Estudo dos Gases – O que é? Características, Fórmula e Exercícios

Os gases estão presentes no nosso cotidiano tão frequentemente que os respiramos todos os dias. O oxigênio é o gás fundamental para a manutenção da vida. Daí vemos a importância do estudo dos gases, que compreende a análise destas substâncias que estão no estado termodinâmico mais simples.

No entanto, é importante ressaltar a diferença entre gases e vapor. Substâncias que, em temperatura e pressão ambiente, se encontram no estado gasoso são gases, já outras substâncias que nestas condições são sólidas ou líquidas e mudam para o estado gasoso são chamadas de vapor.

[VEJA TAMBÉM: LEI DOS GASES – O QUE É?]

O que é o estudo dos gases?

Gases são compostos moleculares que representam um estado físico da matéria no qual o volume, a densidade e a forma não são definidos.

Características

Estudo dos gases

Os gases apresentam as seguintes características:

  • Alto grau de desordem: as partículas ficam distantes umas das outras;
  • Altamente compressíveis;
  • Expansíveis;
  • Ocupam o volume total do recipiente no qual se encontram;
  • Formam misturas homogêneas com outros gases.

Dessa forma, as propriedades utilizadas para estudar o comportamento dos gases são:

Pressão: é a medida da força que um gás exerce sobre um recipiente em determinada área;

Volume: medida do espaço que o gás ocupa em determinado recipiente;

Temperatura: é a medida do grau de agitação das moléculas de um gás (energia cinética).

Composição

Um gás é formado por átomos que apresentam pouca interação entre eles.

Gás ideal: um gás é chamado de ideal e é utilizado para que possamos o estudar quando está sob as determinadas condições hipotéticas:

  • Ser formado por inúmeras partículas em desordem;
  • O volume de cada molécula for desprezível;
  • As colisões entre as moléculas são muito rápidas;
  • As forças entre as moléculas são desprezíveis.

Equação geral dos gases ideais

Assim, surge a Lei dos Gases Ideais, que descreve seu comportamento:

Estudo dos gasesSendo:

P: pressão do gás (N/m2);
V: volume (m3);
n: número de moles (mol);
R: constante universal dos gases (J/K.mol);
T: temperatura (K).

Constante universal dos gases (R): esta constante foi determinada pela Lei de Avogrado, que determina que, sob as condições ideias (temperatura 273,15 K e pressão 1 atm), 1 mol de determinado gás preenche um volume de 22,415 L.

Assim, temos que R = 8,314 J/K.mol ou 1,986 cal/k.mol. Este valor é utilizado em todas as equações gerais dos gases ideais.

Para as propriedades pressão (P), volume (V) e temperatura (T), os gases ideias comportam-se de acordo com as fórmulas:

Estudo dos gases

Sendo K uma constante.

Exemplos

A seguir, estão alguns dos gases que podem ser encontrados à temperatura ambiente:

  • H2S: Sulfeto de hidrogênio;
  • CH4: Metano;
  • SO2: Dióxido de enxofre.

Agora que você já sabe um pouco mais a respeito do estudo dos gases, que tal testar os seus conhecimentos nos exercícios que preparamos para você? Basta rolar até o final da página e se divertir! Ah, e não deixe de compartilhar com os seus amigos, desafiando eles também.

Bruna Manuele Campos

Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela USP (2016 e 2018), tem 25 anos e é apaixonada pela natureza e por explorar o mundo. Quando não está se aventurando por aí, gosta de aquietar as pernas com livros e séries.

Conheça Mais Sobre o Autor

Teste seus conhecimentos sobre Estudo dos Gases – O que é? Características, Fórmula e Exercícios

1) (Adaptado UFPE) Um vendedor de balões de gás na Praia de Boa Viagem, em Recife, utiliza um cilindro de 60L de Hélio a 5atm de pressão, para encher os balões. A temperatura do ar é 30ºC e o cilindro está em um local bem ventilado na sombra. No momento em que o vendedor não conseguir mais encher nenhum balão, qual o volume e a pressão do gás Hélio restante no cilindro?

  • a) V = 0 L; P = 0 atm.
  • b) V = 22,4 L; P = 1 atm.
  • c) V = 60 L; P = 1 atm.
  • d) V = 10 L; P = 5 atm.

2) (Adaptado F.M. Itajubá - MG) O comportamento de um gás real aproxima-se do de um gás ideal quando:

  • a) submetido a baixas temperaturas.
  • b) submetido a baixas temperaturas e baixas pressões.
  • c) submetido a altas temperaturas e altas pressões.
  • d) submetido a altas temperaturas e baixas pressões.

Deixe seu Comentário

WebGo Content