Futuro do presente – O que é? Regras para formação e Exemplos

O futuro do presente é um dos vários tempos verbais do português. Existindo apenas no modo indicativo, é utilizado, a grosso modo, para indicar ações que virão a acontecer num momento posterior ao do presente, ou seja, em algum período subsequente ao período em que a oração foi enunciada.

Porém, essa definição é genérica, pois seu significado varia a depender do contexto e da forma do verbo (simples ou composta).

Para não ter dúvidas na hora de utilizar o futuro do presente ou de interpretar uma oração com ele, confira este artigo completo a respeito que nós, do Gestão Educacional, preparamos!

O que é o futuro do presente?

O futuro do presente é um dos tempos verbais da língua portuguesa. Ele é usado especialmente para tratar de ações que ocorrerão num momento posterior ao da fala, ou seja, do presente, embora também tenha outras utilizações, como veremos ao longo deste artigo. Confira alguns exemplos:

(1) Nós estudaremos juntos ano que vem.

(2) Eu estarei na minha sala caso precise de mim.

Perceba que, nestes dois exemplos, as ações descritas acontecerão num momento posterior ao da fala: em (1), a ação de os sujeitos estudarem juntos acontecerá apenas no ano seguinte; em (2), a ação de estar na sala passará a valer apenas nos momentos posteriores ao do pronunciamento da oração.

Seria diferente, por exemplo, se disséssemos:

(3) Nós estudamos

(4) Se você precisasse de mim, eu estaria na minha sala.

Em (3), o verbo está conjugado no presente, indicando que os sujeitos, no momento da enunciação da oração, estudam juntos. Em (4), o verbo está conjugado no futuro do pretérito, indicando uma ação que poderia ter acontecido (a de o sujeito estar em sua sala) num momento posterior em relação a outra ação que ocorreu no passado (a de o interlocutor ter precisado, no passado, do sujeito). Nesse caso, apesar de envolver o futuro, ambas as ações dizem respeito a um tempo já passado, por isso o nome “futuro do pretérito”.

Vale mencionar, ainda, que o futuro do presente existe apenas na forma do indicativo, não existindo, portanto, futuro do presente do subjuntivo nem do imperativo. Ele, entretanto, divide-se em futuro do presente simples e composto, como veremos a seguir.

Futuro do presente simples (do indicativo)

Em sua forma simples, são as seguintes as possíveis utilizações do futuro do presente:

  • Indicar ações certas ou simplesmente prováveis de acontecerem (isso graças ao fato de ser “do indicativo”):
    • Miguel viajará para a Europa.
  • Em perguntas, entretanto, pode indicar incerteza ou dúvida:
    • Viajará Miguel para a Europa?
  • Na segunda pessoa, pode indicar ordem ou súplica:
    • Miguel, viajarás para a Europa e ponto final.

O futuro do presente simples também pode ser substituído por determinadas locuções verbais, sendo as principais delas:

  • O verbo “haver no presente do indicativo + “de” + “verbo principal no infinitivo, indicando, nesse caso, a intenção de se realizar algo futuramente:
    • Hei de viajar para a Europa algum dia.
  • O verbo “ir no presente” + “verbo principal no infinitivo”, indicando, nesse caso, simplesmente uma ação que acontecerá num momento posterior ao do presente:
    • Vou viajar para a Europa semana que vem.
  • O verbo “ter no presente do indicativo” + “de” + “verbo principal no infinitivo”, indicando a necessidade/obrigação de se realizar alguma ação no futuro:
    • Tenho de viajar para a Europa a negócios.

Futuro do presente composto (do indicativo)

A forma composta do futuro do presente, por sua vez, é formada pela utilização do verbo “ter” no futuro do presente, como verbo auxiliar, seguido do verbo principal conjugado no particípio passado. Ele indica especialmente ações futuras concluídas antes de outra ação começar/acontecer. Confira:

(5) Quando você voltar, eu já terei viajado para a Europa.

Neste exemplo (5), a ação de viajar para a Europa já terá acontecido, no futuro, quando a outra ação – a de o interlocutor voltar –, também no futuro, acontecer. Ambas as ações, acontecerão num momento futuro, posterior ao do instante da fala, mas uma acontecerá após a outra.

