Locução propositiva – O que é? Quais são? Exemplos!

As preposições são utilizadas para se relacionar dois termos da oração, criando uma relação de sentido e dependência entre eles. Porém, em alguns casos, as preposições não são formadas apenas por uma palavra, mas por duas ou mais.

Quando a preposição é formada por duas ou mais palavras que, juntas, desempenham a única função de preposição, damos a esse conjunto de palavras o nome locução prepositiva.

Ficou interessado e quer saber um pouco mais? Pois confira este artigo, do Gestão Educacional, tratando justamente das famosas locuções prepositivas!

O que são preposições?

Algumas palavras da língua são responsáveis por relacionar dois outros termos da oração, subordinando um ao outro, ou seja, tornando um dependente do outro. São a essas palavras que se dá o nome de preposições.

Confira o exemplo abaixo para compreender melhor:

(1) Fiquei tão sentida que chorei de raiva.

Perceba que, neste exemplo (1), o termo destacado tem, na oração, a função de ligar as duas palavras ao seu redor, estabelecendo uma relação entre elas. Temos, portanto, um exemplo de preposição.

Ao termo que vem antes da preposição (no exemplo acima, “chorei”) dá-se o nome antecedente. Já o que vem depois (no exemplo, “raiva”) recebe o nome consequente. O termo antecedente é dependente do consequente, uma vez que o segundo completa o sentido do primeiro.

As preposições subdividem-se em dois tipos: as simples, como a do exemplo, e as compostas (que também recebem o nome “locução prepositiva).

Uma preposição é considerada simples quando é formada apenas por um vocábulo. São preposições simples, por exemplo: a, ante, até, após, com, contra, em, de, desde, perante, sobre etc.

Por outro lado, uma preposição é composta a partir do momento em que é formada por mais de um vocábulo. Tem-se, portanto, como veremos, uma locução prepositiva.

O que são locuções?

Antes de partirmos propriamente para as locuções prepositivas, faz-se necessário definir o que é uma locução.

Dá-se o nome “locução” à união entre duas ou mais palavras que, juntas, desempenham uma mesma e única função na oração. Há vários tipos de locução, a depender da função que exercem: adjetiva, verbal, adverbial, conjuntiva, prepositiva etc.

Vejamos um exemplo de locução adjetiva com a seguinte comparação:

(2) Mas que ideia absurda!

(3) Mas que ideia sem pé nem cabeça!

Perceba que, em ambos os exemplos (2 e 3), os termos destacados desempenham a função de adjetivo, modificando o sentido do substantivo “ideia”, e possuem um mesmo significado.

A única diferença é que, em (2), o adjetivo é formado apenas por uma palavra, tratando-se de um adjetivo simples, enquanto que em (3), o adjetivo é formado por mais de uma palavra: trata-se, portanto, de uma locução adjetiva.

Observe que, embora em (3) a locução seja formada por quatro termos, eles desempenham na oração apenas uma função: a de adjetivo.

O que é uma locução prepositiva?

Compreendido o que são preposições e o que são locuções, é fácil agora compreender o que é uma locução prepositiva.

Dá-se o nome “locução prepositiva” à união de dois ou mais termos que, juntos, desempenham na oração a função de uma preposição. Veja os exemplos:

  • A assembleia ocorrerá graças aos esforços de Miguel (Graças a + os);
  • Corra ao redor da casa (Ao redor de + a);
  • Você não ia falar a respeito do incêndio? (A respeito de + o).

Em todos estes exemplos, os termos em negrito estão desempenhando a função de relacionar dois termos da oração: um antecedente e outro consequente, com o consequente completando o sentido do antecedente. Os termos em negrito tratam-se, portanto, de locuções prepositivas.

Exemplos de locução prepositiva

  • A despeito de;
  • À exceção de;
  • A fim de;
  • À mercê de;
  • A par com;
  • A par de;
  • À proporção de;
  • A respeito de;
  • À volta de;
  • Abaixo de;
  • Acerca de;
  • Acima de;
  • Adiante de;
  • Além de;
  • Antes de;
  • Ao encontro de;
  • Ao lado de;
  • Ao longo de;
  • Ao nível de;
  • Ao redor de;
  • Apesar de;
  • Às custas de;
  • Às expensas de;
  • Atrás de;
  • Através de;
  • Com respeito a;
  • De acordo com;
  • De cima de;
  • Debaixo de;
  • Defronte de;
  • Dentro de;
  • Depois de;
  • Diante de;
  • Em atenção a;
  • Em cima de;
  • Em frente a;
  • Em frente de;
  • Em lugar de;
  • Em redor de; etc.

Contrações das locuções prepositivas

Embora sejam formadas por termos de outras classes gramaticais, as locuções prepositivas sempre terminam em preposição.

Algumas preposições, ao se juntarem a outros termos, como artigos definidos e alguns pronomes, sofrem contrações, ou seja, combinam-se, tornando-se uma única palavra e resultando no encurtamento de um dos termos.

Algumas das contrações das preposições, por conta da junção destas com artigos definidos e alguns pronomes, são as seguintes, segundo Rocha Lima (1996, p. 181, adaptado e estendido):

  • a + o = ao;
  • a+ os = aos;
  • a + a = à;
  • a + as = às;
  • a + aquele = àquele;
  • a + aquela = àquela;
  • a + aqueles = àqueles;
  • a + aquelas = àquelas;
  • a + aquilo = àquilo;
  • de + o = do;
  • de + este = deste;
  • de + esse = desse;
  • de + isto = disto;
  • de + aquele = daquele;
  • em + a = na;
  • em + o = no;
  • em + os = nos;
  • em + as = nas;
  • em + um = num;
  • em + uma = numa;
  • em + uns = nuns;
  • em + umas = numas;
  • em + essa = nessa;
  • por + o = pelo;
  • por + a = pela;
  • por + os = pelos;
  • por + as = pelas;
    etc.

Alexandre Garcia Peres

Alexandre Garcia Peres, formado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), gosta de arte, literatura, língua portuguesa, poesia e do seu gato.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content