Sócrates – Quem foi? Biografia, Importância e Principais Obras

Sócrates, autor da famosa frase “só sei que nada sei”, foi um filósofo ateniense, considerado um dos mais inteligentes do período na Grécia Antiga. Acredita-se que seu nascimento tenha acontecido no ano de 470 a.C.

A principal influência desse pensador foi Anaxágoras. E os principais dissipadores de suas ideias foram Platão e Xenofontes. Sua teoria faz parte do que hoje é conhecido por filosofia ocidental e seus estudos e pensamentos rondam sobre a essência da natureza da alma humana.

Conheça mais a respeito de Sócrates, sua biografia e principais obras, aqui no Gestão Educacional!

Quem foi Sócrates?

Durante sua vida e seus estudos, Sócrates foi considerado até mesmo um inimigo da sociedade grega. Isso aconteceu Socrates bustoporque alguns de seus pensamentos eram contrários ao que a atual sociedade acreditava e praticava.

Muitos jovens de Atenas foram atraídos por seus ensinamentos, sendo o estudioso responsável pela transição do pensamento dos antigos cosmologistas gregos. A princípio, na Grécia, refletia-se a respeito da origem do universo, fase conhecida como “pré-socrática” ou apenas a primeira fase da filosofia grega. No entanto, a abordagem de Sócrates trazia questões que envolviam a ética e a existência humana.

Essa época ficou conhecida como segunda fase da filosofia grega, ou também socrática e antropológica. Durante esse período, a preocupação passa a ser sobre o indivíduo e a forma como ele se organiza em sociedade.

Por manter uma linha de estudos focada na existência da alma e do ser humano, Sócrates criou o lema “Conhece-te a ti mesmo”. Basicamente, tratou de questões relacionadas ao “eu”, tornando-se um dos principais filósofos desse tempo.

Sua data de nascimento é imprecisa, mas acredita-se que ocorreu por volta de 470 a.C. Já em 399 a.C, foi acusado de heresia, além de corromper os jovens atenienses. Imagina-se que isso aconteceu devido às ideias e aos pensamentos que o filósofo levantou. Afinal, suas palavras para a época eram fortes e batiam de frente com muita coisa que se acreditava.

Diante dessas acusações, foi condenado a cometer suicídio, aceitando seu destino de bom grado. A justificativa foi que, embora injusta, a sentença foi proclamada por um tribunal legítimo. Portanto, não haveria motivos para recorrer.

Sócrates se suicidou em 399 a.C, bebendo uma mistura que tinha como ingrediente uma erva venenosa chamada cicuta.

Biografia de Sócrates

Não há nenhuma obra escrita assinada por Sócrates. O que se sabe hoje foi relatado por Platão e Xenofonte. Estátua de SocratesNo entanto, é importante destacar que ambos são mais novos que Sócrates, cerca de 40 anos. Logo, não acompanharam todo o desenvolvimento de seus estudos, testemunhando apenas os últimos anos do filósofo.

Sócrates construiu a base da filosofia ocidental, juntamente com Platão e Aristóteles. De acordo com Cícero, um filósofo romano, Sócrates “fez com que a filosofia descesse dos céus para a terra”. Criou apontamentos e levantou questões interessantes a respeito da existência humana.

Ele acreditava nas verdades universais. Isso significa que há assuntos que são válidos para toda a humanidade, independe do espaço que se vive e do tempo. Ao ler as frases do filósofo, nota-se que muitas são aplicadas também aos dias de hoje.

É importante salientar que Sócrates não queria ensinar, e sim ajudar as pessoas a encontrarem a própria verdade. Seus ensinamentos podem ser divididos em duas fases:

1ª Fase – Ironia ou refutação

Sócrates faz com que as pessoas que o ouvem pensem e reflitam sobre questões importantes da sociedade. Ele usa a ironia para estimular o pensamento de seus ouvintes. Dessa forma, faz com que esses reconheçam sua própria ignorância.

2ª Fase – Maiêutica

Traduzindo do grego, esse termo significa “trazer à luz” ou “ato de dar à luz”. Nesse momento, o filósofo faz com que as pessoas percebam que a verdade está entre os homens, ajudando a eliminar os obstáculos (falsas ideias, preconceitos e outros) e a encontrar a verdadeira luz, ou seja, a verdade.

Frases e pensamentos do filósofo Sócrates

Como dito, Sócrates não deixou nenhuma obra escrita, no entanto, há várias frases e pensamentos que sobreviveram até hoje. A mais conhecida é: “Só sei que nada sei”.

Além dessa, há outras clássicas frases que até hoje podem ser aplicadas na sociedade, como:

 Todo o meu saber consiste em saber que nada sei;

  • Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância;
  • É melhor fazer pouco e bem, do que muito e mal;
  • A verdade não está com os homens, mas entre os homens;
  • A palavra é o fio de ouro do pensamento;
  • Quatro características deve ter um juiz: ouvir cortesmente, responder sabiamente, ponderar prudentemente e decidir imparcialmente.

Rafaela Cortes

Rafaela Cortes

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply