Modelo atômico de Bohr – O que é? Características, Composição e Exercícios

Na antiguidade, o átomo era entendido como partícula material indivisível, um conceito que foi modificado após trabalhos de inúmeros cientistas. Inclusive, muitos deles buscaram entender a configuração do átomo.

Quando se trata de em modelo atômico, pensa-se em como os átomos funcionam, quais relações estabelecem entre si, do que são compostos, e muito mais. A seguir, conheça o modelo atômico de Bohr, só aqui no Gestão Educacional!

Modelo atômico Bhor2

[VEJA TAMBÉM: ESTRUTURA ATÔMICA]

O que é o modelo atômico de Bohr?

A descrição dos modelos atômicos foi realizada por diversos cientistas, sendo que cada um deles contribuiu de forma positiva e sucessiva para o entendimento completo do átomo.

Primeiramente, o estudo foi investigado por Dalton, seguido de Thomson, e, posteriormente, de Rutherford. Este último chegou a conclusões semelhantes às de Bohr, que apenas aperfeiçoou suas ideias, as quais são até hoje utilizadas.

Portanto, o modelo de Bohr mescla ideias utilizadas anteriormente com a física quântica, conseguindo explicar, quase que na complexidade, o comportamento dos átomos.

Para explicar seu modelo, Bohr utilizou o átomo de hidrogênio como exemplo. Mas, sabe-se que seus princípios são válidos também para os demais elementos.

[LEIA TAMBÉM: NÚMEROS ATÔMICOS – COMO SABER?]

Como funciona a teoria de Bohr?

Para entender o que Bohr postulou, é interessante retomar os achados de Rutherford. Este último propôs que:

  • O átomo contém um núcleo positivo pequeno, e, ao seu redor, existe uma órbita com cargas negativas dispersas;
  • Quase toda a massa do átomo está concentrada no núcleo.

Este modelo substituiu as ideias de Thomson, e foi sucedido por Bohr.

Bohr acreditava que os elétrons existentes ao redor do núcleo possuíam energia, o que era determinado pela distância que estes estavam do centro, e em quais das órbitas estavam inseridos.

Para passar de uma órbita para a outra, seria necessário:

  • Perder energia: quando a nova órbita tivesse menor energia;
  • Ganhar energia: quando a nova órbita fosse de maior energia.

Isso também explicaria o porquê de os átomos manterem-se constantemente em uma mesma órbita, pois sempre tendem a permanecer no mesmo nível de energia.

Camadas de energia

Para melhor entender como funcionariam os “níveis de energia”, Bohr estipulou camadas nas quais os átomos estariam inseridos. Elas são K, L, M, N, O, P, Q.

Os elétrons se distribuiriam, portanto, conforme os limites de cada uma destas camadas. A esse conjunto de ideias, dá-se o nome de configuração eletrônica do átomo.

Modelo atômico Bhor

Exercícios Resolvidos

Para melhor entender os postulados de Bohr, resolva os seguintes exercícios:

1) (UFRGS) Uma moda atual entre as crianças é colecionar figurinhas que brilham no escuro. Essas figuras apresentam, em sua constituição, a substância sulfeto de zinco. O fenômeno ocorre porque alguns elétrons que compõem os átomos dessa substância absorvem energia luminosa e saltam para níveis de energia mais externos. No escuro, esses elétrons retornam aos seus níveis originais, liberando energia luminosa e fazendo a figurinha brilhar. Essa característica pode ser explicada considerando-se o modelo atômico proposto por:

  1. a) Dalton.
  2. b) Thomson.
  3. c) Lavoisier.
  4. d) Rutherford.
  5. e) Bohr.

RESOLUÇÃO: como visto no artigo, Bohr propôs que os elétrons precisariam perder ou ganhar energia para passar de um nível energético a o outro, o que pode, inclusive, liberar luz. Alternativa correta é “E”.

2) (LA SALLE-SP) Sobre o modelo atômico de Bohr, é correto afirmar que:

  1. a) Os elétrons giram em torno do núcleo em órbitas aleatórias.
  2. b) Um átomo é uma esfera maciça, homogênea, indivisível e indestrutível.
  3. c) O elétron recebe energia para passar de uma órbita interna para outra mais externa.
  4. d) É impossível determinar, simultaneamente, a posição e a energia de um elétron.
  5. e) O átomo é formado por uma esfera positiva com elétrons incrustados, como em um pudim de passas.

RESOLUÇÃO: Novamente, o modelo atômico de Bohr aparece para explicar os fenômenos quânticos, que dependem do ganhou ou da perda de energia para que os elétrons mudem de órbita. Alternativa correta é “c”.

3) (UFOP-MG) Bohr atribuiu a emissão de espectros de linhas pelos átomos:

  1. a) À quantização centrífuga de elétrons de alta energia.
  2. b) À troca de energia entre elétrons de baixa energia com elétrons de alta energia.
  3. c) À polarização seletiva dos elétrons em orbitais.
  4. d) Ao retorno de elétrons excitados para estados de mais baixa energia.
  5. e) Ao colapso de elétrons de baixa energia no interior do núcleo.

RESOLUÇÃO: A alternativa “D” é a correta, pois propõe o modelo explicado por Bohr, em que os elétrons precisam absorver ou perder energia para transitar dentre os níveis eletrônicos (órbitas).

Gostou? Então, veja, também, o conteúdo completo sobre Modelo atômico de Dalton – O que é? Características, Composição e Exercícios!


Nicole Alessi

Nicole Alessi

Sou Nicole Alessi, tenho 20 anos, estou cursando o 4º ano de medicina nas Faculdades Pequeno Príncipe e sou apaixonada pelo que faço! Nas horas vagas, gosto de transformar em palavras todo o conhecimento que adquiro na graduaç...

Conheça Mais Sobre o Autor

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply