Diafragma – O que é? Função, Anatomia, Localização, Doenças e Exercícios

O corpo humano é uma estrutura incrível, formada por um conjunto de órgãos que funcionam em harmonia. Essas estruturas são agrupadas em sistemas que realizam as funções vitais para nós, como é o caso do sistema respiratório.

Além dos órgãos mais importantes desse sistema, os pulmões, um músculo chamado diafragma é essencial para esse processo. Confira, abaixo, maiores informações.

O que é o diafragma?

É um músculo do tipo estriado esquelético que divide o abdômen da cavidade torácica. Essas cavidades se comunicam por aberturas que esse órgão possui.

Anatomia e localização

Esse músculo possui o formato de cúpula e fica localizado abaixo dos pulmões e do coração. Ele fica próximo das vértebras lombares, das costelas inferiores e do esterno.

Sua anatomia permite que seja dividido em três partes: esternal, costal e lombar. Na sua face inferior, ele é recoberto pelo peritônio, e na face superior fica adjacente à pleura (membrana que recobre os pulmões). Já na parte posterior, o fica ligado à coluna.

O diafragma possui aberturas que permitem a comunicação entre as cavidades que ele separa. Essas são chamadas de hiatos diafragmáticos e permitem a passagem de algumas estruturas, como o esôfago, a aorta, os vasos e os nervos.

Função do diafragma

O diafragma é o principal músculo responsável pela respiração. Ele contrai para expirar o ar, e relaxa para inspirar, criando um vácuo que permite a entrada de ar nos pulmões. Já na expiração, o ar é empurrado para fora do organismo.

Além disso, ele possui algumas funções que não são relacionadas com a respiração. Ele aumenta a pressão abdominal para ajudar o organismo durante o vômito, por exemplo, e também para urinar e defecar. Outra função que ele realiza é criar pressão no esôfago para prevenir o refluxo ácido.

O nervo que controla seu movimento é chamado de nervo frênico. Ele se liga do pescoço até o diafragma.

Doenças que atingem o diafragma

Hérnia hiatal

Essa doença é caracterizada por protuberâncias localizadas na parte de cima do estômago por meio da abertura do esôfago, localizada no diafragma. Apesar de não haver um consenso sobre o que causa esse problema, os médicos acreditam que está relacionada com a idade, com defeitos de nascença, ou ainda pressão crônica nos músculos ao redor da região (provocada pela tose ou por esforço).

Essa doença é mais comum em pessoas acima de 50 anos de idade ou que são obesas.

Hérnia diafragmática

Essa doença ocorre quando ao menos um órgão abdominal incha dentro de alguma abertura do diafragma. Esse problema pode ser de nascença, chamado hérnia diafragmática congênita (HDC). Quando ocorre em função de acidente ou cirurgia é chamado de hérnia diafragmática adquirida (HDA).

Cãibras e espasmos

Sentir cãibras e espasmos no diafragma pode ser confundido com um ataque cardíaco, porque causa dor no peito e a respiração fica encurtada. Algumas pessoas até mesmo já experimentaram sudorese e ansiedade durante esses espasmos.

Esses sintomas podem ser causados por exercícios físicos intensos. Felizmente, a sensação passa dentro de poucas horas ou após alguns dias.

Agitação do diafragma

Essa condição é rara e frequentemente confundida com os espasmos. No entanto, durante os sintomas, o paciente sente uma sensação de pulsação da parede abdominal. Além disso, pode incluir respiração curta, aperto no peito, dor no peito e no abdômen.

Lesão do nervo frênico

Essas lesões leva ao mau funcionamento e até à paralisia do diafragma. Podem ser provocadas por: traumas, cirurgias, câncer nos pulmões ou nos nódulos próximos, condições na medula espinhal, doenças autoimunes, doenças neurológicas e vírus.

Referências utilizadas neste conteúdo:

http://rca.fmrp.usp.br/wp-content/uploads/sites/

Bruna Manuele Campos

Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela USP (2016 e 2018), tem 25 anos e é apaixonada pela natureza e por explorar o mundo. Quando não está se aventurando por aí, gosta de aquietar as pernas com livros e séries.

Conheça Mais Sobre o Autor

Teste seus conhecimentos sobre Diafragma – O que é? Função, Anatomia, Localização, Doenças e Exercícios

1) (Adaptado PUC-RJ) A respiração é a troca de gases do organismo com o ambiente. Nela o ar entra e sai dos pulmões graças à contração do diafragma. Considere as seguintes etapas do processo respiratório no homem:

I. Durante a inspiração, o diafragma se contrai e desce aumentando o volume da caixa torácica.
II. Quando a pressão interna na caixa torácica diminui e se torna menor que a pressão do ar atmosférico, o ar penetra nos pulmões.
III. Durante a expiração, o volume torácico aumenta, e a pressão interna se torna menor que a pressão do ar atmosférico.
IV. Quando o diafragma relaxa, ele reduz o volume torácico e empurra o ar usado para fora dos pulmões.

Assinale as opções corretas:

  • a) I e II.
  • b) II, III e IV.
  • c) I, II e III.
  • d) I, II e IV.

Deixe seu Comentário

WebGo Content