Hinduísmo – O que é? Origem, Deuses, Ritos e Rituais e Textos

Hinduísmo é uma tradição religiosa muito antiga, com origem no subcontinente indiano. É formada por diferentes tradições e composta por diversos tipos de ritos. Ela é considerada a terceira maior religião do mundo, depois do Cristianismo e do Islamismo, com aproximadamente um bilhão de fiéis.

O objetivo do hinduísmo é ajudar o indivíduo a experimentar a divindade que está em todas as partes, encontrando, dessa forma, a verdadeira natureza de seu Ser.

Origem do Hinduísmo

O hinduísmo é um termo um tanto quanto abrangente, sem um sistema unificado de crenças, englobando uma grande pluralidade de fenômenos religiosos e tradições.

Ele evoluiu dentro de um grande território marcado por uma vasta diversidade étnica e cultural, fatores que contribuíram para a inovação interior e assimilação de tradições ou cultos externos ao próprio hinduísmo.

O resultado foi uma variedade enorme de tradições religiosas, que vai de pequenos cultos a até grandes movimentos que marcam essa religião.

Deuses hindus

O panteão do hinduísmo é formado por milhares de Devas, ou deuses, que são representações corporais da divindade suprema, Brâman. São milhares de deuses cultuados pelos hindus, entre os mais conhecidos:

  • Brahma: deus da criação do universo na crença hindu;
  • Krishna: representante das manifestações do Deus Supremo;
  • Shiva: deus da destruição e regeneração;
  • Vishnu: deus da preservação;
  • Ganesha: deus da fortuna e das riquezas, é filho de Shiva.

Principais conceitos

Karma

Karma é o resultado de boas ou más ações que geram consequências na vida ou em um renascimento subsequente. Cada vez que uma pessoa age (ações do corpo, da fala e da mente), há alguma qualidade de intenção em sua mente, e essa intenção determinará os efeitos dela decorrentes.

Samsara

Samsara é o nome dado ao ciclo das existências pelo qual passa todo ser humano, e nas quais prevalece um estado de sofrimento e frustração, resultado da ignorância e dos conflitos emocionais que resultantes.

Purusharthas

A tradição hindu aceita os seguintes objetivos da vida humana, conhecidos como puruṣārthas ou “quatro objetivos da vida”:

  • Darma: agir de acordo com princípios éticos;
  • Artha: busca do desenvolvimento;
  • Kama: a arte de apreciar os prazeres;
  • Moksha: libertação da ignorância e do sofrimento.

Yoga

Yoga é composta de métodos ensinados pelos sábios para se atingir as metas espirituais de vida. Dentre as diversas formas de yoga estão:

  • Bacti-yoga (o caminho do amor e da devoção);
  • Karma-yoga (o caminho da ação correta);
  • Raja-yoga (o caminho da meditação);
  • Jnana-yoga (o caminho da sabedoria);
  • Raja-yoga (o caminho da união real).

Ritos e rituais hindus

O hinduísmo é baseado no acúmulo de conhecimento das leis espirituais ao longo dos séculos. As escrituras foram transmitidas oralmente, na forma de versos, muitos séculos antes de serem escritas. Entre os principais textos, podemos citar:

Vedas

Os Vedas (conhecimento em sânscrito) são considerados os textos mais antigos do hinduísmo, com influências também sobre o Budismo, o Jainismo e o Siquismo.

Além de seu valor espiritual, esses textos oferecem uma visão única da vida cotidiana na Índia antiga, dividindo-se em quatro princípios: Rig Veda, Sama Veda, Yajur Veda e Atharva Veda.

Mahabharata

O Mahabharata é um livro épico da Índia, provavelmente os poemas mais longos escritos em todo o mundo. A obra é atribuída ao sábio Vyasa, escrita, provavelmente, no período entre 540 e 300 a.C. Ela trata de três metas da vida humana: kama, artha e darma.

Bhagavad gita

A Bhagavad Gita, escrita entre 400 a.C. ou 300 a.C., é um texto central do hinduísmo, contendo um diálogo filosófico entre o deus Krishna e o guerreiro Arjuna. É um dos mais populares e acessíveis textos do hinduísmo, importantíssimo para a religião. O Gita discute, entre outras coisas, o altruísmo, o dever, a devoção e a meditação, integrando diferentes partes da filosofia hindu.

Diferenças entre Hinduísmo e Budismo

Hinduísmo e Budismo compartilham muitos conceitos, mas são tradições diferentes. Enquanto o hinduísmo se baseia nos textos sagrados védicos, a crença budista vem dos ensinamentos elaborados por Sidarta Gautama, o primeiro Buda, durante a sua busca pela iluminação.

As duas tradições compartilham dos conceitos de karma e dharma, mas com diferentes objetivos. Enquanto os budistas almejam o nirvana, estado permanente de paz e felicidade eterna, os hindus buscam a moksha (a versão hindu do nirvana), por meio do conhecimento da doutrina religiosa, guiado pelos deuses. Ambas as culturas hindu e budista acreditam existir um ciclo de encarnações anteriores, que só pode ser quebrado pela iluminação.

Umberto Oliveira

Bacharel em História pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content