Deuses Egípcios: história, características e mais

O Antigo Egito é conhecido pela sua cultura rica e diferenciada dos países localizados na América Central, do Norte e mesmo Europa.

Leia mais, aqui, sobre os principais deuses da mitologia egípcia, quais eram suas principais características, o que representavam naquela época e muito mais!

Como era a religião no Antigo Egito?

Deuses Egípcios: história, características e mais

A religião era politeísta, ou seja, os egípcios cultuavam vários deuses. A cultura não ficava apenas na região do Antigo Egito: há relatos de que esses deuses eram cultuados até na Europa. Os egípcios também viviam em um regime teocrático, no qual os comandantes governavam em nome dos deuses.

Diferente de outras culturas, os deuses egípcios nascem, envelhecem e morrem, além de terem sentimentos, nomes e um organismo que deve ser nutrido constantemente. O corpo dessas divindades era feito de materiais preciosos, tendo poder de mutação de forma, com lágrimas que davam origem a outros seres ou minerais.

Ademais, praticavam a mumificação dos corpos, pois acreditavam na imortalidade. Quando se morria, ou se ia para o Reino de Osíris ou de Rá-Atum, tudo dependia do julgamento da alma: se a alma voltasse ao corpo, iria para o Reino de Osíris, caso contrário, ficaria no reino de Rá-Atum.

Há variações desses deuses com forma completa de humano, de animais ou misturados com ambas as espécies. Leia mais sobre cada um deles, abaixo.

Principais deuses egípcios e significados

Rá-Atum

Deuses Egípcios: história, características e mais

O primeiro deus que surgir, Rá-Atum (ou também chamado de Amon-Rá), foi o criador do mundo. Ele é representado pelo sol e por outras formas, porém uma das mais comuns é a sua cabeça como uma ave de rapina.

Além disso, os egípcios acreditavam que todos os faraós eram uma reencarnação de Rá.

Osíris

Deuses Egípcios: história, características e mais

Filho de Geb e Nut, Osíris era descendente de Rá-Atum, além de ter sido o primeiro faraó do Egito. Esse deus foi morto por irmão, Set, passando a deus supremo e juiz do mundo dos mortos.

Ísis

Deuses Egípcios: história, características e mais

Irmã e esposa de Osíris, tinha como característica a proteção e piedade, além de poderes mágicos. Ela teve um filho com Osíris chamado Hórus.

A mitologia egípcia conta que o Rio Nilo nasceu das lágrimas derrubadas de Ísis pela morte de Osíris.

Set

Deuses Egípcios: história, características e mais

Conhecido como deus do caos, era o responsável pela escuridão e pelas guerras. Ele tinha a forma de porco-formigueiro, sendo o autor do assassinato de Osíris, porém acabou perdendo o trono posteriormente para seu sobrinho, Hórus.

Nephthys

Deuses Egípcios: história, características e mais

Era irmã-esposa de Set e Osíris, sendo que, depois que o segundo morreu, juntou-se a Ísis em luto, separando-se de Set. Diante disso, sua imagem costuma estar associada ao culto aos mortos, geralmente acompanhada de um sarcófago.

Hórus

Deuses Egípcios: história, características e mais

Conhecido como filho de Osíris e Ísis, era representado por uma cabeça de falcão, sendo o protetor dos faraós e tendo lutado contra Set pelo trono principal depois da morte de seu pai, Osíris, que o ajudou – mesmo morto – na luta.

Hathor

Deuses Egípcios: história, características e mais

Guardiã das mulheres e dos amantes, ela era mulher de Hórus, representada com a cabeça de vaca ou apenas com as orelhas do animal – pela sua personalidade gentil.

Anúbis

Deuses Egípcios: história, características e mais

Um dos deuses mais conhecidos do Antigo Egito, Anúbis tinha a cabeça de chacal e era filho de Osíris e Nephthys. Foi ele quem embalsamou e mumificou o corpo de seu pai, garantindo, assim, papel importante na passagem dos vivos para o mundo dos mortos.

Thoth

Deuses Egípcios: história, características e mais

Há quem diga que ele era filho de Rá, porém há escritos que dizem ser filho de Set. É representado com a cabeça de uma ave chamada íbis, sendo o deus da Lua e sabedoria e patrono dos escribas e da cura.

Conforme é narrado, foi ele o responsável pelo surgimento dos hieróglifos no Egito.

Bastet

Deuses Egípcios: história, características e mais

Conhecida como a deusa da fertilidade, protetora das mulheres, da sexualidade e do parto, Bastet tinha cabeça de gato – símbolo de sorte para os egípcios – e era filha de Rá.

Sekhmeth

Deuses Egípcios: história, características e mais

Conhecida pela sua cabeça de leoa, também era filha de Rá e tinha o aspecto solar maligno em sua personalidade. Segundo é narrado, ela era enviada para punir os seres humanos que cultuavam outros deuses, só que na forma de serpente.

Wadjet

Deuses Egípcios: história, características e mais

Representada como uma cobra naja ou uma mulher com duas cabeças de cobra, ela era a protetora do faraó vivo – sempre pronta para atacar qualquer inimigo.

Maat

Deuses Egípcios: história, características e mais

A deusa da verdade, moral, justiça, ordem e harmonia dava equilíbrio ao universo. Era a responsável pela pesagem do coração, por isso é representada com uma pena de avestruz em sua cabeça: quando o coração era mais leve que a pena, a pessoa era considerada uma alma pura, do contrário, era condenada ao reino dos mortos.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply