Região Centro-Oeste – Estados, Clima, Vegetação, Relevo e Curiosidades

A Região Centro-Oeste é uma das últimas áreas do território brasileiro que foi ocupada. Estende-se por 1.606.366km², e tem riquezas naturais impressionantes, como o bioma Pantanal.

O Brasil é país de dimensões continentais, o que lhe garante diferenças físicas e culturais. A língua, por exemplo, é o português, mas, de acordo com regionalismos, algumas palavras podem mudar de sentido de um estado para o outro.

Essas diferenças criam regionalizações que unem lugares com características similares. Isso pode ser visto na divisão do país em regiões: Norte, Sul, Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste. Aqui, vamos nos concentrar nessa última.

Região Centro-Oeste

Estados que compõem a região Centro-Oeste

A região passou a ser povoada com mais intensidade no decorrer do século XX. É certo que nos anos séculos anteriores os bandeirantes também estiveram por essas terras, mas só tinham o interesse na captação de ouro e prata.

É a partir do trabalho do Marechal Rondon que muitos lugares começaram a ser habitados no Centro-Oeste, dando origem a vilas, cidades e estados.

Dentro dessa divisão política-administrativa, temos os seguintes estados:

  • Mato Grosso;
  • Mato Grosso do Sul;
  • Goiás.

Em 1960, a capital brasileira foi transferida para ocupar uma parte pequena do território goiano. Brasília nasceu (onde se estabeleceu o Distrito Federal, que tem atribuições de estado) e estimulou ainda mais o povoamento da região.

Clima do Centro-Oeste

A região está numa área de transição entre os climas equatorial, subtropical e tropical. Assim, recebe influência dessas categorias, e em sua extensão ocorrem os climas:

  • Tropical úmido (inverno seco, verão quente e com muitas chuvas; temperaturas entre os 22ºC aos 40ºC);
  • Equatorial úmido (chove muito durante o ano e não há uma diferença entre as temperaturas médias).

Uma característica muito presente nas cidades desta região é o ar seco, o que provoca muitos problemas de saúde nas pessoas.

Região Centro-Oeste

Vegetação do Centro-Oeste

Dentre os principais biomas que encontramos nesta região do Brasil, estão:

  • Floresta Amazônica;
  • Floresta Tropical;
  • Cerrado;
  • Pantanal;
  • Áreas de Campos.

Todos são riquíssimos em espécimes de fauna e flora. O Pantanal, por exemplo, é o lugar onde existem mais espécies de répteis no mundo.

Porém, o Centro-Oeste passou a ser a grande referência da agropecuária no país. Boa parte da vegetação nativa tem dado lugar ao plantio de soja e outras monoculturas.

Também, é área de imensos pastos para a criação de bovinos, em sua maior parte.

Os biomas mais afetados por esse avanço são o Cerrado, a Floresta Tropical e os Campos, o que gera muitos debates entre ambientalistas e produtores rurais.

Pantanal

Relevo do Centro-Oeste

A fisiografia da região é bem interessante. Aqui, muitas serras e chapadas dão o tom do relevo. São paisagens belas e planas, o que favorece o plantio de culturas.

Dentro da geomorfologia da região Centro-Oeste, o destaque fica para:

  • Serra do Roncador;
  • Serra do Caiapó;
  • Serra Dourada;
  • Serra Geral dos Goiás;
  • Serra do Tombador;
  • Serra dos Apiacás;
  • Serra da Bodoquena;
  • Chapada dos Veadeiros;
  • Chapada dos Parecis;
  • Planície do Pantanal.

Por esse relevo, cortam rios e afluentes importantes, tais como: Rio Xingu, Rio Paraguai, Rio Araguaia, Rio Parto e Rio das Mortes.

Curiosidades

Cultura Centro-Oeste

Cavalhada – evento artístico da região.

Muitas cidades estão afastadas dos grandes centros brasileiros, por isso, muitas pessoas da região se voltam a outros países vizinhos, como Paraguai e Bolívia. Daí nasce mais fusões culturais entres os povos.

Claro que não se limita a questões humanas. As parcerias econômicas são bem acentuadas. Por aqui passa, por exemplo, o gasoduto Bolívia-Brasil – de Santa Cruz de La Sierra, passando por Corumbá (Mato Grosso do Sul) até chegar na cidade paulista de Guararema.

Outro ponto é que, mesmo com a devastação das matas nativas, muitos lugares do Centro-Oeste permanecem paradisíacos – o que aumenta as atividades sustentáveis, como o Ecoturismo.

Essa modalidade atraí milhares de turistas durante o ano, que desejam conhecer impressionantes lugares, como:

  • A cidade turística de Bonito, localizada no Mato Grosso do Sul, que tem no Rio Formoso e na Lagoa Azul pontos turísticos fundamentais nos roteiros dos visitantes;
  • A Chapada dos Veadeiros (Goiás) que soma belezas locais, como as Cataratas dos Couros e muitas lendas locais;
  • As aldeias indígenas dos Xavantes (Mato Grosso e Goiás), que resiste bravamente ao avanço das grandes propriedades.

Essas são algumas das peculiaridades do Centro-Oeste.

Gostou do conteúdo? Então, confira, também, Cultura do Centro-Oeste – Formação e Manifestações culturais!

Rafaela Cortes

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content