Sistema urinário – O que é? Como funciona, Órgãos e Importância

O sistema urinário, como o próprio nome sugere, está envolvido na produção, no armazenamento e na liberação da urina. Por esse motivo, é essencial para manter o equilíbrio do organismo, visto que é responsável por excretar os “excessos” e as toxinas.

Ele é composto por dois rins, dois ureteres, bexiga e uretra. Também, apresenta algumas particularidades conforme o sexo do indivíduo. Quer saber mais? Então, confira essas e outras informações, aqui no Gestão Educacional! .

Função e importância do sistema urinário

Sistema urinário2

A importância desse mecanismo já foi reconhecida anteriormente, e para descrever mais a respeito de suas funções, cada órgão será abordado individualmente, a seguir.

Rins

Os rins recebem o sangue pela artéria renal, e o tempo todo estão atuando como filtros do organismo. Por meio de diversos processos e variadas estruturas, nutrientes são absorvidos, e aquilo que não é útil ao corpo é excretado.

Com isso, torna-se possível manter o equilíbrio eletrolítico, a quantidade ideal de sangue circulando, bem como se excretam substâncias tóxicas ou em excesso.

 Ureteres

Os ureteres conectam os rins à bexiga, e, para que desempenhem a função de transportar a urina dentre esses dois órgãos, possuem músculo em sua estrutura.

Bexiga

A bexiga é um órgão formado por músculos, com a principal função de armazenar temporariamente a urina. Podem existir variações anatômicas dentre homens e mulheres, mas acredita-se que esse órgão possa conter até 800mL de urina em seu interior.

Uretra

A uretra é o canal que liga a bexiga ao meio externo, sendo responsável pela eliminação final da urina pelo organismo.

Nos homens, essa via também é responsável pelo transporte do sêmen, portanto, participa tanto do sistema urinário quanto do genital.

Quais órgãos fazem parte?

 

Depois de conhecer um pouco a respeito da importância dos órgãos que fazem parte do sistema urinário, destaca-se a necessidade de entender a anatomia e a fisiologia de cada um:

Rins

Os rins estão localizados na porção posterior do abdome, na cavidade retroperitoneal. Há, no corpo humano, um rim do lado direito e outro do lado esquerdo.

Para amenizar os choques e proteger o órgão, ele é envolto por um tecido adiposo (gorduroso). São inúmeras as estruturas que chegam e saem do órgão, e tudo isso ocorre pelo hilo renal, o qual contém, inclusive, a artéria e veia renais, bem como a saída do ureter.

Internamente, os rins são divididos em córtex e medula. No primeiro, ocorre todo o processo de filtragem do sangue, dentro de estruturas menores, que são os néfrons. Já o segundo é responsável pela captação e formação final da urina, entregando-a aos ureteres.

Ureteres

São dois tubos ocos e musculares que carregam a urina até a bexiga. Eles têm, em média, 5mm de diâmetro e 14cm de comprimento.

Bexiga

É um órgão muscular oco, sustentado pelo assoalho pélvico. Divide-se em:

  • Corpo: local onde a urina fica armazenada;
  • Colo: é o afunilamento do corpo, que tem como objetivo se conectar à uretra.

Uretra

Assim como os ureteres, é um tubo muscular, mas agora com a função de expelir a urina para fora do corpo. Esse órgão possui algumas peculiaridades confirme o gênero do indivíduo.

Homem x Mulher

Sistema urinário

Como já dito, a mulher tem uma uretra unicamente para expelir a urina. Já o homem, compartilha a estrutura também com o sistema genital.

Divide-se a uretra masculina em 3 partes:

  • Porção prostática: é a primeira porção, que passa no interior da próstata e recebe os ductos ejaculatórios;
  • Porção membranácea: atravessa o diafragma urogenital;
  • Porção esponjosa: parte mais longa da uretra, que vai até o óstio externo da uretra (situado na glande).

Todas essas porções somadas resultam em, aproximadamente, 20cm. Já na mulher, o comprimento da uretra é de aproximadamente 4cm.

[LEIA TAMBÉM: SISTEMA REPRODUTOR MASCULINO]

Curiosidades

Levando em conta todas as características e estruturas que compõe o sistema urinário, vale a pena acrescentar algumas curiosidades a respeito destes órgãos.

  • Os rins podem formar cálculos

Popularmente chamados de “pedras”, eles resultam do excesso de sais no sangue, que acabam se depositando em determinadas regiões do rim. Em alguns casos, podem ser assintomáticos. Mas, quando há movimentação desses anômalas nos rins ou na passagem para o ureter, provavelmente o indivíduo sentirá fortes dores e outros desconfortos.

  • As mulheres sofrem mais de infecção urinária

Como você viu, a uretra feminina é muito mais curta que a masculina, e também se localiza muito próxima à vagina. Portanto, bactérias e fungos conseguem ascender facilmente pela uretra, atingindo a bexiga e causando infecções.

Nicole Alessi

Sou Nicole Alessi, tenho 20 anos, estou cursando o 4º ano de medicina nas Faculdades Pequeno Príncipe e sou apaixonada pelo que faço! Nas horas vagas, gosto de transformar em palavras todo o conhecimento que adquiro na graduação, com o intuito de promover a educação em saúde e, consequentemente, gerar bem-estar e qualidade de vida!

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content