Stephen Hawking – Quem Foi? O que Ele Fez? Conheça a Biografia do Físico

Stephen Hawking foi um dos cientistas mais famosos de todo o mundo. Seu trabalho é fenomenal e discutido em todo o mundo, pois estudava e especulava sobre o universo, até pouco tempo antes de morrer. Stephen Hawking faleceu em 14 de março de 2018, aos 76 anos de idade, deixando suas teorias brilhantes para continuarem sendo estudadas.

Caso queira conhecer mais sobre o trabalho deste físico teórico, cientista e cosmólogo, leia, a seguir, a sua biografia e fique com informações importantes sobre ele, sua carreira e seu trabalho. Ele é consagrado nos mais diversos países, deixando sua marca por meio de suas teorias e seus estudos. Existem várias curiosidades interessantes sobre ele, que você deve conhecer!

Biografia do cosmólogo e cientista

stephen hawking biografia

Seu nome completo é, na verdade, Stephen William Hawking, porém poucos conhecem o nome do meio. Ele nasceu na Inglaterra, no dia 8 de janeiro de 1942. Era filho de um médico e uma economista, filosofa e política. Sempre foi uma criança precoce, sendo que, aos 8 anos de idade, já construía trens de brinquedo.

Um dado curioso sobre o perfil do físico é que ele odiava matemática, pois achava os cálculos fáceis de mais, sendo mais apaixonado por física e astronomia.

O britânico Stephen Hawking começou a estudar física aos 17 anos de idade, com uma bolsa que conseguiu em Oxford. Antes disso, estava longe de ser um aluno exemplar, porém começou a esforçar-se, devido à falta de condições financeira de seus pais. Ao formar-se, concluiu seu doutorado em cosmologia.

Ele trabalhou como professor lucasiano emérito – cargo de quem ocupa uma cadeira na Universidade de Cambridge, no caso dele, lecionando matemática. Tal cargo é reconhecido por também ter sido ocupado por outras personalidades importantes, como Paul Dirac, Charles Babbage e Isaac Newton. Além disso, Hawking fundou o CTC – Centro de Cosmologia Teórica -, da Universidade de Cambridge, atuando como diretor de pesquisa do DAMTP – Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica.

Doença

stephen hawking

Logo na sua pós-graduação, aos 21 anos de idade, Stephen Hawking foi diagnosticado com ELA – Esclerose Lateral Amiotrófica. O físico estava constantemente esbarrando e derrubando as coisas, sendo que, após uma queda no gelo, sua família insistiu para que buscasse por ajuda médica. Ele passou dias no hospital até descobrir a causa destes problemas e obter um diagnóstico correto. Porém, a doença nunca o impediu de fazer seu trabalho, tendo continuado os estudos até o final de sua vida.

ELA é uma doença neurológica, que atrofia os músculos e faz com que o paciente que convive com a doença perca o controle de seus membros. É progressiva e tende a piorar com o tempo. O diagnóstico médico revelou que Stephen Hawking viveria apenas mais 3 anos, porém, depois de descoberta, o físico viveu mais de 50 anos, superando todas as expectativas.

Stephen Hawking acredita que a própria doença contribuiu para a sua criatividade, pois, na falta de poder usar suas mãos, era obrigado a imaginar coisas e pensar mais a fundo sobre tudo ao seu redor. Ele mesmo revelou em entrevistas o fato, dizendo que “ao perder a destreza das minhas mãos, fui forçado a percorrer o universo em minha mente e tentar visualizar a forma como ele funcionava”.

Durante uma viagem à Suíça, em 1985, perdeu sua voz, por conta de uma pneumonia. Ao ser internado, os médicos recomendaram que fossem desligados os respirados artificial, mas sua esposa recusou o pedido e levou o marido de volta a Cambridge, onde moravam. Para que pudesse respirar, foi realizada uma traqueostomia, sendo que o físico nunca mais pode voltar a falar. Foi aí que começou a usar o computador, tendo uma voz artificial para se comunicar.

A Esclerose Lateral Amiotrófica nunca foi um empecilho para que pudesse ser feliz. Stephen Hawking sempre viveu e fez tudo o que poderia fazer.

