Bandeira do Brasil – Significado das cores, dos Símbolos e da História

A bandeira do Brasil é a principal representação do país, pois é símbolo de patriotismo e fator de diferenciação entre os territórios globais. Os atributos nela simbolizados contam muito sobre a história da nação brasileira e de suas características.

Seu formato atual é oficialmente utilizado desde 1889, consistindo em um retângulo verde, um losango amarelo e, ao centro, uma esfera azul com 27 estrelas dispostas e uma faixa com o dizer “Ordem e Progresso”.

Mas, o que tudo isso significa? Abaixo, você confere o que cada elemento da bandeira nacional representa do nosso país.

Foto da bandeira do Brasil

Bandeira do Brasil

Significado da bandeira do Brasil

A bandeira do Brasil simboliza o Positivismo, uma filosofia republicana, a qual acredita que a riqueza social só se conquista por meio do respeito entre os seres humanos, bem como pelo investimento intelectual e moral da nação. A ideia é explicitada no lema “Ordem em progresso”, originalmente utilizado por Auguste Comte – fundador do Positivismo.

Já as cores significam, sobretudo, a riqueza natural da flora e fauna brasileira.

Significado das cores

Originalmente, as cores da bandeira brasileira (verde, amarelo, azul e branco) simbolizavam as tonalidades das casas reais da família de Dom Pedro I. Quando criada, no século XIX, cada cor ali presente significava:

  • Verde: brasão da família Bragança – os monarcas que lideravam Portugal;
  • Amarelo: homenagem à dinastia Hasburgo que governava a Áustria, simbolizando, também, a cor do Imperador;
  • Azul: homenagem à Santa Maria, padroeira de Portugal;
  • Branco: desejo de paz.

No entanto, quando o Brasil conquistou a Independência em 1822, a simbologia foi ressignificada e, desde então, suas cores representam:

  • Branco: desejo pela paz;
  • Azul: céu e rios brasileiros;
  • Amarelo: riquezas naturais do Brasil;
  • Verde: riqueza da flora e fauna do país.

cores da bandeira

Quantas estrelas há e o que significa?

As 27 estrelas fazem alusão a cada estado brasileiro, sendo que a posição delas representa exatamente a posição das nove constelações que podiam ser vistas no Rio de Janeiro às 8 horas e 30 minutos do dia 15 de novembro de 1889 – data exata da Proclamação da República.

Inclusive, há uma lei (nº 8.421) que determina que o país renove a bandeira brasileira toda vez que forem acrescentados ou excluídos novos estados ao seu território. Isso já aconteceu em 1992, quando ocorreu a inclusão dos estados Amapá, Tocantins, Roraima e Rondônia.

>> Veja, aqui, a lista completa dos 26 estados brasileiros <<

estrelas da bandeira brasileira

Significado das formas

Ao contrário das cores, as formas da bandeira brasileira mantiveram o significado original da sua primeira versão – criada ainda no Brasil Colônia. Elas simbolizam:

  • Losango: proteção da família pela mulher;
  • Círculo azul: emblema tradicional romano.

História da Bandeira do Brasil

O Brasil já teve 13 bandeiras ao longo de sua história, sendo a atual utilizada desde 1889. Seu desenho foi criado pelo pintor francês Jean Baptiste Debret, com a ajuda dos projetistas Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos e do astrônomo Manuel Pereira Reis.

A presente versão partiu de uma recriação da bandeira do Império, com o objetivo de diferenciar o emblema brasileiro, afinal o país havia acabado de se tornar uma nação independente e desejava se afastar de seu antigo simbolismo colonial. Foi então que as cores se modificaram e o brasão monárquico de Dom Pedro I foi trocado pelo círculo em azul, com a frase ao centro”Ordem e Progresso”.

Todas as bandeiras do Brasil e sua evolução ao longo da história

Abaixo, você pode conferir os formatos de todas as versões das bandeiras, desde a primeira até a atual:

Bandeira da Ordem de Cristo (1332 – 1651)

bandeira do brasil (1332 - 1651)

A primeira bandeira do Brasil nada se parece com a da atualidade. Sua origem veio com as Grandes Navegações portuguesas. Essa bandeira é a mesma que estava hasteada no navio de Pedro Álvares Cabral quando chegou à costa brasileira, e, como homenagem, também foi o primeiro símbolo do país que ainda nem era oficialmente reconhecido.

Bandeira Real (1500 – 1521)

bandeira do brasil (1500 - 1521)

A Bandeira Real é uma adaptação das bandeiras usadas nas Grandes Navegações portuguesas. Essa versão podia ser vista em algumas das embarcações que chegavam ao solo brasileiro. A história conta que ela foi criada por João II, um dos reis de Portugal e seu desenho simboliza o o estandarte real branco ao lado do brasão de armas do país.

Bandeira de D. João III (1521 – 1616)

bandeira do brasil (1521 - 1616)

Esta versão da bandeira do Brasil foi usada durante o reinado de Dom João II de Portugal. Ela se tornou popular durante as expedições colonizadoras e com a consolidação das capitas hereditárias. Seu uso teve fim até a divisão do território brasileiro em dois governos.

Bandeira do Domínio Espanhol (1616 – 1640)

bandeira do brasil (1521 - 1616)

Quando Portugal foi tomado pela Espanha, entre 1616 a 1640, a bandeira da então colônia brasileira foi adaptada para essa versão. A duração do simbolismo se sucedeu durante o governo do Rei da Espanha, conhecido como Filipe III. Como itens adicionais, foram acrescentados a coroa do império e os 5 ramos de cada lado que funcionavam como um símbolo de bonança.

Bandeira da Restauração (1640 – 1683)

bandeira do brasil (1640 - 1683)

Quando terminou o domínio espanhol sob Portugal, a bandeira voltou a ter suas características anteriores, mas com a diferença de ter um contorno azulado – uma insistência de Dom João IV que não admitia que a bandeira permanecesse a mesma.

Nessa versão foram mantidos o brasão de armas de Portugal, e o entorno azul adicionado pelo novo rei foi uma homenagem à Nossa Senhora da Conceição, padroeira do país.

Bandeira do Principado do Brasil (1645 – 1816)

bandeira do brasil (1645 - 1816)A bandeira do principado é a primeira criada somente para o Brasil, sem fazer referências claras a Portugal. Sua criação se sucedeu durante o governo de Dom João IV, que se autointitulou “príncipe do Brasil” e homenageou a bandeira ao seu filho, Teodósio.

Apesar de ser a primeira bandeira criada exclusivamente para o Brasil não é tida como a primeira bandeira nacional, visto que na época o país ainda não era independente.

Bandeira de D. Pedro II de Portugal (1683 – 1706)

bandeira do brasil (1683 - 1706)

A bandeira de Pedro II de Portugal foi uma adaptação do brasão das Grandes Navegações que chegaram ao Brasil, com um fundo verde simbolizando a identidade brasileira, já conhecida por sua riqueza natural. Essa versão da bandeira foi usada durante o auge das expedições bandeirantes que assolaram e ao mesmo tempo desvendaram o solo brasileiro entre os anos de 1680 a 1700.

Bandeira Real do Século XVII (1600 – 1700)

bandeira do brasil (1600 - 1700)

A Bandeira Real também foi criada por Pedro II, mas para simbolizar oficialmente o seu reino. Nessa versão do brasão é adicionada uma cruz vermelha da Ordem de Cristo como simbolismo de fé e benção.

Bandeira do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarve (1816 – 1821)

bandeira do brasil (1816-1821)

Com a chegada da família real ao Brasil, em 1808, começou a repensar a bandeira brasileira. A primeira versão renovada se deu em 1815, criada pelo Reino Unido de Portugal. Aqui é a primeira vez que aparece o círculo azul, que permanece como característica do símbolo nacional até hoje.

Bandeira do Regime Constitucional (1821-1822)

bandeira do brasil (1821- 1822)

Essa foi a última versão da bandeira brasileira sob colônia portuguesa. A criação se sucedeu um ano depois da monarquia portuguesa ter sido abolida, instituindo-se o regime constitucional. Foi essa bandeira que foi hasteada durante o Grito do Ipiranga, ato que tornaria o Brasil independente.

Bandeira Imperial do Brasil (1822 a 1889)

bandeira do brasil (1821- 1822)

A primeira bandeira nacional do Brasil já tem muito das características que permanecem ainda hoje. Sua criação levou como inspiração ramos de café e tabaco, muitos cultivados na época. Com influência de Dom Pedro I como imperador ainda havia a presença da coroa real.

Bandeira Provisória da República (15 a 19 de novembro de 1889)

bandeira do brasil (1822 - 1889)

Até a data da Proclamação da República, em 15 de novembro de 1889, o Brasil ainda não tinha uma bandeira oficial, e era normal usar várias versões, entre elas, essa provisória que, inclusive, foi utilizada para representação da nação durante a proclamação de independência brasileira.

Basta olhar para essa versão da bandeira para constatar a influência norte-americana sobre a nossa cultura, afinal, esse país também apresentava em sua própria bandeira treze listras e estrelas num retângulo superior.

Bandeira Nacional (1889 – Atual)

Bandeira do Brasil

A bandeira nacional tal como se usa atualmente foi oficializada em 19 de novembro de 1889. Seu design tenta respeitar os conceitos antigos, mas atribuindo uma nova identidade aos simbolismos.

A antiga coroa imperial foi substituída pelo círculo azul e foi acrescentada a faixa com a frase “Ordem e Progresso”, um lema positivista que tudo tinha a ver com o momento de independência. Inclusive, foi nesse momento que o Hino da Bandeira foi criado.

Na época, a bandeira continha 21 estrelas que representavam os 20 estados brasileiros mais o Distrito Federal. Hoje, entretanto, são 27 estrelas, já que de lá para cá alguns estados foram acrescentados ao território nacional.

🗺️>> CLIQUE, AQUI, PARA ABRIR O MAPA DO BRASIL <<🗺️

5 Curiosidades sobre a bandeira brasileira

Culturalmente, o povo brasileiro não tem tradições patrióticas, o que faz com que os símbolos nacionais sejam referenciados e contemplados somente em momentos muito especiais. No entanto, não é isso que prevê o regimento da nação, instituído pela Constituição Federal. Lei 5.700/1971, por exemplo, determina como a bandeira deve ser confeccionada e até o que pode ou não ser feito no momento de adorar a bandeira ou cantar o hino nacional.

Confira outros fatos curiosos relacionados a esse símbolo nacional:

  •  A bandeira deve ser hasteada todos os dias nas instituições federais, estaduais e municipais;
  • As escolas públicas devem hastear a bandeira uma vez na semana, pelo menos;
  • Quando a bandeira estiver sendo hasteada, não é permitido o uso de chapéus, bonés e lenços na cabeça, a não ser militares;
  • Proibi-se o uso da bandeira nacional em embalagens e rótulos;
  • Bandeiras rasgadas devem ser levadas para uma sede da Polícia Militar, para que sejam incineradas no Dia da Bandeira, comemorado no dia 19 de novembro.

Imagem da bandeira do Brasil para colorir

Pratique o seu conhecimento a respeito da bandeira do Brasil pintando a imagem abaixo!

Bandeira do Brasil para Colorir

Como desenhar a bandeira do Brasil

Quer tentar desenhar a bandeira do Brasil você mesmo? Então, segue o passo a passo de como fazer sem precisar usar papel vegetal!

  1. Desenhe um retângulo grande;
    Como desenhar a bandeira do Brasil - Passo 1
  2. Deixe um dedo de margem em cada lado do retângulo. Dentro dessa margem, faça um losango;
    Como desenhar a bandeira do Brasil - Passo 2
  3. Deixe 1 mm de margem dentro do losango e faça um círculo com uma faixa cortando-o na horizontal. Note que a faixa deve acompanhar a curvatura do círculo;
    Como desenhar Bandeira do Brasil
  4. Para finalizar, inclua as 27 estrelas, atentando-se para a localização de cada uma. A parte mais importante é deixar uma delas sobre a faixa (a que representa o Distrito Federal) e as demais na parte de baixo. Dentro da faixa, escreva o lema em caixa alta: ORDEM E PROGRESSO. Pronto! Você já tem a sua própria bandeira do Brasil.
    Como desenhar a bandeira do Brasil - Passo 4

Agora que você sabe um pouco mais a respeito da bandeira do Brasil, que tal testar os seus conhecimentos nos exercícios que preparamos para você? Basta rolar até o final da página e se divertir! Ah, e não deixe de compartilhar com os seus amigos, desafiando eles também.

Rafaela Cortes

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Teste seus conhecimentos sobre Bandeira do Brasil – Significado das cores, dos Símbolos e da História

1) Hoje, sabemos que as cores da bandeira do Brasil, verde, amarelo, azul e branco, dizem respeito, respectivamente, às riquezas de flora e fauna, às riquezas naturais, ao céu e aos rios e ao desejo de paz. No entanto, originalmente, antes da Independência do país, quais eram os significados das cores, respectivamente?

  • a) Família Hasburgo (verde); dinastia Bragança (amarelo); Padroeira de Portugal (azul); desejo de paz (branco).
  • b) Família Bragança (verde); dinastia Hasburgo (amarelo); Padroeira de Portugal (azul); desejo de paz (branco).
  • c) Família Bragança (verde); dinastia Hasburgo (amarelo); Céus e rios (azul); desejo de paz (branco).
  • d) Família Bragança (verde); dinastia Hasburgo (amarelo); Padroeira de Portugal (azul); desejo de independência (branco).

2) Quantas estrelas há na Bandeira do Brasil e o que elas representam?

  • a) 26 representando os estados brasileiros.
  • b) 25 representando as capitais do país.
  • c) 27 representando a posição de nove constelações.
  • d) 24 representando cada casa da família imperial.

3) O lema "Ordem e Progresso", ao centro da bandeira, indica uma simbologia e referência a qual ideologia?

  • a) Comunismo.
  • b) Capitalismo.
  • c) Positivismo.
  • d) Iluminismo.

Um comentário

  • Eliete reis disse:

    Gostei do teste. Aprendi o significado da bandeira do Brasi, império é depois, quando nos tornamos república.

Deixe seu Comentário

WebGo Content