Papagaio – Características físicas, Comportamento, Habitat, Alimentação e Reprodução

Papagaio é o nome dado às aves que pertencem à família dos Psittacideos e à ordem Psittaciformes. Essa ordem também inclui as cacatuas, os periquitos, as maritacas e as araras. A família dos Psittacidae é representada por 333 espécies, e a subfamília Psittacinae compreende os papagaios verdadeiros.

Essa subfamília é considerada a maior grupo em número de espécies e também em distribuição geográfica. No Brasil, essas aves podem ser encontradas em todo o país, embora certas espécies sejam características apenas de determinadas regiões.

Os papagaios são aves bastante populares. Elas são comumente vistas em cativeiros há muito tempo, em função de sua exuberante beleza e também de sua habilidade de imitar sons, até mesmo a fala humana. Além disso, são espécies bastante inteligentes e demonstram carinho e afeto. Outro ponto que motiva as pessoas a desejarem esse animal como pet é que ele pode viver muitos anos.

Características físicas do papagaio

O papagaio mede aproximadamente 37 centímetros de comprimento e pesa 400 gramas, mas isso varia de espécie para espécie. O corpo é robusto, o pescoço é curto e os pés têm quatro dedos, sendo dois para a frente e dois para trás. Essa disposição é ideal para equilibrarem o peso do corpo nos poleiros.

A coloração de sua penugem também varia grandemente, já que é uma ave muito colorida, principalmente na cabeça e nas asas. Pode apresentar diversas cores misturadas ou ser de duas cores. As mais comuns são verde, amarelo, vermelho e azul.

As narinas e o bico são escuros e os olhos são vermelhos. O bico é forte e curvo, formato ideal para abrir cascas duras.

Comportamento

O papagaio pode ser visto aos pares ou em bando, e é um animal de hábito diurno, em sua grande maioria. Para dormir, sempre se reúnem em bandos.

No entanto, na Austrália, há um periquito (Geopsittacus occidentalis) que se alimenta de sementes de gramíneas durante a noite e dorme durante o dia. Esse animal estava supostamente extinto no país até ser visto novamente em 1990. Também na Austrália, há outra espécie que, ao invés de habitar o topo das árvores e rochas, fica no chão, o Pezoporus wallicus. Como defesa, essas aves permanecem imóveis e caladas.

Habitat

Os papagaios ocorrem principalmente no hemisfério Sul. As espécies de papagaio habitam preferencialmente florestas úmidas e de galeria, mas ocorrem também em savanas, como no Cerrado brasileiro.

Podem ocorrer também em áreas cultivadas, como matas de palmeiras. Por isso, em algumas regiões, essas aves entram em conflito com os seres humanos, como em locais de produção de óleo de palma.

Alimentação

O papagaio é herbívoro. Sua dieta é baseada no consumo de sementes e frutos, como o amendoim e o pinhão. Algumas espécies podem consumir também insetos.

Reprodução

O período reprodutivo ocorre de setembro a março. Os ninhos são construídos em rochas, barrancos ou ocos de árvores. Os filhotes permanecem no ninho até os 2 meses.

Esse animal só atinge a idade adulta por volta dos 5 anos de idade.

Curiosidades

Canto e ameaças

Diversas espécies de papagaios estão ameaçadas por conta de sua habilidade de “falar” e do seu canto. Além disso, muitos colecionadores o admiram pela sua beleza exuberante e até para utilizar suas penas como adornos. Assim, muitos indivíduos são capturados e comercializados ilegalmente como animais de estimação, contribuindo para o tráfico de animais silvestres. No Brasil, a captura e caça de animais silvestres é proibida por lei.

A habilidade dos papagaios em imitar os seres humanos e outros animais é espontânea. Eles possuem uma região no cérebro que permite essa ação, estando relacionada ao controle do movimento e localizada em volta da estrutura responsável pelo som vocal.

Além disso, os pesquisadores descobriram que os papagaios possuem um padrão complexo de expressão genética em todas as três partes de seus cérebros.

Entre os papagaios que imitam sons de maneira muito eficiente estão as Amazonas, do gênero Amazona, que compreende 31 espécies. O papagaio-cinzento (Psittacus erithacus), da África, também é outra espécie que imita a voz de seres humanos perfeitamente.

Além da captura pelo tráfico ilegal, algumas espécies de papagaios também estão ameaçadas pela perda de habitat para a agricultura, as cidades e as construção de indústrias.

Referências utilizadas neste conteúdo:

https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia

Bruna Manuele Campos

Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela USP (2016 e 2018), tem 25 anos e é apaixonada pela natureza e por explorar o mundo. Quando não está se aventurando por aí, gosta de aquietar as pernas com livros e séries.

Conheça Mais Sobre o Autor

Publicações Relacionadas

Deixe seu Comentário

WebGo Content