Pronomes substantivos – O que são? Como usar? Exemplos e Exercícios!

Os vários tipos de pronomes podem ser divididos em dois grupos: os pronomes substantivos e os pronomes adjetivos.

Diz-se que um pronome é adjetivo quando ele desempenha, na oração, uma função semelhante à de um adjetivo, determinando algum substantivo. Pelo contrário, diz-se que se trata de um pronome substantivo quando o pronome exerce, na oração, função de substantivo.

Neste artigo do Gestão Educacional, vamos nos aprofundar num desses dois grupos de pronomes: no de pronomes substantivos. Confira!

O que são pronomes substantivos?

Ao se tratar de um pronome substantivo, não estamos necessariamente falando de um tipo particular de pronome, mas sim apontando uma das funções que os pronomes podem desempenhar nas orações. Veja o exemplo abaixo para compreender melhor:

(1) A casa, que eu finalmente consegui comprar, é muito grande. Ela tem quase 800m²!

Perceba que, neste exemplo, dois pronomes foram empregados: o pronome relativo “que” e o pronome pessoal do caso reto “ela”. Ambos os pronomes estão retomando um mesmo termo: o substantivo “casa”. Por estarem retomando um substantivo, substituindo-o, eles acabam por desempenhar, na oração, a função de um substantivo.

Ambos os pronomes do exemplo (1), portanto, são considerados pronomes substantivos (por desempenharem funções equivalentes às de um substantivo).

Diversos tipos de pronomes podem desempenhar uma função substantiva na oração. Veja algumas possibilidades:

(2) Eu finalmente consegui o que eu queria (Pronomes pessoais substantivos);

(3) A minha casa é aquela (Pronome pessoal demonstrativo);

(4) A vida, que para mim é tão difícil, deve ter algum propósito (Pronome relativo substantivo).

Pronomes substantivos x pronomes adjetivos

Agora você deve estar pensando: mas os pronomes podem desempenhar outra função que não a de um substantivo? A resposta é: sim!

Além da função que já vimos, ou seja, a de substantivo, os pronomes também podem exercer a função de adjetivos. Veja o exemplo abaixo:

(5) A minha mãe é um doce de pessoa!

O termo em negrito neste exemplo (5) é um pronome possessivo. Esse pronome está desempenhando, na oração, a função de um adjetivo, determinando o substantivo mais próximo a ele, nesse caso, “mãe”: não se trata de qualquer mãe – é a mãe do sujeito responsável pela oração.

Para se distinguir um pronome substantivo de um adjetivo é muito simples: os pronomes adjetivos vêm sempre acompanhados de um substantivo, ao qual modificam o sentido. Já os pronomes substantivos, não: eles vêm sozinhos, apenas retomando/substituindo algum substantivo mencionado anteriormente. Veja a comparação:

(6) A irmã viajou para São Paulo. Ela chegou lá na sexta-feira;

(7) A minha irmã viajou para São Paulo, chegando lá na sexta-feira.

Em (6), o pronome pessoal do caso reto, em negrito, é um pronome substantivo. Perceba que ele está retomando o substantivo “irmã”, mas existe de maneira independente, sem estar acompanhado de nenhum outro termo.

O mesmo não ocorre em (7), em que o pronome possessivo em negrito está acompanhando e determinando o substantivo “irmã”, indicando que não é qualquer irmã, mas a irmã do sujeito. Esse pronome em questão não existe de maneira independente: ele acompanha o substantivo ao qual está relacionado.

Alexandre Garcia Peres

Alexandre Garcia Peres, formado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), gosta de arte, literatura, língua portuguesa, poesia e do seu gato.

Conheça Mais Sobre o Autor

Teste seus conhecimentos sobre Pronomes substantivos – O que são? Como usar? Exemplos e Exercícios!

1) Assinale a alternativa em que o pronome sublinhado não é um pronome substantivo.

  • a) Andressa não sabia, mas ela ganharia uma irmãzinha.
  • b) Minha mãe é aquela ali.
  • c) Como ele sabia que nós estávamos aqui?
  • d) Você conhece alguma casa para alugar?

Deixe seu Comentário

WebGo Content