Da mesma maneira que na forma simples, a forma composta do futuro do presente em perguntas pode indicar, além de certeza, por ser “do indicativo”, dúvida ou incerteza, quando utilizada em perguntas, como: “Quando eu tiver dezoito anos, terei ingressado numa universidade?”

Regras para formação do futuro do presente

Alguns verbos da língua portuguesa, os chamados verbos regulares, seguem uma regra, comum a todos eles, para as suas formações. Os irregulares, por sua vez, não seguem essa regra, não mantendo um padrão na conjugação.

Os verbos são divididos em:

  • 1ª conjugação: verbos que possuem a vogal temática -a-:
    • Mudar, levar, cantar;
  • 2ª conjugação: verbos que possuem a vogal temática -e-:
    • Morrer, escrever, varrer;
  • 3ª conjugação: verbos que possuem a vogal temática -i-:
    • Insistir, abrir, partir.

As regras para se formar o futuro do presente com verbos regulares são as seguintes:

  • Forma simples do futuro do presente
    • 1ª conjugação

Eu           radical + arei                    U+2192.svg           Eu and + arei

Tu           radical + arás                    U+2192.svg           Tu and + arás

Ele          radical + ará                      U+2192.svg           Ele and + ará

Nós        radical + aremos            U+2192.svg          Nós and + aremos

Vós        radical + areis                   U+2192.svg           Vós and + areis

Eles        radical + arão                 U+2192.svg         Eles and + arão

    • 2ª conjugação

Eu           radical + erei                    U+2192.svg        Eu com + erei

Tu           radical + erás                  U+2192.svg         Tu com + erás

Ele          radical + erá                    U+2192.svg          Ele com + erá

Nós        radical + eremos            U+2192.svg           Nós com + eremos

Vós        radical + ereis                 U+2192.svg           Vós com + ereis

Eles        radical + erão                 U+2192.svg         Eles com + erão

    • 3ª conjugação

Eu           radical + irei                U+2192.svg          Eu part + irei

Tu           radical + irás               U+2192.svg          Tu part + irás

Ele          radical + irá                 U+2192.svg          Ele part + irá

Nós        radical + iremos          U+2192.svg         Nós part + iremos

Vós        radical + ireis               U+2192.svg          Vós part + ireis

Eles        radical + irão               U+2192.svg         Eles part + irão

  • Forma composta do futuro do presente

verbo “ter” no futuro do presente + verbo principal no particípio passado

    • 1ª conjugação

Eu           terei + particípio passado         U+2192.svg           Eu terei + andado

Tu           terás + particípio passado        U+2192.svg         Tu terás + andado

Ele          terá + particípio passado          U+2192.svg        Ele terá + andado

Nós        teremos + particípio passado  U+2192.svg          Nós teremos + andado

Vós        tereis + particípio passado          U+2192.svg         Vós tereis + andado

Eles        terão + particípio passado        U+2192.svg          Eles terão + andado

    • 2ª conjugação

Eu           terei + particípio passado          U+2192.svg           Eu terei + comido

Tu           terás + particípio passado          U+2192.svg          Tu terás + comido

Ele          terá + particípio passado            U+2192.svg          Ele terá + comido

Nós        teremos + particípio passado   U+2192.svg          Nós teremos + comido

Vós        tereis + particípio passado         U+2192.svg         Vós tereis + comido

Eles        terão + particípio passado        U+2192.svg         Eles terão + comido

    • 3ª conjugação

Eu           terei + particípio passado          U+2192.svg           Eu terei + partido

Tu           terás + particípio passado          U+2192.svg          Tu terás + partido

Ele          terá + particípio passado            U+2192.svg         Ele terá + partido

Nós        teremos + particípio passado    U+2192.svg          Nós teremos + partido

Vós        tereis + particípio passado           U+2192.svg           Vós tereis + partido

Eles        terão + particípio passado         U+2192.svg        Eles terão + partido

Referências utilizadas neste conteúdo: CUNHA, Celso. Nova gramática do português contemporâneo. Rio de Janeiro: Lekixon, 2017.ROCHA LIMA, Carlos Henrique da. Gramática Normativa da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: José Olympio, 1996.
Alexandre Garcia Peres, formado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), gosta de arte, literatura, língua portuguesa, poesia e do seu gato.

Deixe seu comentário