Autótrofos – O que são esses seres? Exemplos e Características

Os seres autótrofos são aqueles que produzem o próprio alimento, por meio da digestão de substâncias ou compostos orgânicos – é o que acontece com as plantas e algas, que sobrevivem pela fotossíntese ou quimiossíntese.

O significado da palavra autótrofo já induz algumas das principais característica dos seres que se incluem nessa classificação biológica, já que autos quer dizer próprio e trophos alimentar, ou seja, alimento próprio.

Quem são os seres autótrofos

Característica dos autótrofos

Os seres autótrofos produzem o próprio alimento, porque, em sua maioria, são incapazes de se locomover. Justamente por isso, o corpo desses organismos é desenvolvido para criar o próprio alimento a partir da matéria disponível no meio-ambiente, seja no ar, na luz, na umidade ou na terra.

Para conseguir transformar essas matérias orgânicas e compilado de substâncias em energia para o próprio desenvolvimento, os seres autótrofos desempenham processos que se assemelham à digestão e alimentação, o que é feito pela fotossíntese ou quimiossíntese.

seres autótrofos

Fotossíntese

Os autótrofos fotossintetizantes são os capazes de transformar a luminosidade em energia. Como exemplo, têm-se as flores, árvores e plantas de modo geral. Saiba como isso é possível no texto completo sobre como funciona a fotossíntese.

Quimiossíntese

Os autótrofos quimiossintetizantes transformam em alimento matérias, como o gás carbono, a água e a matéria orgânica, por meio da a oxidação das substâncias. Esses seres, portanto, não precisam de luminosidade para sobreviver – como exemplo, há alguns fungos e certas bactérias.

A diferença entre seres autotróficos e heterotróficos

Todos aqueles que não são capazes de produzir o próprio alimento se encaixam na classificação dos heterótrofos. Esses, por sua vez, precisam se alimentar de outros seres para conseguir energia, assim, utilizam membros, presas, ferramentas ou venenos para capturar seus alimentos.

Dessa forma, outra diferença é de que os autótrofos são a base da cadeia alimentar, enquanto que os heterótrofos encaixam-se no topo da cadeia alimentar, quase sempre como predadores.

Confira, aqui, as características e quem são os seres heterótrofos

Rafaela Cortes

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content