Verbo ter – O que é? Como usar? Conjugação, Classificação e Exemplos

O verbo “ter” é um verbo anômalo, o que significa que ele é tão irregular, mas tão irregular, com o seu radical sofrendo alterações tão profundas, que ele é considerado uma “anomalia”. Além disso, como veremos, ele possui uma grande variedade de significados distintos, podendo ser empregado em vários contextos, inclusive como um verbo impessoal.

Quer conhecer um pouco mais a respeito deste verbo tão peculiar? Pois, a seguir, tudo a respeito do verbo “ser”! Só aqui, no Gestão Educacional!

O que é o verbo ter? Como usar?

Segundo o Pequeno Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (2015, p. 911, adaptado), as definições do verbo “ter” são as seguintes (exemplos do próprio dicionário, com exceção da definição 14):

  1. Estar com a posse, a propriedade ou estar no gozo de; possuir, usufruir;
    • Ter uma casa, fortuna;
  2. Manter à disposição ou contar com; possuir;
    • Seu prédio tem garagem?
  3. Levar ou trazer consigo; portar;
    • Você tem fósforo?
  4. Receber por transmissão; herdar;
    • Tem a beleza da mãe!
  5. Passar por, viver (certa experiência);
    • Tive o desprazer de vê-lo.
  6. Possuir como medida (certa extensão, altura etc.); medir;
    • A piscina tem quinze metros.
  7. Ser formado ou constituído por; compor-se;
    • O livro tem dez capítulos.
  8. Contar de idade ou de existência;
    • Tem dez anos.
  9. Encerrar em si; conter;
    • O tonel tinha vinte litros de álcool.
  10. Levar a efeito; realizar;
    • Teremos reunião hoje.
  11. Ser visitado, assistindo etc. por; receber;
    • Teve muitos ouvintes.
  12. Gozar de (certo status, privilégio, título, direito);
    • Ele tem uma cadeira no estádio.
  13. Manter vinculação (de parentesco, hierárquica, afetiva) com;
    • Ter filhos, amigos, patrão.
  14. Dar vida a (filhos, crias);
    • Eu tenho um filho. (exemplo do redator).
  15. Conquistar para si; alcançar, obter;
    • Ter a atenção merecida.
  16. Frequentar, assistir a (curso, aula, lição);
    • Teve aulas de francês.
  17. Apresentar ou caracterizar-se por (atributo, detalhe, qualidade); possuir;
    • Ter juízo, muito gênio.
  18. Experimentar no organismo; sentir;
    • Ter sede.
  19. Tomar consciência de (impressão, estado, sensação); sentir;
    • Ter ódio, medo.
  20. Adquirir por contágio (doença); contrair;
    • Ele teve uma gripe forte.
  21. Ficar em certa posição; conservar-se;
    • Mal podia ter-se em pé.
  22. (Com preposição por) fazer julgamento sobre; considerar(-se), julgar(-se);
    • Tinha-se por entendido em música.

Com os seguintes significados, o verbo “ter” é impessoal:

  1. Estar presente; haver;
    • Tem muita gente aqui.
  2. Fazer, haver;
    • Tem muito tempo que viajou.
  3. Acontecer, realizar-se;
    • Hoje vai ter reunião.

Um outro uso do verbo “ter” acontece quando ele é seguido pela preposição “de”, significando, nesse contexto, “obrigatoriedade” ou “firme propósito” de a ação do verbo principal ser realizada. Como em:

(1) Eu tenho de fazer o dever de casa.

Hoje em dia, entretanto, é mais comum utilizar-se “que” em vez de “de”, como em:

(2) Eu tenho que fazer o dever de casa.

Ambas as formas, porém, estão gramatical e ortograficamente corretas.

Verbo ter como verbo auxiliar

O verbo “ter” é empregado como verbo auxiliar nos seguintes contextos:

(a) Antes do particípio do verbo principal, formando tempos compostos da voz ativa. O significado, nesse caso, é o de um fato acabado, repetido ou contínuo.

  • Tenho ido ao teatro.

(b) Antes do infinitivo do verbo principal antecedido pela preposição “de”. O significado, nesse contexto, é o de obrigatoriedade ou firmar propósito de realização de uma ação, como vimos anteriormente.

  • Tenho de saber as novidades.

Nesses dois contextos, o verbo “ter” pode ser substituído pelo verbo haver, sem que o significado seja alterado.

Como é classificado o verbo ter?

O verbo “ter” é um verbo extremamente irregular, o que significa que, quando conjugado, seu radical sofre profundas alterações, de modo que não há regularidade em sua conjugação. Isso faz com que “ter” seja considerado um verbo anômalo.

O verbo “ter” só não é irregular no futuro do presente e no futuro do pretérito do indicativo e no infinitivo e infinitivo pessoal.

Como é conjugado o verbo ter?

Confira, abaixo, a conjugação completa do verbo “ter”. As formas irregulares do verbo estão sublinhadas.

Modo indicativo

  • Presente do indicativo

Eu      tenho

Tu     tens

Ele     tem

Nós    temos

Vós     tendes

Eles     têm

  • Pretérito imperfeito do indicativo

Eu         tinha

Tu         tinhas

Ele        tinha

Nós      tínhamos

Vós      tínheis

Eles      tinham

  • pretérito perfeito do indicativo

Eu         tive

Tu        tiveste

Ele        teve

Nós      tivemos

Vós      tivestes

Eles      tiveram

  • Pretérito mais-que-perfeito do indicativo

Eu         tivera

Tu         tiveras

Ele        tivera

Nós      tivéramos

Vós      tivéreis

Eles      tiveram

  • Futuro do presente do indicativo

Eu         terei

Tu         terás

Ele        terá

Nós       teremos

Vós       tereis

Eles       terão

  • Futuro do pretérito do indicativo

Eu         teria

Tu          terias

Ele         teria

Nós       teríamos

Vós        teríeis

Eles       teriam

Modo subjuntivo

  • Presente do subjuntivo

Que eu           tenha

Que tu            tenhas

Que ele          tenha

Que nós         tenhamos

Que vós          tenhais

Que eles         tenham

  • Pretérito imperfeito do subjuntivo

Se eu           tivesse

Se tu            tivesses

Se ele            tivesse

Se nós          tivéssemos

Se vós           tivésseis

Se eles           tivessem

  • Futuro do subjuntivo

Quando eu       tiver

Quando tu        tiveres

Quando ele       tiver

Quando nós      tivermos

Quando vós       tiverdes

Quando eles      tiverem

Modo imperativo

  • Imperativo afirmativo

tem                 tu

tenha             você

tenhamos     nós

tende               vós

tenham          vocês

  • Imperativo negativo

Não       tenhas             tu

Não       tenha               você

Não      tenhamos        nós

Não      tenhais              vós

Não      tenham             vocês

  • Infinitivo pessoal

Por             ter                         eu

Por             teres                     vocês

Por              ter                         ele

Por              termos                 nós

Por              terdes                  vós

Por              terem                   eles

Formas nominais

  • Gerúndio: tendo;
  • Particípio passado: tido;
  • Infinitivo: ter.

Referências utilizadas neste conteúdo: CUNHA, Celso. Nova gramática do português contemporâneo. Celso Cunha, Lindley Cintra. Rio de Janeiro: Lekixon, 2017.Pequeno dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Instituto Antônio Houaiss de Lexicografia. São Paulo: Moderna, 2015.
Alexandre Garcia Peres, formado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), gosta de arte, literatura, língua portuguesa, poesia e do seu gato.

Deixe seu comentário