Tipos Sanguíneos – Classificação, os mais comuns e mais raros e como descobrir o seu

O sangue é um tecido presente nos animais e que é essencial para o nosso funcionamento. Como ele é constantemente renovado, isso é, suas células são trocadas periodicamente, ele é chamado de tecido vivo. Sua função é transportar os nutrientes essenciais para todas as partes do corpo. Além disso, ele possui os glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo contra agentes patogênicos.

No entanto, nem todo sangue é igual. Os animais possuem diferentes tipos sanguíneos. Confira abaixo mais informações.

Tipos Sanguíneos

Através de experimentos científicos, o médico Karl Landsteiner foi o primeiro a notar que há diferentes tipos de sangue. Isso porque quando ele misturou um sangue com outro ele notou a produção de aglomerados de hemácias, que formaram um coágulo. Mais tarde, descobriu-se que alguns tipos de sangue eram incompatíveis entre si e, por isso, muitas pessoas morriam depois de receberem transfusão de sangue.

Os tipos sanguíneos são classificados de acordo com o Sistema ABO e pelo Fator Rh que representam a presença ou não de proteínas nos sangue.

Tipo Sanguíneo - Como saber?

Classificação dos Tipos Sanguíneos

O sistema ABO classifica os sangues de acordo com a presença de duas proteínas: o aglutinogênio A e aglutinogênio B. Assim, os sangues são chamados de A, B, AB e O. Por isso, o é chamado de sistema ABO.

Já o fator Rh determina se o sangue é positivo ou negativo. Isso quer dizer que ele determina se há presença (+) ou ausência (-) de aglutinina nas hemácias. Dessa forma, o sangue Rh – não possui aglutinina, enquanto o Rh + possui. Assim, os tipos sanguíneos são: A+, B+, O+, AB+, A-, B-, O- e AB-.

Tipos Sanguíneos - Doadores e Receptores

O Doador Universal

O doador universal é aquele que possui o sangue do tipo O-, que pode ser doado para qualquer pessoa sem o risco de coagulação. Isso porque ele não possui nem aglutinogênio nem aglutinina. Por isso, esse tipo sanguíneo é o mais importante nos bancos de doação de sangue.

Receptor Universal

receptor universal é o indivíduo que pode receber qualquer tipo sanguíneo sem que haja risco de reações imunológicas. Esse é o grupo sanguíneo AB+.

Incompatibilidade

A incompatibilidade dos sangues leva a reações imunológicas no organismo. Os aglutinogênios, presentes nas hemácias, são encarados como agentes externos ao corpo, levando a reações produzidas pela aglutinina, um anticorpo presente no plasma. Quando isso acontece, o sangue coagula.

No processo de transfusão sanguínea, se sangues incompatíveis se mistura, a pessoa pode ter problemas de circulação, febre, pressão baixa e batimento cardíaco acelerado. Além disso, os rins são afetados pela pressão baixa e a hemoglobina sai pela urina. Esses sintomas podem levar a morte.

Tipos sanguíneos mais comuns no Brasil

A maior parte da população brasileira possui sangue A e O, correspondendo a quase 90% da população. 10% dos cidadãos são do tipo B e apenas 3% são AB. Com relação ao fator Rh, quase 8515 dos brasileiros são Rh positivo.

Doação de sangue

Através da doação de sangue muitas vidas podem ser salvas.  Com apenas uma bolsa de 450ml até 4 pessoas podem ser salvas.

Em acidentes, é comum que haja muita perda de sangue e, por isso, há a necessidade de transfusão. Além de pessoas que sofreram hemorragias, pacientes com anemia grave, hemofilia, que passaram por transplante de órgãos, ou tiveram queimaduras de terceiro grau também podem precisar de transfusão.

No entanto, é necessário cumprir alguns requisitos para ser doador:

 

  • Ter entre 16 e 60 anos;
  • Adultos acima de 60 anos só podem doar se já o tiverem feito anteriormente;
  • Estar saudável;
  • Não ter usado drogas injetáveis;
  • Pesar mais de 50kg;
  • Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas antes da doação;
  • Não ter feito tatuagem nos últimos 12 meses.

 

Rafaela Cortes

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content