Nada haver ou nada ver – Qual é o certo? Dúvidas com exemplos

Na frase, “isso não tem nada a ver com você”, o certo é utilizar “a ver”, pois quer dizer que aquilo não tem relação ao outro. Já a palavra “haver” só é usada quando a frase refere-se ao sentido de existência, por exemplo, “há muitas dúvidas entre os alunos”.

A confusão entre “a ver” e “haver” é normal, afinal, essas palavras são parônimas, ou seja, têm a pronúncia semelhante (mesma sonoridade), mas escrita diferente. Como ambas são utilizadas com recorrência no vocabulário, fica difícil saber sobre qual está se referindo.

Para tirar a dúvida, é preciso sempre prestar atenção na origem da palavra e se ela condiz com o significado que se quer expressar na frase. Confira nos exemplos, abaixo, em que situação usar “a ver” ou “haver”.

Quando usar “a ver” – Exemplos

Deve-se empregar “a ver” nas situações em que se tenta fazer uma comparação ou a algo que diz respeito a outra coisa. Alguns exemplos são:

Bruno faz aulas de saxofone? Nossa! Isso não tem nada a ver com ele!

Nesse caso, deve-se usar “a ver” porque a frase tenta estabelecer uma comparação entre Bruno e saxofone.

Essa blusa rosa tem tudo a ver com você

Aqui, mais uma vez, é feita uma comparação entre a pessoa e a blusa rosa, certamente porque o interlocutor acredita que a cor combine com as características da pessoa com quem conversa.

Eu não tenho nada a ver com isso

Aqui, mantém-se o uso do “a ver” porque a pessoa está mantendo uma comparação entre ela e a situação. Dizer que “não tem nada a ver” com alguma coisa, portanto, é o mesmo de se isentar de participação e/ou culpa.

Quando usar “haver” – Exemplos

A palavra “haver” deve ser utilizada para expressar existência de algo. Embora pouco comum, também usa-se para designar dinheiro e/ou valores monetários.  Na maior parte das vezes, o verbo é usado flexionado. Veja alguns exemplos:

Não tenho mais nada em haver com meus clientes

Aqui, o “haver” expressa que a pessoa não tem mais nada para receber dos clientes, pois todos estão em dia com suas obrigações financeiras.

Não há nada que eu possa fazer

Aqui, o “há” quer dizer que não existe nada que possa ser feito.

Houve casos difíceis na minha profissão de jornalista

Mais uma vez, o verbo se refere a algo que existiu, podendo ser substituído pelo verbo “ter”, entre outros sinônimos de existência ou posse.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply