Bandeira do Brasil – Significado das cores, dos Símbolos e da História

A bandeira do Brasil é a principal simbologia do país, funcionando como um fator de diferenciação entre os territórios globais e um símbolo de patriotismo. Os atributos nela simbolizados contam muito sobre a história da nação brasileira e suas características.

Seu formato atual é utilizado de forma oficial desde 1889, consistindo em um retângulo verde, losango amarelo e, ao centro, esfera azul com 27 estrelas dispostas e uma faixa com o dizer “Ordem e Progresso”.

Mas, o que tudo isso significa? Abaixo, você confere o que cada elemento da bandeira nacional conta sobre o país.

Bandeira do Brasil

Significado da bandeira do Brasil

A bandeira do Brasil simboliza o positivismo, uma filosofia republicana, a qual acredita que a riqueza social só se conquista por meio do respeito entre os seres humanos, bem como pelo investimento intelectual e moral da nação. A ideia é explicitada no lema “ordem em progresso”, originalmente utilizado por Augusto Comte – fundador do positivismo.

Já as cores, significam, sobretudo, a riqueza natural da flora e fauna brasileira.

Significado das cores

Originalmente, as cores da bandeira brasileira (verde, amarelo, azul e branco) simbolizavam as tonalidades das casas reais da família de Dom Pedro I. Quando criada, no século XIX, cada cor ali presente significava:

  • Verde: brasão da família Bragança – os monarcas que lideravam Portugal;
  • Amarelo: homenagem à dinastia Hasburgo que governava a Áustria, simbolizando, também, a cor do Imperador;
  • Azul: homenagem à Santa Maria, padroeira de Portugal;
  • Branco: desejo de paz.

No entanto, quando o Brasil conquistou a independência, em 1822, a simbologia foi ressignificada e, desde então, suas cores simbolizam:

  • Branco: desejo pela paz;
  • Azul: céu e rios brasileiros;
  • Amarelo: riquezas naturais do Brasil;
  • Verde: riqueza da flora e fauna do país.

cores da bandeira

Quantas estrelas tem e o que significa?

As 27 estrelas fazem alusão a cada estado brasileiro, sendo que a posição delas foram exatamente as nove constelações que podiam ser vistas no Rio de Janeiro às 8 horas e 30 minutos do dia 15 de novembro de 1889 – data exata da Proclamação da República.

Inclusive, há uma lei ( nº 8.421) que determina que o país renove a bandeira brasileira toda vez que forem acrescentados ou excluídos novos estados ao território do país. Isso já aconteceu em 1992, quando houve a inclusão dos estados Amapá, Tocantins, Roraima e Rondônia.

estrelas da bandeira brasileira

Significado das formas

Ao contrário das cores, as formas da bandeira brasileira mantiveram o significado original da sua primeira versão – criada ainda no Brasil colônia. Elas significam:

  • Losango: proteção da família pela mulher;
  • Círculo azul: emblema tradicional romano.

Portanto, grande parte da simbologia do país ainda remete ao passado exploratório português que originou a nação brasileira.

História da Bandeira do Brasil

O Brasil já teve 13 bandeiras ao longo de sua história, sendo a atual utilizada desde 1889. Seu desenho foi criado pelo pintor francês Jean Baptiste Debret, com a ajuda dos projetistas Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos e do astrônomo Manuel Pereira Reis.

A presente versão partiu de uma recriação da bandeira do Império, com o objetivo de diferenciar o emblema brasileiro que havia acabado de se tornar uma nação independente do seu antigo simbolismo colonial. Foi então que as cores se modificaram e o então brasão monárquico de Dom Pedro I foi trocado pelo círculo em azul, com o emblema “ordem e progresso”.

Todas as bandeiras do Brasil

Abaixo, seguem os formatos de todas as versões, desde a primeira até a atual:

Bandeira da Ordem de Cristo (1332 – 1651)

bandeira do brasil (1332 - 1651)

Bandeira Real (1500 – 1521)

bandeira do brasil (1500 - 1521)

Bandeira de D. João III (1521 – 1616)

bandeira do brasil (1521 - 1616)

Bandeira de D. João III (1521 – 1616)

bandeira do brasil (1521 - 1616)

Bandeira do Domínio Espanhol (1616 – 1640)

bandeira do brasil (1640 - 1683)

Bandeira da Restauração (1640 – 1683)

bandeira do brasil (1645 - 1816)

Bandeira do Principado do Brasil (1645 – 1816)

bandeira do brasil (1683 - 1706)

Bandeira de D. Pedro II, de Portugal (1683 – 1706)

bandeira do brasil (1600 - 1700)

Bandeira Real do Século XVII (1600 – 1700)

bandeira do brasil (1816-1821)

Bandeira do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarve (1816-1821)

bandeira do brasil (1821- 1822)

Bandeira do Regime Constitucional (1821- 1822)

bandeira do brasil (1821- 1822)

Bandeira Imperial do Brasil (1822 – 1889)

bandeira do brasil (1822 - 1889)

Bandeira Provisória da República (15 a 19 de Novembro 1889)

5 Curiosidades sobre a bandeira brasileira

Culturalmente, o povo brasileiro não tem tradições patrióticas, o que faz com que os símbolos nacionais sejam referenciados e contemplados somente em momentos muito especiais. No entanto, não é isso que prevê o regimento da nação instituído pela Constituição Federal. Lei 5.700/1971, por exemplo, determina como a bandeira deve ser confeccionada e até o que pode e não pode ser feito no momento de idolatrar a bandeira ou cantar o hino nacional. Confira outros fatos curiosos relacionados a esse símbolo nacional:

  1.  Bandeira deve ser hasteada todos os dias nas instituições federais, estaduais e municipais;
  2. Escolas públicas devem hastear a bandeira uma vez na semana, pelo menos;
  3. Quando a bandeira estiver sendo hasteada, não é permitido o uso de chapéus, bonés e lenços na cabeça, a não ser militares;
  4. Proibi-se o uso da bandeira nacional em embalagens e rótulos;
  5. Bandeiras rasgadas devem ser levadas para uma sede da Polícia Militar, para que sejam incineradas no Dia da Bandeira, comemorado no dia 19 de novembro.

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply