoa desiste de algo a favor de alguém? Então, a grafia correta da palavra é “cede”, com “c”, porque vem do verbo ceder. Nesse caso, trata-se da conjugação da terceira pessoa do singular.

Confira e entenda ainda mais sobre o assunto e veja dicas de uso desses termos, só aqui no Gestão Educacional!

Sede ou cede

Significado de “sede”

Pode designar a vontade de beber água, sendo um substantivo feminino. Em alguns casos, também significa ânsia, ambição, desejo e ganância, como nos exemplos a seguir:

  • Tenho muita sede no verão;
  • Estou com sede, quero água;
  • Ele tem sede de vingança.

Além disso, a palavra pode designar a unidade principal de uma empresa ou o centro de ação de um evento ou uma entidade pública ou privada. Tais características são notadas nesses exemplos:

  • A sede da empresa abriga mais de 20 setores;
  • O Japão será sede dos próximos Jogos Olímpicos;
  • A sede do governo federal foi atacada por protestantes.

A palavra sede também pode significar anestesiar, vindo do verbo sedar. Nesse caso, há a conjugação na primeira e na terceira pessoa do singular do presente do subjuntivo, bem como na terceira pessoa do imperativo:

  • Que eu sede o gato para acalmá-lo;
  • Que ele sede o cachorro antes da operação;
  • Sede o gato!

Significado de “cede”

Cede corresponde ao verbo ceder, conjugado na terceira pessoa do singular do presente do indicativo ou na segunda pessoa do singular do imperativo afirmativo. Ceder significa abrir mão de algo ou se dar por vencido, como notado nos exemplos, a seguir:

  • Ele não cede seu lugar no ônibus para idosos e gestantes;
  • Cede teu lugar ao idoso;
  • Aposto que João não aguenta a pressão e cede;
  • Cede muito por seu trabalho.

Testes

Escolha entre sede ou cede para completar corretamente as lacunas das sentenças:

  1. Tenho _____. Será que nesta _____ há algum bebedouro? Se não houver, quem _____ água aos visitantes?

Resposta: sede / sede / cede

  1. Espero que o veterinário ________ meu cachorro corretamente. Não quero que sofra.

Resposta: sede

  1. O rapaz finge que está dormindo. Não ______ seu lugar ao idoso de jeito algum.

Resposta: cede

  1. Preciso ir à _____ do laboratório para fazer um exame que só é realizado lá.

Resposta: sede

  1. Por mais que esteja errado, é orgulhoso e não _____ nunca.

Resposta: cede

  1. Sempre que tem _______ recorre à garrafa de suco que carrega consigo.

Resposta: sede.

  1. A ______ da multinacional não é no Brasil, ela fica em Londres.

Resposta: sede.


Rafaela Mustefaga

Rafaela Mustefaga

Graduada em Letras Português/Inglês, pela PUCPR, é revisora e editora de textos informativos, apaixonada por línguas e literatura e professora nas horas vagas.

Conheça Mais Sobre o Autor

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply