O que é a música? Definições, Melodia, Ritmo, Harmonia e Propriedades do som

A música é considerada um estilo de arte e envolve a combinação de sons, instrumentais ou vocais, visando a criação de uma peça sonora que seja agradável, bela ou envolva expressões emocionais.

Neste artigo, veremos um pouco a respeito do que é a música e como ela é composta. Confira aqui, no Gestão Educacional, informações completas!

O que é a música?

Como comentado, a música, considerada a primeira arte, envolve a combinação de sons instrumentais ou sonoros, resultando numa obra agradável, bela ou emocionalmente expressiva. A música é considerada uma prática cultura e humana, estando presente em todos os períodos da história humana e em todas as civilizações.

Obviamente, cada período e cada cultura tiveram suas próprias concepções de música, e nem sempre ela foi interpretada como uma manifestação artística. A música pode ter fins educacionais, religiosos e até mesmo terapêuticos, como na chamada musicoterapia.

Definições de música

A música, como outros conceitos, é difícil de ser definida. Ao longo da história, várias foram as tentativas de defini-la. Eis algumas:

  • Definição naturalista, que considera que a música existe antes mesmo de ser ouvida, sendo um fenômeno natural, não uma arte, por si só, mas alcançando esse patamar ao ser criada ou utilizada como forma de expressão. A música, nesse caso, é um fenômeno natural e intuitivo;
  • Definição funcional, artística e espiritual, que consideram que a música é dependente da atividade humana, não existindo música, portanto, sem interferência humana. Nesse caso, a música é compreendida como arte, e não como mero fenômeno da natureza que, ao ser utilizada como forma de expressão, alcança esse status.

O que compõe a música?

Geralmente, considera-se a música composta por três elementos: a melodia, o ritmo e a harmonia.

Melodia

Entende-se por melodia, no que diz respeito à música, como uma sucessão alternante e coerente entre sons e silêncios ou notas durante determinado período de tempo. Juntos, os sons/as notas formam um todo estético, frequentemente chamado “harmonia”.

Ritmo

Já o ritmo é compreendido como a colocação de determinado sons, geralmente contrastantes, em um período de tempo. Ou seja, é uma sucessão regular e coerente de tempos fortes e fracos. É o ritmo quem dita a velocidade da melodia.

Harmonia

Já a harmonia é, na música, o encadeamento de determinados sons. Tem relação com os chamados acordes, as combinações de dois ou mais sons simultâneos. A combinação simultânea de acordes resulta na melodia.

Propriedades do som e da música

Obviamente, a música tem relação com o som. E tendo relação com o som, a música compartilha algumas características que são próprias dele. As propriedades do som são as seguintes:

  • Duração: o tempo de duração da produção do som;
  • Intensidade: define se o som é forte ou fraco;
  • Altura: define se o som é grave ou agudo;
  • Timbre: responsável por nos permitir distinguir sons de mesma altura e intensidade, permitindo-nos distinguir a fonte emissora do som.

Referências utilizadas neste conteúdo:

https://www.britannica.com/art/music

Alexandre Garcia Peres

Alexandre Garcia Peres, formado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), gosta de arte, literatura, língua portuguesa, poesia e do seu gato.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content