A importância de investir em educação de qualidade

A condição de educação na maior parte do mundo é um problema a se discutir. No Brasil isso se torna ainda mais crítica, devido aos poucos avanços e índices de leitura, capacidade de compreensão lógica e textual que ainda ficam muito aquém do desejado nas expectativas mundiais.

O investimento em educação de qualidade é importante porque está ligado diretamente com a capacidade que um país tem de investimento na indústria – já que teria mão de obra qualificada para tocar projetos de grande complexidade. Além disso, os estudos ainda mostram que injetar dinheiro na educação é colher mais qualidade de vida no futuro.

Os recursos ao nível global destinados a América Latina e África são baixos. Nestes locais dele se dá somente a partir de 3% ou menos do PIB de cada país. Enquanto isso, as médias dos países considerados desenvolvidos é de 5% ou mais.

Educação de Qualidade na américa latina

Como fazer investimentos na área de educação?

Ainda que se pensa em fazer investimentos na área de educação é preciso pensar quais estratégias adotar para que eles sejam de fato concretizados com clareza de forma que os resultados desejados possam ficar adequados.

Na América Latina, por exemplo, das 111 milhões de crianças e adolescentes em idade de frequentar a escola quase 14 milhões nem mesmo frequentam estes ambientes formais de ensino  – um dado que consta nas pesquisas de evasão escolar de 2014. Existe ainda aqueles que, mesmo comparecendo, terminam o ensino fundamental ( até a 8ª série) sem ter a capacidade de interpretar um texto ou realizar as operações de matemática mais básicas. Isso não somente limita as capacidades que tem no mercado de trabalho, mas na vida como um todo – Como calculará os impostos? Como conseguirá discernir as coisas ou participar do contexto nacional e político do país?

Veja aqui as principais tendências de aprendizagem e ensino 

Aumento no investimento

A América Latina aumentou os investimentos em educação desde 2014. A pesquisa da Unesco mostra que há regiões em que investe-se uma média de 5% do PIB regional em educação, um aumento correspondente a 25% do que os valores médios de investimento do ano de 2000.

A Comissão que objetiva fazer com que todas as crianças possam ter uma educação de qualidade até 2030 seria necessário um plano de investir gradualmente em educação até atingir um total de 1,2 trilhões de dólar por ano até 2030.

A adaptação precisa acontecer de forma branda para primeiro se garantir os direitos básicos e depois se avançar nos métodos e estratégias de aprendizagem considerados hoje como as melhores formas pedagógicas de assimilação e compreensão dos assuntos.

Investir em educação é melhorar a qualidade de vida

Em países desenvolvidos reduzir a metade o subsídios para exploração dos combustíveis fósseis e investir a metade do que é poupado na educação já resultaria numa capacidade de $ 3 bilhões de dólares para o 20% mais pobre da população. Somente isso já ajudaria a fazer com que uma grande parcela da população tivesse acesso aos assuntos de interesse de todos os cidadãos, o que não necessariamente os colocarão numa crise de mão de obra qualificada – mas com mais possibilidades e perspectivas profissionais e de entendimento do mundo.

O que se excluiu de subsídios depois, com certeza, será colhido em forma de novas tecnologias ainda mais evoluídas que nem mesmo necessitem deste


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply