Winston Churchill – Quem foi? Biografia, Honrarias e Morte

Winston Churchill nasceu em Woodstock, Inglaterra, no ano de 1874. De origem nobre, Churchill foi um estadista britânico reconhecido, principalmente, por sua atuação como Primeiro Ministro da Grã-Bretanha, durante a Segunda Guerra Mundial.

Apesar do destaque alcançado na vida política, iniciou sua carreira como militar. Além de também ter sido jornalista, atuando como correspondente de guerra, artista e escritor.

Tornou-se o único Primeiro Ministro premiado com o Nobel de Literatura, em razão de sua extensa produção de obras literários. A grande maioria relatava suas observações e sua experiência em guerras e conflitos militares. Além disso, também recebeu a honraria de ser considerado cidadão honorário dos Estados Unidos, em 1963 – provavelmente, em razão de sua relação próxima com os EUA, que resultou na participação dos americanos na Segunda Grande Guerra. Churchill faleceu alguns anos depois, em 1965.

Infância de Winston Churchill

Wiston Churchill

Winston Leonard Spencer-Churchill pertencia a uma família da aristocracia britânica. Filho do Lorde Randolph Churchill, um proeminente político britânico, e de Jennie Jerome, uma socialite norte-americana, ele adotou o nome Churchill de seu tetravô, 5º Duque de Marlborough.

Nascido em 30 de novembro de 1874, na Inglaterra, mudou-se com sua família, aos 2 anos de idade, para Dublin, Irlanda. Lá, permaneceu até os 6 anos, enquanto seu pai servia como secretário pessoal de seu avô, nomeado Vice-Rei da Irlanda.

Ao contrário do que se possa imaginar, Churchill era um aluno medíocre. Ele mesmo admitiu que sua época de escola não foi de anos agradáveis e que não se destacava em matéria alguma. Apresentava, inclusive, graves problemas de fala e muita dificuldade com o Latim. Por isso, dedicou-se muito à língua inglesa, o que o favoreceu a produção de suas obras literárias.

Vida Adulta

Desde criança, Churchill tinha fascínio com o militarismo. Por essa razão, tentou por diversas vezes ingressar na academia militar, até conseguir o posto de cadete de cavalaria. Durante sua vida no exército, participou da Guerra dos Bôeres, tornando-se conhecido por sua fuga após se tornar prisioneiro. Além disso, atuou como correspondente de guerra em países como Cuba, índia e África do Sul.

O reconhecimento como herói nacional por sua fuga do campo de prisioneiros, em 1900, foi um dos fatores que contribuírem para a entrada dessa figura na vida política. Apoiado pelo partido conservador, então com 26 anos, Churchill tornou-se membro do parlamento.

Vida política e guerras

Wiston Churchill2

Com seu ingresso no Parlamento, a vida política de Churchill teve início. Desde então, foi nomeado subsecretário das colônias, membro pleno do Gabinete e Ministro do Comércio, até chegar a Primeiro Lorde do Almirantado, em 1911, durante a Primeira Guerra Mundial.

Essa posição rendeu a Churchill um dos seus maiores erros, sendo responsável pela morte de 50 mil soldados britânicos e franceses, durante a Campanha de Gallipoli, devido a um problema tático. Fator que resultou na sua demissão do cargo.

Após o incidente, Churchill se tornou um pouco mais reservado e dedicou-se mais à produção literária, nesse período. Porém, com o surgimento do Nazismo e a ameaça de Hitler, Churchill voltou em cena, prevendo a possibilidade de ataques da Alemanha a outros países e ressaltando a necessidade de investimentos bélicos, para evitar a situação.

No entanto, seu discurso foi considerado fantasioso, até a Alemanha invadir a Polônia, em 1939. Esse ato que forçou a Inglaterra a declarar guerra à Alemanha, em razão do tratado de defesa mútua que mantinham com a Polônia.

Acredita-se que o fato de Churchill ter previsto a invasão Nazista foi o que o levou ao cargo de Primeiro Ministro, em 1940. A relação próxima que mantinha com os EUA e o presidente Roosevelt talvez tenha sido o fator determinante para a vitória da Segunda Guerra, já que possibilitou a ajuda americana dos Aliados com o fornecimento de armas. Posteriormente, foram enviadas tropas para combaterem lado a lado com os ingleses, o que resultou no fim da guerra, em 1945, com a vitória dos Aliados.

Apesar disso, Churchill não foi reeleito pelo Parlamento, em 1945. Somente em 1951 voltou a ocupar o cargo e se manteve nele até 1955. Após esse período, continuou fazendo parte da política, mas com atuação mais discreta.

Honrarias e Morte

 

Em 1953, Churchill recebeu o Prêmio Nobel Literário, enquanto ainda atuava como Primeiro Ministro, por suas produções literárias. Além desse grande feito, ele foi homenageado em 1963, recebendo o título de cidadão honorário americano. Churchill faleceu aos 90 anos, em 24 de janeiro de 1965, devido a um derrame.


Marcela Mazetto

Marcela Mazetto

Jornalista formada pela PUCPR, tem 21 anos e é viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Conheça Mais Sobre o Autor

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply