Animais invertebrados – Quais são? Nomes, Exemplos e Características

Os animais invertebrados fazem parte da classificação biológica que correspondem a todos os bichos que não possuem coluna dorsal, nem crânio, o que faz com que tenham corpos moles. Alguns, no entanto, são revestidos por um exoesqueleto de calcário, que o deixa um pouquinho mais firmes, como os besouros.

No total, os invertebrados somam 97% das espécies de animais de todo o mundo, compondo algo em torno de 1,5 milhões de gêneros. Entre eles, o grupo mais diverso é a classe dos insetos, que abrange mais de 950 mil espécies no planeta.

Exemplos de animais invertebrados

Lembre-se que, na biologia, os animais são classificados em invertebrados e vertebrados e, também, em filos ou reinos. Sendo assim, são exemplos de invertebrados:

  • Insetos: cigarras, borboletas, besouros, formigas, abelhas, vespas;
  • Crustáceos: caranguejos, siris, camarões, lagostas;
  • Miriápodes: lacraias, centopeias;
  • Aracnídeos: aranhas, ácaros, carrapatos;
  • Moluscos: polvos, lesmas, caramujos, mexilhões;
  • Equinodermos: estrelas-do-mar, ouriços;
  • Anelídeos: vermes, minhocas, sanguessugas;
  • Cnidários: águas-vivas, corais, anêmonas;
  • Platelmintos: vermes, como a tênia, e esquistossomos;
  • Poríferos: esponjas do mar;
  • Nematelmintos: vermes cilíndricos, como lombriga.

animais invertebrados exemplo

Características dos invertebrados

Cada gênero animal possui algumas características, que servem para quase todas as espécies abrangentes daquela determinada classe. No caso dos invertebrados, as principais características são:

  • Aeróbicos: animais invertebrados respiram oxigênio da atmosfera ou água, possuindo, mesmo que de forma primitiva, algum tipo de sistema respiratório;
  • Pluricelulares: são formados por várias células, com funções distintas;
  • Simetria bilateral: as duas partes do corpo são simétricas (aranhas, por
    exemplo, têm quatro patas em cada lado do corpo, besouros possuem duas antenas e assim por diante). Há somente uma exceção, entre os equinodermos, que podem apresentar simetria radial;
  • Sexuados: a forma com que se reproduzem é a partir de contato entre um órgão sexual e outro, mesmo que seja pela liberação de óvulos;
  • Heterótrofos: alimentam-se de outros seres vivos, sejam plantas ou animais, e não são capazes de produzir o próprio alimento;
  • Locomovem-se: são capazes de locomoverem-se com seus próprios membros, com exceção das esponjas;

Onde vivem

Os invertebrados podem ocupar diferentes habitantes. Alguns são terrestres (formigas, caracóis, minhocas, etc.), outros marítimos de água salgada (anêmonas, camarões, lagostas, etc.) ou de água doce (siri, caranguejo, etc.) e, ainda, os aéreos (moscas, borboletas, besouros). Além desses, também, há os parasitas – aqueles que só sobrevivem dentro de hospedeiros, como é o caso da pulga, do pilho, da lombriga, entre outros.

Nomes de animais invertebrados em extinção

O Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, no começo de 2018, um mapa com 130 espécies de invertebrados ameaçados de desaparecerem do mundo. Na lista, incluem-se 96 insetos e 34 gêneros terrestres.

Algumas espécies conhecidas por ameaça de extinção são:

  • Abelhas;
  • Espécies de formigas;
  • Espécies de aranha;
  • Libélulas;
  • Tipos de besouros.

Alguns dos animais listados são consideradas, pelo IBGE, em fase de extinção crítica, pois podem interferir no equilíbrio do ecossistema de algumas regiões – é o caso das abelhas, que são fundamentais na polinização das flores.


Rafaela Cortes

Rafaela Cortes

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 2,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply