Animais da Mata Atlântica – Características físicas, Comportamento, Habitat, Alimentação e Reprodução

A Mata Atlântica brasileira é considerada um hotspot mundial, ou seja, um local que abriga grande diversidade, porém também uma variedade de ameaças. Esse bioma, atualmente, encontra-se reduzido em cerca de  13% de sua área inicial.

Ele abriga aproximadamente mil espécies de aves, 370 espécies de anfíbios, 350 de peixes, 270 mamíferos e 200 de répteis. No entanto, destas, 633 espécies se encontram ameaçadas de extinção. Além da perda de habitat, alguns de seus animais estão ameaçadas pelo tráfico.

Mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia)

Características físicas

Esta espécie mede cerca de 60 centímetros de altura e possui pelos dourados no corpo e marrons no rosto. Ao redor das orelhas, tem tufos de pelos arrepiados, e também conta com uma longa cauda.

Comportamento

É diurno e sociável.

Habitat

Ocorrem em áreas de floresta tropical, sendo encontrados exclusivamente na Mata Atlântica brasileira.

Alimentação

São animais onívoros. A dieta é composta principalmente por frutos, mas também de insetos, pequenos vertebrados e ovos.

Reprodução

O período reprodutivo ocorre entre setembro e novembro e entre janeiro e março, podendo se reproduzir uma ou duas vezes durante o ano. Cada gestação produz dois filhotes gêmeos e ambos os pais realizam o cuidado parental.

Muriqui-do-norte (Brachyteles hypoxanthus)

Características físicas

Este primata pode pesar até 9,6 quilos e medir 1,3 metros. Sua pelagem corporal é bege, enquanto a do rosto é preta. Apresenta uma longa cauda, também.

Comportamento

São sociáveis e diurnos.

Habitat

Habita florestas estacionais e ombrófilas densas, apresentando certa tolerância a modificações ambientais.

Alimentação

É uma espécie herbívora. Sua alimentação é baseada em folhas, frutos, néctar das flores, brotos, sementes e casca de árvores.

Reprodução

A gestação dura até 255 dias e cada uma dá origem a apenas um filhote. O desmame ocorre por volta dos 2 anos de idade.

Tiê-sangue (Ramphocelus bresilius)

Características físicas

Esta ave mede aproximadamente 19 centímetros de comprimento e pesa cerca de 35,5 gramas. O macho apresenta plumagem vermelho-vivo no corpo e asas e cauda com penas pretas. As fêmeas têm cor parda nas partes superiores e marrom-avermelhada nas inferiores.

Comportamento

São frequentemente vistos aos pares.

Habitat

Habitam capoeiras baixas, bordas de florestas, restingas e plantações.

Alimentação

Esses são animais onívoros que consomem principalmente frutos da Embaúba, insetos e vermes.

Reprodução

O período reprodutivo ocorre duas vezes por ano. A fêmea põe até 3 ovos verde-azulados e realiza a incubação durante 13 dias, e os filhotes tornam-se independentes aproximadamente 35 dias após o nascimento.

Jacutinga (Aburria jacutinga)

Características físicas

Esta ave mede entre 64 e 74 centímetros de comprimento e pesa de 1,1 a 1,4 quilos. Possui penas pretas no corpo com uma mancha branca na asa. O papo é vermelho e azulado. A crista também possui penas brancas.

Comportamento

Em geral, possuem hábitos solitários.

Habitat

Habita florestas primárias úmidas densas.

Alimentação

É onívora, com uma dieta baseada em polpa de frutos e insetos.

Reprodução

A reprodução ocorre entre agosto a janeiro, na qual são postos até 4 ovos que ficam incubados por 28 dias.

Sapo-pingo-de-ouro (Brachycephalus alipioi)

Características físicas

É um animal de cerca de 2 centímetros de comprimento. Sua pele é lisa, com coloração alaranjada ou amarelada e olhos bem pretos.

Comportamento

Possui hábitos diurnos e solitários.

Habitat

Ocorre principalmente dentro de bromélias, em locais úmidos.

Reprodução

A desova dessa espécie ocorre na terra, sob o folhiço. No entanto, não há dados sobre a dieta dessa espécie.

Surucucu (Lachesis muta rhombeata)

Características físicas

Esta serpente pode atingir até 4,5m de comprimento. Seu corpo possui escamas marrons, com losangos marrom-escuros. Conta com uma cabeça larga e um pescoço estreito. O focinho é arredondado e a cauda não tem guizos.

Comportamento

Possui hábitos noturno e agressivo.

Habitat

Habita florestas densas.

Alimentação

Esse é um animal carnívoro. Sua dieta é baseada em roedores.

Reprodução

A reprodução ocorre entre os meses de outubro e março. Os ovos são incubados por aproximadamente 79 dias.

Cobra-coral (Micrurus corallinus)

Características físicas

Pode medir até 1 metro de comprimento. Sua pele tem coloração de anéis vermelhos e pretos com bordas brancas, intercalados. Possui dentes proteróglifos, dentes injetores anteriores com sulco.

Comportamento

Possui hábito diurno e noturno, terrestre e subterrâneo.

Habitat

Possuem preferências por florestas densas.

Alimentação

Trata-se, também, de uma espécie carnívora. Alimenta-se principalmente de outros répteis.

Reprodução

É ovípara, botando entre 4 e 10 ovos.

Bruna Manuele Campos

Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela USP (2016 e 2018), tem 25 anos e é apaixonada pela natureza e por explorar o mundo. Quando não está se aventurando por aí, gosta de aquietar as pernas com livros e séries.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content