Museu do Louvre – História, Obras, Ingressos, Preços e Horários

Antigamente, era um palácio real. Hoje em dia, é um dos maiores museus do mundo e um dos destinos mais populares quando se visita a França. Você sabe do que estamos falando? É dele mesmo: do Museu do Louvre!

O Museu do Louvre é um museu que abraça totalmente a história da França por oito séculos, mas, também, milhares de anos de outros territórios, como a América e até os confins da Ásia.

Conheça mais sobre essa atração maravilhosa da capital Paris, qual é a sua história, quais são as obras que mais se destacam no local e outras informações importantes para você visitar o Museu do Louvre.

História do Museu do Louvre

museu do Louvre pirâmide

O Museu do Louvre foi inaugurado no dia 10 de agosto de 1793, durante o período da Revolução Francesa. Como dito, antes de se tornar um museu, o Palácio do Louvre teve várias outras funções, por exemplo, ter sido sede do governo monárquico francês, desde a época dos Capetos medievais, até o reinado de Luís XIV.

Na realidade, o Museu do Louvre era chamado de Castelo do Louvre, sendo fundado por Felipe II, um dos reis da dinastia capetíngia, como uma forma de fortaleza para proteger Paris – isso no final do século XII.

Posteriormente, o Castelo foi transformado em Palácio, servindo de residência para vários reis franceses, até que a construção do Palácio de Versalhes fosse finalizada por Luís XIV.

A partir daí, em 1793, o Louvre foi inaugurado como um museu. As coleções da monarquia francesa e das espoliações realizadas durante o Império Napoleônico foram os primeiros passos do Louvre. Naquele ano de inauguração, o museu mostrou um novo modelo de empreendimento que não mais ficava nas mãos das classes dirigentes, mas deixando que o público geral desfrutasse do que o local tinha de mais interessante.

Apenas a parte interna do Museu do Louvre conta com cerca de 60 mil metros quadrados, isto é, imagine o Museu Paulista da Universidade de São Paulo (ou Museu do Ipiranga, se você o conhece por esse nome) e multiplique ele por 30 vezes. É esse, mais ou menos, o tamanho somente da parte interna do Louvre!

A pirâmide de cristal, característica mais marcante do Louvre, foi construída em 1989, o que fez com que aquela grande monotonia dos blocos de cinza do museu fosse rompida – tanto é que a porta de acesso para o Mouse do Louvre é justamente por essa incrível pirâmide.

Quais são as principais obras do Museu do Louvre?

Na época de abertura do Museu do Louvre, o acervo consistia em cerca de 537 quadros e mais 184 obras de arte – grande parte delas confiscada de coleções reais: isso resultou em grande sucesso na inauguração, afinal a curiosidade em ver tais objetos de valor era demasiada.

museu do Louvre interno

Depois de tantos anos, o amplo espaço do Museu do Louvre está dividido em oito departamentos, pois seu acervo aumentou consideravelmente: são mais de 380 mil objetos que datam desde a Pré-História até o século XXI, exibidos em diversas salas. Para quem gostaria de conhecer realmente tudo, a caminhada seria longa: são, pelo menos, 4,8km dentro do museu ao longo de 100 dias, levando-se em conta que você não demorasse mais do que 30 segundos em cada obra.

No Museu do Louvre estão expostos algumas das maiores obras da humanidade, entre as quais destacam-se:

  • “A Liberdade Guiando o Povo” – o famoso quadro com uma mulher ao centro da tela, representando a Liberdade, um dos ideais da Revolução Francesa, que conduz a população na luta contra o movimento absolutista;
  • Código de Hamurabi – uma grande pedra, esculpida em rocha de diorito, com 2,25 metros de altura por 1,90 metros de circunferência, que tem um conjunto de leis gravado nela;
  • Madona das Rochas – outra obra de Da Vinci (uma versão deste quadro pode ser observada na National Gallery, em Londres;
  • Monalisa – a obra mais famosa de Leonardo Da Vinci;
  • Vênus de Milo – uma escultura grega, datada de 100 a.C.

Para se ter uma ideia, você precisa dedicar, pelo menos, uma manhã inteira para visitar todas as obras mais importantes do Museu do Louvre. Por isso, se tem um bom tempo a ser gasto visitando Paris, não esqueça de dar uma chance a esse local cheio de história e arte!

Museu do Louvre: ingressos, preços e horários

museu do Louvre

Embora o Museu do Louvre tenha importância mundial, certas pessoas podem acabar tendo um passeio cansativo – principalmente para aquelas que não têm muito interesse em artes -, além das enormes dimensões do local e do calor gerado pela aglomeração de turistas.

Mas, se você está ansioso(a) para visitar o Museu do Louvre, é fundamental que saiba o horário de funcionamento da atração, se é necessário fazer algum pagamento e qual seria o preço!

O Museu do Louvre tem os seguintes horários de funcionamento, de acordo com o site oficial:

  • Segundas-feiras: 9:00 – 18:00;
  • Terças-feiras: fechado;
  • Quartas-feiras: 9:00 – 21:45;
  • Quintas-feiras: 9:00 – 18:00;
  • Sextas-feiras: 9:00 – 21:45;
  • Sábados: 9:00 – 18:00;
  • Domingos: 9:00 – 18:00.

De acordo com o site oficial, o melhor horário de visita é o primeiro horário da manhã e nas aberturas noturnas. Lembre-se de verificar se o Museu do Louvre não está fechado por razões específicas ou feriados.

Para acessar o local, você deve adquirir seu ingresso. Quando comprado diretamente no museu, o valor é de 15 euros, enquanto que on-line (pelo site) é de 17 euros. A vantagem do ingresso on-line é que você garante maior rapidez para entrar no local (em menos de 30 minutos).


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply