Verbos regulares e irregulares – O que são? Como conjugar? Exercícios!

No português brasileiro, os verbos são classificados em cinco categorias: regulares, irregulares, defectivos, abundantes e anômalos. Para saber a que categoria pertence determinado verbo, é preciso observar a sua conjugação.

Neste artigo, trataremos de duas categorias de classificação: dos verbos chamados regulares e dos verbos chamadas irregulares.

O que é conjugação?

Dá-se o nome conjugação ao ato de enunciar determinado verbo em todas as suas formas de flexão, levando-se em consideração, portanto, o modo, o tempo, o número, a pessoa e a voz. Caso não saiba o que seja cada um desses tipos de flexão, confira o artigo sobre o que é um verbo, clicando aqui.

Há três tipos de conjugação no português, definidos de acordo com a vogal temática do verbo. São eles:

  • 1ª conjugação: quando o verbo possui a vogal temática -a-:
    • Nadar, andar, rema.
  • 2ª conjugação: quando o verbo possui a vogal temática -e-:
    • Ceder, temer, recebe.
  • 3ª conjugação: quando o verbo possui a vogal temática -i-:
    • Sorrir, mentir, dormi.

[Para entender o que é vogal temática, veja o artigo sobre a estrutura das palavras, clicando aqui].

Grande parte dos verbos do português, ao serem conjugados, ou seja, ao se flexionarem em modo, tempo, número, pessoa e voz, seguem uma mesma lógica, chamada paradigma. Nesse caso, por seguirem esse paradigma, flexionando-se mediante uma mesma lógica, não sofrem alterações em seu radical. A esses verbos dá-se o nome regulares.

Outros, entretanto, sofrem algumas variações, não seguindo, portanto, totalmente o paradigma de conjugação. A esses verbos dá-se o nome irregulares.

Apenas a título de curiosidade, já que não é o foco do artigo tratar deles, há outros que se afastam tanto do paradigma que não podem nem ser considerados irregulares: a esses, dá-se o nome anômalos.

O que são verbos regulares?

Os verbos regulares, portanto, são aqueles que seguem o paradigma de conjugação e não sofrem alterações em seu radical (ver estrutura das palavras para compreender melhor) ao serem conjugados nas diferentes flexões. Por exemplo, configura parte da conjugação do verbo “partir”:VerbosPerceba que, em todo os tempos, números e pessoas, o verbo em questão mantém o seu radical part- intacto. Diz-se que a conjugação, nesse caso, é invariável e que o verbo em questão é um verbo regular (porque mantém uma regularidade em sua conjugação).

Alguns outros exemplos de verbos regulares são: trabalhar, dever, achar, esperar, ficar etc.

O que são verbos irregulares?

Entretanto, há verbos, como comentado, que não mantêm uma regularidade em sua conjugação, com o seu radical sofrendo variações em determinados tempos, modos, números, pessoas ou vozes. A esses verbos, dá-se o nome verbos irregulares (porque eles não mantêm uma regularidade).

Confira algumas conjugações do verbo “fazer”:VerbosPerceba que, em algumas flexões, o radical do verbo “fazer”, que é faz-, sofre variações, tornando-se faç-, fiz- (e até mesmo far-). Quando a conjugação não segue uma regularidade, diz-se que o verbo em questão é um verbo irregular.

Alguns outros exemplos de verbos irregulares são: dar, crer, adequar, deter, expelir etc.

Alexandre Garcia Peres

Alexandre Garcia Peres, formado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), gosta de arte, literatura, língua portuguesa, poesia e do seu gato.

Conheça Mais Sobre o Autor

Teste seus conhecimentos sobre Verbos regulares e irregulares – O que são? Como conjugar? Exercícios!

1) Observe a conjugação dos verbos abaixo atentando-se ao radical de cada um deles. Assinale a única alternativa que contém a conjugação de um verbo regular.

  • a) eu maldigo, tu maldizes, ele maldiz, nós maldizemos, vós maldizeis, eles maldizem.
  • b) eu insiro, tu inseres, ele insere, nós inserimos, vós inseris, eles inserem.
  • c) eu tiro, tu tiras, ele tira, nós tiramos, vós tirais, eles tiram.
  • d) eu leio, tu lês, ele lê, nos lemos, vós ledes, eles leem.

2) Observe a conjugação dos verbos abaixo atentando-se ao radical de cada um deles. Assinale a única alternativa que contém a conjugação de um verbo irregular.

  • a) eu corro, tu corres, ele corre, nós corremos, vós correis, eles correm.
  • b) eu voo, tu voas, ele voa, nós voamos, vós voais, eles voam.
  • c) eu entro, tu entras, ele entra, nós entramos, vós entrais, eles entram.
  • d) eu meço, tu medes, ele mede, nós medimos, vós medis, eles medem.

Deixe seu Comentário

WebGo Content