ONU – O que é? Objetivos, Componentes e Principais Ações

A ONU (Organização das Nações Unidas) surgiu pelo constante desejo dos países de criar alianças sólidas, a fim de evitar conflitos e manter o espírito de paz entre os povos.

Antes da criação da organização, muitas nações tentaram se unir para formar blocos pacificadores. Durante o século XIX e início do XX, muitas guerras aconteceram, e isso atrapalhou o desenvolvimento econômico e social de muitas regiões do planeta.

Pouco depois do final da Segunda Guerra Mundial, em 24 de outubro de 1945, nasce a ONU. E desde então, países, voluntariamente, vêm participando de reuniões promovidas pela instituição, em prol do melhor para o mundo.

ONU3

Objetivos da ONU

Desde sua primeira assembleia, que aconteceu em São Francisco, nos Estados Unidos, os objetivos das Nações Unidas foram traçados. Eles estão divididos entre propósitos e princípios.

Dentre os propósitos, estão (listados em seu site oficial):

  • Manter a paz e segurança internacionais;
  • Desenvolver relações amistosas entre as nações;
  • Realizar a cooperação internacional para resolver problemas mundiais de caráter econômico, social, cultural e humanitário, promovendo o respeito aos direitos humanos e às liberdades fundamentais;
  • Ser um centro destinado a harmonizar a ação dos povos para consecução desses objetivos comuns.

Já quando falamos nos princípios da ONU, temos:

  • Igualdade soberana para todos os seus membros;
  • Cumprimento de boa-fé aos compromissos listados na Carta de Fundação;
  • Discussões resolvidas por meios pacíficos, para não comprometer a paz entre as nações mundiais;
  • Nenhum membro deve fazer uso de forças que ameassem suas relações internacionais;
  • Os países membros darão assistência aos programas das Nações Unidas que visem levar à paz;
  • A ONU ficará responsável por conciliar os países que não são membros, a todos os princípios e propósitos da organização;
  • A ONU não se envolverá em casos que comprometam os interesses nacionais de cada país membro.

Componentes da ONU

ONU2

A Organização das Nações Unidas é composta, atualmente, por 193 países. Todos assumiram seguir as diretrizes propostas pela entidade. Dentre esses Estados, 51 são considerados fundadores, pois participaram da primeira reunião, em 1945.

É dos países-membros que saem as pessoas que vão compor as cadeiras, e outras funções necessárias para mover os projetos e as ações da ONU. A estrutura de funcionamento das Nações Unidas está assim definida:

  • Secretariado – setor do secretário-geral, que é nomeado em assembleia geral;
  • Corte internacional de Justiça – composta por 15 juízes, que atuam no tribunal de Haia, quando necessário;
  • Conselho Econômico e Social – composto por agências que realizam estudos e recomendações que visem promover o desenvolvimento dos países-membros;
  • Conselho de Segurança – órgão máximo para discussão de assuntos que estejam ligados à manutenção da paz no mundo. Atualmente, 15 países participam do conselho, porém apenas 5 são fixos: Estados Unidos, Rússia, Reino Unido, França e China.

A cada 2 anos, elegem-se outros 10 membros. Esse, sem dúvida, é o setor mais delicado e nervoso das Nações Unidas, pois muito do futuro do planeta depende do que é resolvido.

  • Assembleia Geral – aqui, todos os países têm representantes e debatem sobre os assuntos pertinentes aos tratados da ONU.

Principais ações da ONU

ONU

O trabalho da ONU se estende em vários assuntos. Como vimos, há esferas específicas para alguns temas, mas é importante saber que a organização não foca apenas em evitar conflitos.

As Nações Unidas luta para manter um mundo mais justo, promovendo desenvolvimento para todas as áreas, em todos os continentes. Hoje, a pauta de ações da organização é preenchida pela seguinte lista:

  • África;
  • Agricultura;
  • AIDS;
  • Alimentação;
  • Assentamentos humanos;
  • Crianças;
  • Democracia;
  • Desarmamento;
  • Desenvolvimento;
  • Direito internacional;
  • Direito marítimo e oceânico;
  • Direitos humanos;
  • Empresas;
  • Energia atômica;
  • Governança;
  • Meio ambiente;
  • Mudanças climáticas;
  • Mulheres;
  • Paz e segurança;
  • Pessoas com deficiência;
  • Pessoas idosas;
  • População mundial;
  • Reforma da ONU;
  • Refugiados;
  • Saúde;
  • Sociedade civil;
  • Terrorismo;
  • Voluntariado.

Muitos desses temas são abordados por especialistas. Fazem parte do corpo da ONU pesquisadores e cientistas de todas as áreas. Eles compõem as agências especializadas e desenvolvem os diferentes projetos que visam a melhora do mundo.

É claro que existe uma grande procura para fazer parte desses grupos, mas os países tendem a ceder pessoas de renome para ocupar tais cargos.

A ONU é fundamental para a manutenção da paz no mundo, bem como para monitorar os possíveis desmandos que as nações mais fortes queiram exercer sobre países mais pobres.

Rafaela Cortes

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content