Suas experiências incluem um avião que imita a gravidade zero, com em passeios de submarino, avião e balão. Ele conheceu quase todos os países viajando pelo mundo. Sua viagem simulando a gravidade zero foi defendida por entender que o homem deve fazer viagens ao espaço, acreditando que isso pode garantir o futuro da humanidade.

Vida Pessoal

A vida pessoal do físico também é interessante ao seu público. Ele teve duas esposas e três filhos. Muitas pessoas perguntam-se como é possível que ele tenha conseguido ter filhos, devido à sua condição afetar os músculos. Porém, é importante ressaltar que a ELA é gradativa, sendo que, até seus 21 anos, Hawking era saudável, piorando aos poucos.

Ele casou-se em 1965, já precisando de uma bengala para apoiar-se. Jane Wide, sua esposa, era amiga de sua irmã.

Apenas em 1970 ele começou a usar cadeira de rodas, devido à sua dificuldade para se locomover. Robert, seu primeiro filho, nasceu em 1967. Dois anos depois, teve sua primeira filha, Lucy. Seu terceiro e último filho, Timothy, nasceu em 1979, quando já havia perdido o controle completo dos músculos.

Quando perguntado sobre a doença e sua vida sexual, Stephen Hawking costumava dar uma resposta bem humorada: “apenas meus músculos voluntários foram afetados pela doença, os involuntários continuam bastante ativos”.

Curiosidades sobre Stephen Hawking

fisico stephen hawkings

  • Stephen Hawking adorava desmontar relógios e rádio quando criança, porém, não era bom em remontá-los depois;
  • O físico tem um histórico brilhante, estudando e formulando teorias, mesmo já tendo sido considerado o pior aluno da turma;
  • Apesar de possui notas ruins, ele foi apelidado de Einstein pelos seus colegas;
  • Além de inteligente, possuía um ótimo humor;
  • O QI de Hawking é um dos maiores da história, chegando a 160 pontos e igualando-se ao de Einstein. Pessoas comuns possuem, em média, um QI de 100 e um gênio, um QI mínimo de 140;
  • Aos 17 anos, começou a empenhar-se para se formar, tendo ganhado uma bolsa de física em Oxford;
  • Antes de ser diagnosticado com ELA, Stephen Hawking já fazia parte da equipe de remo de Oxford;
  • Acredita-se que o físico entrou para o esporte para evitar o isolamento e a infelicidade no primeiro ano de faculdade;
  • O remo tornou-o bastante popular entre os demais estudantes, mas começou a atrapalhar seus estudos, devido à frequência dos treinos;
  • Hawking acreditava em alienígenas. Ele achava possível a vida fora da Terra, tanto de seres primitivos como de seres inteligentes;
  • Achava importante preocupar-se com a vida fora da Terra, pois poderiam ser baseadas em outras maneiras, sem ser o DNA – isso faria com que não fossemos imunes às doenças desses seres;
  • O físico criou, também, histórias e livros infantis relacionados à física;
  • Sua primeira aparição na TV foi em um episódio de The Big Bang Theory, em 1993;
  • Outras aparições em programas de TV incluem Os Simpsons e Futurama, nos quais emprestou seu sintetizador de voz para a locução dos desenhos animados;
  • Existem dois documentários de sucesso sobre o físico: “Into the Universe with Stephen Hawking” e “Stephen Hawking: Master of the Universe“;
  • Em 1997, Sthephen Hawking fez uma aposta com John Preskill sobre buracos negros. Hawking acreditava que nada escapava deles, nem informações. Porém, em 2004, admitiu derrota, pela teoria violar princípios fundamentais de mecânica quântica;
  • Buracos negros seguem sendo estudados, sendo que Stephen Hawking criou diversas teorias sobre eles;
  • O sintetizado do físico é único, pois a empresa que o produziu não trabalha mais com o modelo;
  • Existem sintetizadores de voz mais modernos e claros, porém Hawking recusou-se a utilizá-los, acreditando que sua voz já havia se tornado sua marca registrada;
  • Em seu segundo casamento, foi parar no hospital, com ferimentos equivalentes aos de maus-tratos, porém negou violência doméstica. A verdade veio à tona em 2003, quando sua filha revelou que o físico apanhava da esposa.

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply