Óxidos – O que são? Características, Composição, Exemplos e Exercícios

A química, assim como a biologia, está presente o tempo todo em nosso dia a dia. Quando vamos estudá-la, fazemos uma separação entre a química orgânica, aquela de compostos que possuem carbono, da química inorgânica, ou seja, aquelas substâncias que não contêm carbono na composição.

Dentro da química inorgânica, há quatro funções principais: ácidos, bases, sais e óxidos. No artigo de hoje, veremos o que são e qual é o comportamento dos óxidos.

Óxidos

O que são óxidos?

Óxidos são substâncias compostas sempre pelo oxigênio (O) e outro elemento químico, que pode ser um metal ou ametal. Nessa composição, que é sempre binária, o oxigênio também é sempre o elemento mais eletronegativo.

Os óxidos podem ser classificados em:

  • Óxidos ácidos (ou anidros):

Em contato com a água: produzem um ácido;

Em contato com base: produzem sal e água.

  • Óxidos básicos:

Em contato com água: produzem uma base;

Em contato com ácido: produzem sal e água.

  • Óxidos neutros:

Não reagem com ácido, base ou água.

  • Óxidos anfóteros:

Em contato com ácido ou base: produzem sal e água.

  • Peróxidos:

Em contato com água: produzem água oxigenada (peróxido de hidrogênio).

Características dos óxidos

Esses compostos são frequentemente encontrados na forma gasosa, como o dióxido de carbono, CO2.

A nomenclatura deles é muito simples, basta seguir o modelo, abaixo:

Óxidos

Composição

Por serem compostos binários, com um dos elementos obrigatoriamente o oxigênio, é o outro componente que dita a estrutura da substância. Assim, para se ligar a um metal, ocorre uma ligação iônica, enquanto que para se ligar a um ametal, a ligação é do tipo covalente. Os óxidos podem, então, ser de dois tipos: iônicos ou moleculares.

O óxido iônico ocorre quando há ligação do oxigênio com um elemento do grupo dos metais alcalinos ou metais alcalinos terrosos e grande diferença de eletronegatividade entre eles. Esse óxido apresenta ligação do tipo iônica (metal + ametal).

o óxido molecular é decorrente da ligação do oxigênio com qualquer outro elemento, na qual a diferença de eletronegatividade não é tão grande. Assim, ocorre uma ligação covalente.

Exemplos

Óxidos

Pedra-pomes, exemplo de óxido.

Os alvejantes que conhecemos, utilizados para clarear tecidos, são peróxidos. Bem como a água oxigenada (Na2O2), um óxido básico, que usamos para tratar ferimentos, devido à sua ação antisséptica, e também para descolorir pelos e cabelo.

Encontramos óxidos também durante a formação da chuva ácida, na qual os principais gases que causam esse fenômeno são CO2, NO2 e SO2.

Outro exemplo muito comum são as pedra-pomes, utilizadas por pedicures para lixar os pés. Essa pedra é composta por dióxido de silício e óxido de alumínio.

Como exemplo de óxido ácido, podemos citar o SO3 (trióxido de enxofre), óxido neutro CO (óxido de carbono) e NO (óxido de nitrogênio), e anfótero ZnO (óxido de zinco). O óxido de nitrogênio, é um óxido molecular, extremamente poluente para a atmosfera, mas é largamente utilizado pela indústria química.

Agora que você já sabe um pouco mais a respeito dos óxidos, que tal testar os seus conhecimentos nos exercícios que preparamos para você? Basta rolar até o final da página e se divertir! Ah, e não deixe de compartilhar com os seus amigos, desafiando eles também.

Bruna Manuele Campos

Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela USP (2016 e 2018), tem 25 anos e é apaixonada pela natureza e por explorar o mundo. Quando não está se aventurando por aí, gosta de aquietar as pernas com livros e séries.

Conheça Mais Sobre o Autor

Teste seus conhecimentos sobre Óxidos – O que são? Características, Composição, Exemplos e Exercícios

1) (Adaptado Vunesp-SP) Sabe-se que a chuva ácida é formada pela dissolução, na água da chuva, de óxidos ácidos presentes na atmosfera. Entre os pares de óxidos relacionados, qual é constituído apenas por óxidos que provocam a chuva ácida?

  • a) Na2O e NO2
  • b) CO2e MgO
  • c) CO2e SO3
  • d) CO e NO 2

2) (Adaptado Cesgranrio –RJ) As indústrias de produção de vidro utilizam a areia como principal fonte de sílica (SiO2) para conferir o estado vítreo. Utilizam, ainda, com a finalidade de reduzir a temperatura de fusão da sílica, os fundentes Na2O, K2O e Li2O. A escolha dos óxidos de sódio, potássio e lítio para reagir com a sílica e dar origem a um produto vítreo de menor ponto de fusão deve-se ao fato de esses óxidos manifestarem caráter:

  • a) básico
  • b) neutro
  • c) ácido
  • d) misto

Deixe seu Comentário

WebGo Content